18 de julho de 2012

Das viagens inesperadas e dos dias perfeitos :D

A minha Segunda-feira simplesmente não podia ter corrido melhor. 

De manhã tinha combinado tomar um café com a Pypoka, uma vez que nós ainda não nos conhecíamos pessoalmente. Passámos toda a manhã a conversar e a rir, e foi sem dúvida uma experiência para repetir em breve (até porque passou demasiado depressa!) :D 

Cheguei a casa mesmo em cima da hora do almoço e fiz ovos mexidos com cogumelos e cebola, que acompanhei com arroz e com tomate às rodelas :) 

Logo depois do almoço eu e o P. fizemos as malas e partimos de Lisboa :D O nosso plano era ir até à Benedita, mas sem apanhar a auto-estrada e passando pelo Castelo de Almourol :D

Castelo de Almourol :D
Eu e o P. adoramos fazer viagens assim: longas, lentas e bonitas :) Adoramos conduzir pelo meio da natureza, das vaquinhas, dos cavalos e dos camiões :) É claro que apanhámos imenso calor, mas a viagem valeu completamente a pena :D Deixo-vos aqui algumas fotos :D 

Os pés da Joana a saírem de Lisboa (não são as mesmas meias, eu é que tenho vários pares de meias iguais!) :)

Os pés da Joana em Vila Franca de Xira :D

Vila Franca de Xira :)

Paisagem verdinha :D


 
Ninho de cegonha :D

40º dentro do carro!
O Rio Tejo visto da Chamusca :D




Lanche :)




Golegã, a Capital do Cavalo :D



Castelo de Almourol :D

Rio Tejo :)

 
É pena ser proibido passar a pé!

Até porque era bem possível :)


Era mesmo perto :)

 
Desta vez não são só os meus pés! :)

Café perto do Castelo de Almourol :)

Onde comi um Cornetto de morango que me soube mesmo bem! :D
Eu confesso que depois de ver na embalagem que o Cornetto de morango tinha apenas 180 calorias estudei atentamente o rótulo na expectativa de conseguir incluir o Cornetto de morango na categoria 'Alimentos que não são assim tão maus'. No entanto, segundo o rótulo cada Cornetto de morango contém: 

* Proteínas: 2g
* Hidratos de carbono: 26g
* Açúcares: 20g
* Gorduras: 8g
* Gorduras saturadas: 6g
* Fibras: 0.8g

Tendo em conta que um único Cornetto de morango tem 30% da DDR de gorduras saturadas não me parece que seja muito plausível considerar os Cornettos como
'Alimentos que não são assim tão maus'. Assim sendo, é necessário que os Cornettos e outros gelados com natas sejam consumidos com moderação, embora não haja qualquer razão para não serem incluídos esporadicamente numa dieta equilibrada, variada e saudável :)

Salinas de Rio Maior :)



Percurso (demorámos aproximadamente cinco horas) :)


Quando chegámos à Benedita já era hora do jantar, que foi lombo de porco no forno acompanhado com arroz branco e salada de alface e cenoura :) 

Depois do jantar fui tomar café com a Luciana :D 

Foto roubada do blog da Luciana :D
Foi a segunda vez que eu e a Luciana nos encontrámos, mas desta vez achei que ainda tínhamos mais assunto de conversa! Decididamente sinto que eu e a Luciana temos uma empatia fantástica, porque quando estamos juntas as horas passaram a voar :D

Quando cheguei a casa já era uma da manhã, mas eu estava tão entusiasmada que não tinha sono rigorosamente nenhum! Vai daí, eu e o P. ficámos a conversar até às cinco da manhã :) 

É claro que ontem de manhã estava a morrer de sono, mas tínhamos uma viagem longa para fazer! :)

Primeira paragem: a Jomafel :D

Comprei três pães de canela, erva-doce e passas: para mim, para a minha avó e para o meu irmão :D

Comi o mais pequeno :)

A conduzir :)
A viagem durou só três horas, mas a nós pareceram-nos dias! Estava imenso calor! Quando chegámos a casa fomos recebidos pela minha avó, pelo meu irmão e pelo almoço, que foi massa com frango e salada de alface e tomate :)

E olhem o que já chegou! :D
Ainda bem :D
Eu vim toda a viagem a suspirar por dar um belo mergulho na piscina, mas o facto é que quando chegámos a casa passámos toda a tarde a descansar ao fresquinho :) Vimos um documentário no Nat Geo Wild sobre os maiores animais do Continente Americano, jogámos Monopólio em cartas e jogámos Buzz na Playstation :)


1º jogo: ganhei :D

2º jogo: ganhei! :D

3º jogo: o meu irmão ganhou :)

4º jogo: ganhei! (eu tenho mesmo sorte neste jogo) :D


Buzz :)




Ganhei! :D

Jantar :)
Depois do jantar eu e o P. aproveitámos para ir namorar um bocadinho, e fomos caminhar para a praia de Leça :D  

:D



Os pés da Joana a caminhar na praia (novamente com calçado tremendamente apropriado!) :D
Como nos últimos dias não fiz nenhuma receita interessante decidi aproveitar a oportunidade para responder a uma questão que já me colocaram várias vezes :) 

Eu já recebi vários comentários que perguntavam como consegui atingir o equilíbrio depois de parar de fazer dieta, e que perguntam como consigo lidar com o medo de voltar a engordar novamente. 

O medo de engordar é algo natural após o fim de uma dieta. Inicialmente é importante perceber que o próprio conceito de 'dieta' é algo que não faz sentido. A dieta como algo temporário e extremamente desagradável vai obrigatoriamente conduzir ao fracasso, uma vez que após o fim da dieta o indivíduo vai naturalmente voltar ao seu regime alimentar anterior (que levou ao aumento de peso inicial) e, consequentemente, vai recuperar o peso perdido (ou parte dele).

A dieta deve ser simplesmente encarada como uma oportunidade para adquirir hábitos de vida mais saudáveis, que no fim idealmente deverão ser interiorizados ao ponto de se tornarem naturais para o indivíduo.

Quando eu atingi o meu objectivo tive de lidar com várias dificuldades, nomeadamente a dificuldade em parar de fazer dieta, o medo de engordar novamente e encontrar o meu regime alimentar ideal.

Eu não sou de todo a pessoa ideal para vos falar desta questão. Não tenho uma alimentação perfeita nem pretendo tê-lo, até porque já a tive e não fui mais feliz com isso. No entanto, aqui vão algumas dicas que sinto que a mim me ajudaram bastante:

1. Esperar. 

Eu sei que parece uma dica ridícula, mas efectivamente com o tempo eu fui ficando mais segura, mais confiante e mais serena em relação à minha alimentação. Fui aprendendo algumas coisas e fui relativizando outras, e acho que o tempo foi talvez o factor mais importante no meu percurso até ao equilíbrio

Além disso, com o tempo vão-se criando hábitos. Ontem alguém me perguntava como é que eu deixei de comer chocolates e doces diariamente e a resposta não é mais do que essa: com o tempo eu perdi o hábito de comer chocolates e doces diariamente e já não sinto falta deles. 

2. Pesar-me todos os dias. 

Esta é uma questão muito controversa. Efectivamente quando eu atingi o meu objectivo continuei a pesar-me todos os dias, e isso contribuiu para que deixasse de 'diabolizar' a comida. Depois de semanas e meses a comer normalmente e a manter o meu peso comecei a perceber que o peso não se ganha de um dia para o outro, e um excesso alimentar aqui ou ali não vai ter qualquer influência no meu peso a longo prazo (desde que os excessos alimentares em questão não sejam mantidos, como é óbvio). 

É claro que esta técnica funcionou para mim, mas pode não funcionar para vocês. Hoje em dia eu já não sinto a necessidade de me pesar todos os dias, mas continuo a pesar-me de vez em quando. Não sou dependente da balança e não sinto necessidade de me pesar constantemente, mas sinto que tê-lo feito naquela fase contribuiu para que eu percebesse que engordar não é tão fácil como nos pode parecer inicialmente.

3. Recorrer ao nutricionista. 

A minha nutricionista foi sem dúvida uma ajuda importantíssima nesta fase, porque me ajudou a adaptar o meu plano alimentar aos meus novos objectivos. Além disso, a minha nutricionista está sempre disponível para esclarecer qualquer dúvida que eu tenha :)

4. Perder alguns preconceitos em relação à comida. 

Eu acho que não há qualquer alimento que actualmente eu encare como sendo proibido. Sinceramente eu acho que para mim este foi o ponto mais difícil de atingir, porque é muito difícil lidarmos com preconceitos que temos e de certa forma lutarmos contra nós próprios para superarmos esses mesmos preconceitos.

5. Relaxar.

A alimentação não é uma questão complicada. Não pensem demasiado em algo que nos é natural, e não dependam da alimentação para serem mais felizes. A alimentação deve ser encarada como algo normal ou, em alternativa, como algo divertido, mas nunca como algo que cause ansiedade ou tristeza.

6. Gostem muito, muito de vocês. 

Gostar muito de mim faz com que eu não seja autocrítica comigo própria em relação à alimentação. Posso sê-lo em relação a outras coisas, mas acreditem que eu não me maltrato depois de comer x, y ou z. Se eu não quero, não como. Se eu quero, como, e retiro prazer disso. E gosto muito de mim, e trato-me bem, e trato bem as pessoas que amo.

Não sei se respondi às questões que costumam colocar-me, mas espero que sim :) E reitero que se tiverem alguma dúvida ou alguma questão estão à vontade para me perguntar num comentário ou por mail :)

Hoje vou ter um dia em cheio, porque vou passar o dia a passear no Porto e depois vou para o primeiro dia do Festival Marés Vivas, onde vou ver The Sounds, Wolfmother e Franz Ferdinand :D Estou muito curiosa em relação aos Franz Ferdinand, porque gosto bastante deles e nunca os vi ao vivo :D 

Imagem retirada daqui
Se alguém for e me quiser conhecer já sabem: sou a miúda que anda sempre de bandolete :D 

Os próximos dias vão ser tremendamente complicados. Vou continuar a acompanhar-vos e a comentar-vos, mas não sei quando vou conseguir actualizar o blog :) 

Assim sendo, até ao meu regresso! :D 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />