2 de dezembro de 2014

Nasi goreng (arroz frito) e uma visita gastronómica à Indonésia :D



Na Saveurs de Outubro (ou, como eu gosto de chamar à revista deliciosa que todos os meses chega cá a casa, 'a bíblia') havia uma reportagem dedicada à comida indonésia.

Ora talvez esta questão não transpareça muito naquilo que cozinho, mas eu adoro comida internacional. Para mim uma das maiores vantagens de viver em Lisboa é o acesso fácil a todo o tipo de restaurantes - do indiano ao japonês, do italiano ao libanês, do turco ao americano e do cabo-verdiano ao brasileiro.


Eu adoro comida do mundo, e adoro descobrir novos pratos e novos sabores. E mal li aquela reportagem duas coisas aconteceram: quis imediatamente teletransportar-me para a ilha de Java, e o nasi goreng saltou para a ementa da semana seguinte.


O nasi goreng é o prato tradicional mais popular da indonésia, e no fundo é um arroz frito acompanhado com frango, camarão ou ovo. Embora estivesse em francês, a receita parecia-me bastante simples: bastava saltear cebola picada numa wok, juntar os ovos e mexer, misturar o arroz long cuit e deixar cozinhar. Imaginei que 'long cuit' fosse um tipo de arroz mais pomposo e ainda dediquei alguns segundos a pensar como é que o arroz cozeria sem água, mas logo dei um pontapé no traseiro da dúvida - afinal, longe de mim desconfiar de uma receita da bíblia.

Pus mãos à obra.


Efectivamente tudo correu perfeitamente bem, até que eu percebi que o arroz não tinha cozido. E traduzi a receita toda umas mil vezes até perceber qual era o problema: a tradução de 'riz cuit'... É arroz cozido. Cuit não era um tipo de arroz, era a forma de confecção do arroz. E eu ali estava, com uma wok cheia de ovo mexido e arroz cru e duro.


Não estive com meias medidas e acrescentei água. Como o arroz era basmati cozeu depressa e ficou soltinho, e quando provei dei (literalmente) saltinhos de alegria: estava absolutamente delicioso.

Por isso aqui têm a razão da Saveurs merecer a sua alcunha - é uma revista tão milagrosa que até quando as receitas correm menos bem ficam uma delícia. E acho que só por isso a blasfémia é perdoável.


Nasi goreng (arroz frito) (receita adaptada da Saveurs de Outubro)

Ingredientes (para quatro pessoas):

* Um fio de óleo de amendoim;
* Meia cebola picada;
* Quatro ovos;
* 10g de gengibre ralado;
* Arroz cozido q.b.;
* Quatro colheres de sopa de molho de soja.

Confecção:

* Aquecer o óleo de amendoim na wok e refogar a cebola;

* Juntar os ovos e mexer bem com uma colher-de-pau;

* Temperar com o gengibre;

* Acrescentar o arroz cozido e misturar;

* Temperar com o molho de soja;

* Eu acrescentei uns bocadinhos de bacon que tinha no frigorífico para tornar o prato mais consistente, mas na verdade a maioria dos indonésios é muçulmana e por isso não come carne de porco;

* Saltear e servir;



Até amanhã! :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />