20 de outubro de 2014

Paleo week - a minha experiência :)

Antes de mais, julgo ser necessário fazer aqui um pequeno esclarecimento. Cá em casa a nossa alimentação é por norma bastante saudável e diversificada, rica em coisinhas que sabem bem e fazem ainda melhor. Não recorremos por hábito a alimentos processados, nunca temos em casa doces ou bolos industrializados, barras de cereais ou bolachas de pacote e não bebemos refrigerantes. Assim sendo, na verdade esta semana paleo não foi assim tão diferente da nossa rotina habitual, com algumas peculiaridades que passo a listar:

* Deixámos de ingerir leite e derivados, à excepção da manteiga. Passámos a beber leite de amêndoa.
* Deixámos de comer cereais como o trigo, a aveia ou o centeio. No global, deixámos de ingerir glúten.
* Deixámos de comer açúcar refinado nos docinhos que eu fazia em casa, bem como farinhas processadas.

A minha experiência paleo durou uma semana, e tirando a tarde do primeiro dia (quando tive a maior sugar craving de sempre) tudo correu bem. A corrente paleo que decidimos seguir era muito abrangente, o que nos ajudou bastante: era permitido comer chocolate negro sem açúcar ou arroz em pequenas quantidades, por exemplo.

Começámos a semana com a elaboração de uma ementa e com a posterior ida às compras. E confesso-vos que ficámos ambos surpreendidos: nunca tínhamos comprado ao mesmo tempo tantas frutas, legumes e frutos secos! Pessoalmente não senti uma diferença estatisticamente significativa no valor final do nosso carrinho de compras em comparação com o que costumamos gastar, mas tal como vos disse de facto esta alimentação não é assim tão diferente da que costumamos seguir.

Mostro-vos abaixo a ementa da semana.


Algumas considerações:

* Onde se lê 'pão' refiro-me obviamente a pão paleo, que fiz seguindo uma receita do blog 'Sem Aditivos'. Não amei o resultado, confesso.
* Os queques também são paleo (mostrei a receita esta manhã), bem como a nutella, as bolachas de nutella e a mousse de chocolate.
* Onde se lê 'castanhas' refiro-me a castanhas do pará, um dos nossos frutos secos preferidos :)
* Todos os batidos foram feitos com leite de amêndoa, ao qual juntava várias frutas. Já mostrei inclusivamente um exemplo na semana passada :)
* Tanto o almoço como o jantar eram antecedidos por sopa (caldo verde sem batata, receita aqui) e sucedidos por uma peça de fruta.
* As refeições a laranja foram feitas fora de casa ou com convidados. O frango no churrasco foi acompanhado apenas com salada, o Boeuf Borguignon (receita aqui) teve direito a um bocadinho de arroz e o hambúrguer do Honorato foi a celebração do nosso primeiro mês de casamento (pedimos o hambúrguer no prato).
* Lanchar fora foi um drama. Não fui prevenida propositadamente porque queria ver como me sairia, mas foi muito difícil adaptar-me e no fim o iogurte, a salada de fruta e o sumo de laranja foram o que se arranjou.

No geral nunca senti fome ou fraqueza e andei sempre bem disposta. Não era de todo o meu objectivo perder peso, mas no fim da semana (e apesar de me ter fartado de petiscar frutos secos) perdi quase um quilo e um por cento de massa gorda.

Confesso que me custou bastante não comer pão ao pequeno-almoço ou hidratos como acompanhamento ao almoço e ao jantar, razão pela qual não decidi seguir restritamente esta alimentação no fim da semana. Mas reconheço que desde então diminuí as doses destes ingredientes e julgo que é uma questão de hábito :)

Ficam algumas fotos das comidinhas da semana. Espero que gostem :)

Pequenos-almoços










Lanches



A levar bolachas de Nutella para o jogo do Sporting, somos mesmo badass :D


Refeições


 

  







Não é a foto do jantar, mas é a da receita original :)

Até amanhã! :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />