9 de março de 2013

Lombo de porco recheado com farinheira (à médico!) e a primeira vez que tirei sangue :D

So much to do, so much to see,
So what's wrong with taking the back streets?
You'll never know if you don't go!
You'll never shine if you don't glow!

Smash Mouth


O primeiro banco que eu fiz foi, no mínimo, caricato. 

Na altura o meu tutor era o famoso Dr. Cocó, e o meu grupo era constituído pelo Pedro e por uma rapariga alemã que estava a fazer Erasmus na nossa faculdade, a Andrea. O Dr. Cocó disse para chegarmos ao banco à meia-noite mas tratou de desaparecer nos primeiros cinco minutos, e por isso nós ficámos sozinhos no meio de um hospital que nem sequer conhecíamos.

E assim começaram as horas mais longas da nossa vida. Estávamos sozinhos e perdidos, as urgências estavam cheias de alunos de Medicina e de Enfermagem e não podíamos fazer rigorosamente nada. 


A dada altura a Andrea disse que na Alemanha era muito comum os estudantes de Medicina aprenderem a tirar sangue uns nos outros, e perguntou se queríamos experimentar. Nunca nenhum de nós tinha tirado sangue, e não sei se foi o aborrecimento ou o sono a falar mas o facto é que na altura aquilo nem nos pareceu má ideia de todo.

Eu fui a primeira, e tirei sangue ao Pedro. Até nem foi difícil, mas o coitado acabou com um hematoma que só passou ao fim de uma semana. Depois o Pedro tirou sangue à Andrea, e ela tirou-me sangue a mim. 

Hoje em dia tudo isto me parece um bocadinho ridículo: três estudantes de Medicina, com idade para terem juízo, fechados numa sala a tirar sangue sem qualquer objectivo prático e só para treinarem. 


Desde então já voltei a tirar sangue algumas vezes, em pessoas que efectivamente precisavam disso. Mas nunca mais esqueci a cara do pobre Pedro a olhar para o braço roxo, e acho que ele treme sempre que eu pego numa seringa.

Bem, acho que finalmente me redimi.  

 

Lombo de porco recheado com farinheira (à médico)

Ingredientes (para quatro pessoas):

* 500g de lombo de porco sem gordura; 
* Meia cebola picada; 
* Três dentes de alho picados;
* Uma farinheira de porco preto;
* Uma colher de sopa de pimentão-doce;
* Uma colher de chá de paprika; 
* Uma pitada de sal;
* Uma pitada de piri-piri;
* Um fio de azeite; 
* 100ml de vinho; 
* 100ml de molho de tomate; 
* Duas colheres de sopa de ketchup picante; 
* Uma seringa. 

Confecção: 

* Temperar o lombo de porco com o pimentão-doce, a paprika, o sal e o piri-piri;

* Juntar a cebola e o alho e fazer uma marinada com o vinho, o molho de tomate e o ketchup picante; 

* Deixar marinar durante umas horas; 

* Fazer um corte longitudinal no lombo e rechear com farinheira; 

* Colocar num tabuleiro de ir ao forno e regar com a marinada e com um fio de azeite

* Levar ao forno pré-aquecido a 200º durante 40 minutos;

* De dez em dez minutos injectar molho dentro da carne com o auxílio da seringa.


Nunca tinha experimentado injectar molho dentro da carne, mas o resultado fica delicioso: a carne fica sumarenta e saborosa :D Sem dúvida uma experiência a repetir :D 

Tenham um óptimo fim-de-semana! :D  

12 comentários:

  1. Bom dia! lombo com farinheira é uma maravilha! Adorei esta tua nova técnica da seringa! ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana! És tão croma, ri-me a ler isto!

    Beijinhos e bom fim de semana! :)

    ResponderEliminar
  3. Há que praticar... coitado do Pedro! Imagina eu que tenho de tirar sangue a gatos, que me arranham e mordem ao mesmo tempo, ainda mais perigoso, hehehe.
    Adorei esse lombo recheado e injectado à médico! A farinheira dá-lhe um toque bem especial.
    Um beijinho querida.

    ResponderEliminar
  4. De repente lembrei-me de um episódio da Anatomia de Grey bem semelhante ao descrito! :)

    ResponderEliminar
  5. Nem imaginas o que adoro vir ao teu blogue e ler as tuas histórias, bjokitas muito grandes

    Gostei muito do lombo ;)...bjokas

    ResponderEliminar
  6. Joana,
    pra ser médico tem que ter o dom, eu não posso ver sangue, rsrs.
    Gostei da sua postagem, rsrs.

    Belo prato adoro carne de porco é a minha predileta!

    Beijos, bom fds!

    ResponderEliminar
  7. Olá Joaninha,
    já tirei sangue e sou dadora há muitos anos, mas já vi alguns homens a desmaiarem quando vão dar sangue :)
    Gostei da tua técnica da seringa :) nunca me lembraria, mas deve dar um ótimo resultado. Lombo e alheira combinam super bem.
    bjns e bom domingo
    Isabel

    ResponderEliminar
  8. Joana,
    Adoro ler as tuas histórias, tanto que tenho imensas saudades da antiga dinâmica do blog, em que contavas o teu dia-a-dia e me servia imenso de motivação.

    ResponderEliminar
  9. Que giro, acho que já vi isso a acontecer em várias séries que vejo. Deve ser mesmo um hábito que existe.. Mas acredita que fiquei com pena do Pedro... hehehe
    Quanto ao lombo... pelo aspecto e descrição.... hummm...
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. isto é uma cena à Grey's Anatomy ;p

    ResponderEliminar
  11. caramba,a pena que tenho de nao ter uma seringa em casa para o meu lombo de hoje a noite :)que rica ideia!! bom ano

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />