16 de fevereiro de 2016

Pregnancy Diary #70 - Baby shower (parte 1)

Antes de engravidar eu achava isto do baby shower uma coisa um bocadinho foleira. Imaginava uma data de mulheres reunidas numa sala cheia de detalhes frufrus e mimosos, a competir entre si para eleger quem tinha levado mais pontos no pipi e a fazer concursos de trocas de fraldas a bebés de plástico. Sempre afirmei categoricamente que não queria nada disto e que eu ia ser completamente diferente.

Até que engravidei.

(Quando eles dizem que quando somos mães - ou, no meu caso, ainda projectos de mães - engolimos os 'quando for eu não vai ser nada assim' que dizemos antes, é a mais pura das verdades.)

De facto, desde muito cedo que comecei a planear o meu baby shower. Tive a sorte de ter como parceira no crime a minha mãe, que sempre me apoiou e foi absolutamente incansável nas sugestões, procura de ideias e planeamento.

Praticamente tudo o que vos vou mostrar foi projectado pela minha mãe em rascunhos meio manhosos, que foram posteriormente enviados à Maria das Festas e colocados em prática por elas de uma forma absolutamente genial.

No fim, agradeço muito por ter mudado de ideias em relação ao baby shower. Diverti-me imenso, sei que as minhas pessoas também se divertiram muito, e celebrei em grande esta que é sem sombra de dúvida a maior viagem da minha vida: a maternidade. E, em jeito de conclusão, acho que há algumas pessoas que merecem um agradecimento especial (estou lamechas, desculpem lá):

* A minha mãe. Porque toda a maluquice que vêem aqui no blog é apenas uma amostra muito pequena do quanto a minha mãe é, simplesmente, muito fixe. E do quanto alinha sempre nas minhas ideias. E do quanto me dá colinho.

* O meu pai e o meu irmão. Porque depois alombam com estes furacões, coitados.

* O Pedro. Porque está a ser um companheiro do caraças nesta grande montanha-russa que é a nossa vida. Porque é a serenidade que equilibra a balança da minha histeria. Porque é a minha coisinha boua.

* A Joana e o Bernardo. Porque vibram quase tanto como nós. Porque estamos sempre aqui uns para os outros quando algum de nós se está a afogar. Porque podem estar longe agora, mas continuam bem pertinho no nosso coração.

* Todas as pessoas que estiveram presentes. Porque de certeza já aturaram uma vez ou outra os meus meltdowns. E acreditem que ser a grávida não é fácil, mas ser amigo da grávida também não o é.

* As três fadas da Maria das Festas. Porque pegaram nas nossas ideias, juntaram as delas e tornaram os nossos planos mirabolantes numa realidade.

* A Célia. Porque mais uma vez fez um trabalho bestial, que me fez choramingar de saudades daquela tarde mal abri as fotos.

Assim sendo, a partir de hoje e nos próximos dias (já sabem como é, eu tenho sempre sérias dificuldades na selecção de fotos) vou mostrar-vos a foto-reportagem do dia que me encheu o coração e a alma de amor e de felicidade. Espero que gostem :)

O bolo, de chocolate com recheio de mascarpone e frutos vermelhos e cobertura de creme de chocolate :D
Figuras do Rei Leão: encomendámos pelo Ebay
Bandeirola: Maria das Festas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />