24 de outubro de 2014

A dieta paleo e a medicina tradicional chinesa... Por Filipa Baião (Guest Post)

O que deve saber sobre a dieta paleolítica:

* Somos geneticamente idênticos aos nossos antepassados do paleolítico (pré-históricos);
* Somos 'perfeitos', isto é, o nosso cérebro procura apenas o que nos faz bem: alimentos com elevado teor de gordura (gorduras dos animais que caçávamos) e com açúcares naturais (plantas e bagas que surgiam sazonalmente);
* Comprovou-se cientificamente que o consumo dos 'novos' alimentos (processados), açúcar e glúten (cereais) é responsável por um estado inflamatório crónico, que está por sua vez ligado ao aparecimento de inúmeras doenças como diabetes do tipo 2, demência, cancro ou depressão, entre outras.


Como pôr esta dieta em prática integrando os conhecimentos da dietética milenar chinesa (energética)?

1. Escolher alimentos da época


2. Cozinhar de acordo com a estação

No Outono/Inverno devem ingerir-se mais alimentos quentes e temperados - estes são do tipo Yang e por isso estão indicados no período mais Yin do ano. Na Primavera/Verão devem ingerir-se mais alimentos crús ou frios e com poucos temperos - estes são do tipo Yin e por isso estão indicados no período mais Yang do ano.


3. Aprender a ser moderado, tanto em quantidade como em sabores

Por exemplo: o sabor doce corresponde ao baço/pâncreas. Em quantidade moderada e nos alimentos naturalmente doces (como a cenoura) este sabor é benéfico para o baço/pâncreas, mas em excesso ele 'prejudica' os rins. Por outro  lado, o sabor picante corresponde ao pulmão. Em quantidade moderada estimula o pulmão, mas em excesso 'prejudica' o fígado.

"Seguir as estações é a vida, a paz. Não as seguir, é a doença e a morte."


Em suma, a receita para um envelhecimento saudável, activo e feliz é:

* Consumir em abundância vegetais, bagas, fruta e frutos secos (da época!);
* Ingerir carne, peixe e ovos com moderação;
* Cozinhar e temperar de acordo com a estação;
* Evitar os alimentos processados.

Deixo-vos com uma receita:


Filipa Bernardino Baião, especialista em Medicina Tradicional Chinesa e pós-graduada em Medicina Energética, exerce há quinze anos em várias clínicas e, mais recentemente, leciona o curso de pós-graduação em Acupunctura para profissionais de saúde no IFE (Instituto de Formação em Enfermagem). Contacto: https://www.facebook.com/FilipaBernardinoBaiao/info
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />