10 de abril de 2013

Bulgur com beringela e nozes e o meu processo de luto com a soja.

They say the definition of madness
Is doing the same thing...
And expecting a different result.
That's right!

Up and down and around again,
You get up, you get down,
And you try it again!

The Hives
 

Desde que descobri que sou intolerante à soja a minha relação com a cozinha vegetariana mudou um pouco. 

Primeiro confesso que passei algum tempo em negação. Achava que devia ser impressão minha, que os sintomas podiam ser provocados por outro ingrediente qualquer ou que era só uma mera coincidência. 

Quando fui finalmente diagnosticada fiquei chateada: com tantas coisas às quais podia ser intolerante, fui logo escolher um ingrediente que apreciava e que utilizava tanto. 


Eventualmente comecei a pensar que talvez aguentasse continuar a comer soja, mesmo com todos os sintomas que sentia depois. 

Com o tempo percebi que isso seria impossível, e fiquei muito triste. Eu gostava imenso de soja e usava-a inúmeras vezes nas minhas refeições vegetarianas por ser prática e por ser uma óptima fonte de proteínas, e nunca mais poderia voltar a fazer isso.


Até que aceitei o meu diagnóstico, e decidi seguir em frente. Depois de passadas todas as fases do luto segundo o modelo de Kubler-Ross (negação, raiva, negociação, depressão e aceitação) eu decidi parar de me focar no que não podia mais comer e concentrar-me em todas as alternativas deliciosas que ainda posso explorar. 

Quem sabe, talvez esta seja até uma oportunidade de sair da minha zona de conforto e experimentar novos ingredientes e novos sabores :D 


Esta receita não poderia ter surgido em melhor altura: a autora do blog 'Cozinhar sem Lactose' dedicou-me uma das suas muitas receitas deliciosas, e mal pude esperar para experimentá-la. O resultado? Vejam por vocês próprios :D     

Bulgur com beringela e nozes (receita adaptada do blog 'Cozinhar sem Lactose')

Ingredientes (para duas pessoas):

* Uma cebola picada;
* Dois dentes de alho picados; 
* Um pimento padrão picado sem sementes;
* Uma beringela (usei uma beringela pequena);
* Três colheres de sopa de molho de tomate
* 55g de bulgur; 
* 10g de nozes picadas grosseiramente;
* Uma folha de louro;
* Uma pitada de sal;
* Uma pitada de especiarias italianas;
* Uma pitada de orégãos;
* Um fio de azeite.

Confecção: 

* Verter água a ferver sobre o bulgur, tapar e deixar repousar; 

* Refogar a cebola picada, o alho picado e o pimento padrão picado no azeite com a folha de louro;

* Juntar a beringela cortada em cubos e deixar cozer durante dez a quinze minutos; 

* Temperar com uma pitada de sal, especiarias italianas e orégãos;

* Entretanto tostar ligeiramente as nozes numa frigideira anti-aderente ou no forno;

* Juntar a polpa de tomate à beringela e deixar cozer durante mais dez minutos;

* Misturar as nozes e servir com o bulgur.


Fiz algumas alterações à receita original: não usei pinhões porque não sou muito fã e por isso não tenho em casa, substituí a malagueta por pimento padrão e substituí a hortelã (que não aprecio particularmente) por orégãos. De qualquer das formas ficou uma refeição deliciosa, nutritiva e muito saudável, que recomendo vivamente :D  

E por falar em refeições vegetarianas, não se esqueçam de participar no meu desafio de receitas vegetarianas, que podem ver aqui! :D 

Até amanhã! :D   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />