26 de janeiro de 2015

Iogurtes líquidos de menta e canela e as coisas que me distinguem :)

Well, you can knock me down, step in my face,
Slander my name all over the place.
Well, do anything that you want to do, but honey lay off of my shoes!
And don't you step on my blue suede shoes.
Well, you can do anything but lay off of my blue suede shoes.

Elvis Presley (originalmente de Carl Perkins)


Os meus amigos dizem que eu sou perfeitamente distinguível da multidão: independentemente do sítio onde esteja, serei sempre a pessoa de bandelete na cabeça.

Na verdade, não é só para os meus amigos que eu sou facilmente identificável - para os meus leitores também. Já fui abordada várias vezes na rua por pessoas que perceberam que era eu graças à sempre eterna e omnipresente bandelete, e até a Lucília e a Isabel não a deixaram de parte na pregadeira que me enviaram tão carinhosamente :)


No Inverno, ainda é mais fácil identificar-me: à bandelete juntam-se os aquecedores nas orelhas, o cachecol bem quentinho e a garrafinha térmica de chá. E confesso que não vivo sem eles.

É assim que me podem encontrar, todas as manhãs, no longo trajecto entre o local onde estaciono o carro e o hospital. Bandelete a combinar, aquecedor de orelhas tão quentinho que por vezes me esqueço de o tirar quando chego às consultas, cachecol aconchegante, garrafa de chá do pato Donald e cara de poucos amigos - afinal, não sou de todo uma morning person e antes das dez da manhã ainda estou carrancuda.


Também o meu gosto por chá é bastante individual e intransmissível: não sou particularmente fã de chá verde ou preto, acho que o chá vermelho sabe a peixe e não gosto de todo de chá branco, mas adoro chá de camomila, de erva-príncipe ou de menta. E por isso desde que descobri o chá marroquino da Lipton, há muitos meses atrás, nunca mais larguei este meu amor incondicional.

Afinal, o que há para não gostar num chá que sabe essencialmente a menta e a canela?


De facto, este é o chá que mais frequentemente me acompanha nas minhas caminhadas matinais até ao hospital. Também é o chá que faço no micro-ondas da sala de reuniões. E creio que se tornou já parte das características que seguramente me identificam para quem me rodeia.

Vai daí, desta vez saíram da iogurteira uns iogurtes líquidos de menta e canela, feitos com o maravilhoso chá marroquino. Usei leite normal em alternativa ao leite fresco para obter iogurtes mais líquidos, e agora é só esperar que o tempo melhore um bocadinho para a caneca de chá ser substituída pela garrafinha de iogurte caseiro :D


Iogurtes líquidos de menta e canela

Ingredientes (para sete iogurtes):

* Um litro de leite meio-gordo;
* Três colheres de sopa de leite em pó magro;
* Três colheres de sopa de açúcar branco;
* Uma saqueta de chá marroquino;
* Um iogurte natural.

Confecção:

* Numa panela colocar o leite, o leite em pó e o açúcar e mexer com uma vara de arames;

* Juntar a saqueta de chá, levar ao lume até ferver e deixar arrefecer;

* Quando estiver morno juntar o iogurte, misturando com a vara de arames;

* Levar à iogurteira durante cerca de dez horas;

* Transferir para o frigorífico durante pelo menos quatro horas.


Tenham uma óptima semana :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />