18 de março de 2013

Hambúrgueres de frango e um grande dilema!

Sei que esperas que não desiluda,
Que por bem siga o teu ideal.
Mas não quero seguir ninguém,
Por mais que me queiras bem.
O teu bem faz-me tão mal,
O teu bem faz-me tão mal!

Sei que me vais virar do avesso,
Se eu te disser 'Foi em mim que apostei!'.
Não, não é nada que me rale,
Mesmo que me faças mal.
Do avesso eu te direi:
'O teu mal faz-me tão bem!'

Deolinda 


Há algumas semanas que tenho sentido um enorme dilema. 

Digamos que tenho de tomar uma decisão, e que tenho de optar entre algo que me faz feliz mas que vai magoar alguém ou algo que faz alguém feliz mas que me vai fazer sofrer. 

Decisões, decisões. 

Gostava de poder voltar atrás e esbofetear a Joana adolescente que só queria crescer e ser adulta. Gostava de lhe dizer que ser adulto não é nada fixe. Gostava de lhe dizer que quando crescemos a vida não é tão simples quanto ela pensa.

Gostava de lhe dizer que quando somos adultos podemos tomar as nossas próprias decisões, mas que muitas vezes não sabemos quais são.  

Decisões, decisões.

Dilemas, e mais dilemas. 


Todos os meus amigos a quem já expliquei esta minha indecisão foram unânimes no seu conselho: eu devia optar por aquilo que me faz mais feliz, mesmo que para isso tenha de magoar alguém. Mas eu continuo reticente: entre o sentimento de culpa e o meu medo crónico do confronto, o facto é que tenho adiado esta questão na esperança que se resolva sozinha (eu não vos disse que gostava de procrastinar?).

E enquanto penso faço hambúrgueres, o prato preferido da Joana adolescente. Essa totó, que não dava valor ao que tinha.  

Querer ser adulta... Mas que idiota.   

    

Hambúrgueres de frango

Ingredientes (para duas pessoas):

* 250g de peito de frango picado;
* Meia cebola picada;
* Quatro dentes de alho picados;
* Meia colher de chá de pimentão-doce;
* Meia colher de chá de paprika;
* Uma pitada de sal;
* Uma pitada de piri-piri;
* Salsa picada (usei congelada);
* Uma pitada de gengibre em pó (opcional);
* Meia colher de chá de mistura de especiarias italianas.

Confecção: 

* Misturar numa tigela a carne picada, a cebola, o alho, o pimentão-doce, a paprika, o sal, o piri-piri, a salsa, o gengibre em pó e as especiarias italianas;

* Amassar e formar dois hambúrgueres com as mãos;

* Grelhar numa frigideira anti-aderente com um fio de azeite e servir simples ou no pão.

 
Tenham uma óptima semana! :D 

36 comentários:

  1. Querida Joana como eu te entendo...... Mas olha enquando pensaste fizes te uns hambúrgueres maravilhosos;) beijoca grande e uma óptima semana para ti linda.

    ResponderEliminar
  2. A liberdade traz responsabilidade.
    Quando somos pequenos somos livres e não sabemos! Nessa altura, comíamos hambúrgueres sem preocupações :)

    Joana, para qualquer coisa que precisares estamos aqui!

    Beijinhos

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Concordo com os teus amigos, deves optar pelo que te faz feliz, se a outra pessoa não perceber a tua decisão se calhar também não merece que te preocupes muito com ela... Vai correr tudo bem :)
    Come mais hambúrgueres desses para esquecer :D
    Beijinhos e uma boa semana

    ResponderEliminar
  4. "I don't want to grow up" seria uma música bem adequada :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dos Ramones confesso que só conhecia a Blitzkrieg Bop, por isso muito obrigada pela partilha :D Adorei a música, e é sem dúvida muito apropriada :D

      Eliminar
  5. Como eu te percebo Joana! Faz o melhor que puderes e essa será uma boa decisão. Uma decisão que agrade a todos, mas tu em primeiro lugar claro. Agora queria-te perguntar o que se passará para eu não conseguir abrir o teu post do workshop. Pois eu também lá vou e queria muito ler o que achaste. O post aparece na minha lista de leitura mas depois abro e nada. bjs e boa semana.

    ResponderEliminar
  6. A vida é assim mesmo temos que crescer...
    Esse hamburguer dava um excelente almoço.
    Boa semana
    bjs

    ResponderEliminar
  7. O Hamburguer ficou com óptimo aspecto!

    Quando era adolescente tinha exactamente o mesmo pensamento, achava que tudo era super fácil em adulto. E que ser adolescente é que era difícil, hoje em dia vejo que não. Que parvos são os adolescentes.

    Quanto à tua indecisão, acho que deverias optar por pensar mais em ti e nem tanto nos outros, pois primeiro está a tua felicidade!

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  8. A melhor decisão será aquela que te fará feliz,por isso segue o teu coração :)
    Os hamburgueres ficaram com um aspecto delicioso,por acaso nunca fiz com frango, se bem que é das opções mais saudáveis :)

    Beijinhos e boa semana*

    ResponderEliminar
  9. É bem verdade o que disseste. Quando somos adolescentes e só queremos que o tempo passe, não fazemos a mínima ideia do que é ser adulto e de todas as responsabilidades que iremos ter. A vida às vezes não é nada fácil. Espero que tomes a melhor decisão.
    Um beijinho* e boa semana :)

    ResponderEliminar
  10. Ter que fazer certas escolhas às vezes é mesmo dificil!... enfim, espero que este hamburguer de aspecto soberbo de ajude!
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. há decisões que não são nada fáceis de tomar, mesmo quando sabemos que devemos fazer o que nos faz felizes... se interfere com mais alguém, nunca é uma decisão simples! mas é mesmo a verdade, devemos sempre tomar decisões que acreditamos serem o melhor para nós, às quais somos fiéis... devemos lutar sempre para nos sentirmos felizes e ir em buscar do que nos deixa mais realizadas, mesmo que algumas vezes implique magoar alguém. se essa pessoa for importante, certamente prefere que assim seja.

    beijinhos :)! tem um bom dia e espero que consigas tomar a melhor decisão*

    ResponderEliminar
  12. Essa é as questão que mais me revolta nesta vida, mas que também é que a faz ter alguma piada, que é: só damos valor ao que temos quando perdemos, logo quando somos crianças não sabemos o valor que é sermos e só quando já não o podemos ser é que damos esse valor. A vida devia ser vivida da frente para trás, devíamos nascer com 80 anos e ir andando para trás. Aí daríamos valor às coisas, mas aí também não tinha tanta piada.

    Eu sou apologista de que devemos fazer aquilo que mais nos faz feliz, agora eu normalmente sou feliz com a felicidade dos outros por isso nesse caso é mais difícil.

    BOA SORTE!!!

    ResponderEliminar
  13. Nem sempre é fácil tomar certas decisões, se puderes fazê-lo sem magoar ninguém melhor, senão... sê feliz!
    Que hamburguers apetitosos!

    ResponderEliminar
  14. Querida Joana,
    faça o que o seu coração mandar, as vezes não é fácil tomar decisões!

    Amei a usa receita, ficou irresistível!

    Beijos, ótima semana!

    ResponderEliminar
  15. Olha JHoana, Se te serve de consolo, passamos todos por isso. Quando temos 16, 17 anos, só queremos ser adultos. Ter casa própria, o nosso carro, o nosso emprego. E depois chegam as responsabilidades, as amarguras. É uma treta tens razão. Tantas, e tantas vezes que me apetece refugiar-me na casa de Lisboa, ao colo da minha avó, para ela me fazer pico, pico, saranico... tantas, mas tantas!

    Mas seres feliz é um dever! Uma obrigação. É algo que deves a ti, e à tonta da Joana adolescente, que mais não queria do que ser feliz!!!!

    Beijinhos, Sweet

    ResponderEliminar
  16. Gosto muito dos teus hambúrgueres! Também faço de vez em quando uma versão deste género.

    (apesar dos dilemas, ser adulto é mesmo fixe! ;-) )

    ResponderEliminar
  17. É assim que também crescemos, a tomar decisões, boas ou más!
    Faz mais uns hamburguers, pode ser que ajude a decidir :-)

    ResponderEliminar
  18. Pois a vida por vezes é muito injusta e coloca-nos decisões muito dificeis pela nossa frente, faz o que o teu coração te diz mas acima de tudo sê feliz.
    Os hamburgueres são excelentes

    Beijokas
    http://saboresleveslena.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. Olá Joana linda
    espero que tomes as melhores decisões, e q penses no teu bem estar!!!
    todos nós somos totós na adolescencia... acho que a adolescencia devia.se chamar "totózada"
    esse teu hamburguer tem muito bom aspecto!!!

    Beijinhos grandes ****
    E uma optima semaninha para ti, menina bonita!!!

    ResponderEliminar
  20. Boa decisão!
    Os hamburgueres estão apetitosos!

    ResponderEliminar
  21. Lindas hamburguers de frango. Enfim, estamos rodeados de decisoes a toda a hora e nem sempre tomamos a mais acertada, por vezes pensamos mais com o coracao do que com a cabeca. Errar e humano...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Só a felicidade é que nos faz feliz, e as mudanças são precisas por mais que custem.

    beijinho

    ResponderEliminar
  23. Vais ver que tudo se resolve e nada se decide sem muita refleção por isso pensa, pensa,pensa...
    Seja qual for a decisão ele terá uma razão de ser e um dia vais perceber qual era!
    Na minha opinião claro!!!
    Bjokas
    Rita

    ResponderEliminar
  24. Olá Joana :) São estas decisões que nos tornam mais fortes :) Com certeza irás tomar a decisão certa :)
    Quem bem me sabia um hamburguer desses!

    Beijinho doce e tem uma semana muito feliz!

    ResponderEliminar
  25. Joaninha como te entendo, agora quando penso que em criança queria ser adulta, só em apetece voltar atrás. Detesto tomar decisões desse género das quais alguém terá que sair menos bem, arrasto arrasto na esperança de se resolverem, mas como tu também já percebeste não se resolvem e temos que acabar por encarar o problema, buaaaahhhh, nessas alturas nem da cama me apetece sair LOL enfim, que tomes a melhor decisão para ti, porque cada vez mais, temos que pensar em nós em primeiro lugar e o que te faz feliz :)
    Adorei os teus hamburgueres de frango, a mistura de especiarias que utilizaste devem ter ficado com um sabor delicioso!

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  26. Querida Joana,
    Não esbofeteies a Joana adolescente, pois ela foi só fez que todos os adolescentes fazem: QUERER SER ADULTOS!!!
    O teu dilema é bem difícil mesmo e eu concordo com os eus amigos nos conselhos que te deram, mas também percebo a tua indecisão e agora estou aqui eu também num grande dilema...
    Quanto aos hamburgueres minha amiga, têm um aspecto dos Deuses e até apetece dar uma trinca no écran!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  27. Bem....a adulta que voce hoje se tornou e justamente por causa da adolescente que voce foi...nao se lamente amiga....viva

    e com relacao ao hamburger....vou te passar meu endereco por que eu simplesmente amei...=D

    Beijocas

    http://virandocomida.blogspot.com

    ResponderEliminar
  28. sem dúvida que o desejo de ser adulta é dos mais parvos que temos quando somos pequenas!
    e quanto ao hamburguer... já se comia!

    ResponderEliminar
  29. Joana :) Faz o que o teu coração te disser que é melhor!
    Tu vais chegar à conclusão e solução melhor. Vais ver que tudo corre pelo melhor. Mas às vezes é tão difícil ser adulto, bem te percebo.
    Adoro hamburgers caseiros, e então de frango, deliciosos.
    Boa semana! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  30. Olá Joana :) Seja qual for o dilema que estás a viver, e por muito que te pareça que estás a ser egoísta, põe-te em primeiro lugar, descobre o que te faz feliz, e vai em frente. Procrastinar não é solução, e não custa menos por adiares... Come esse hamburguer delicioso, e vais ver que ganhas forças :)
    Um beijo

    ResponderEliminar
  31. Realmente, que idiotice!:) Na altura não se dá valor ao sossego que é ser jovem e "irresponsável"...

    Em último caso, tens sempre de escolher o que te faz feliz, porque não te cabe a ti controlar a reacção dos outros. No entanto, se a(s) pessoa(s) em causa for(em) alguém de quem gostamos... não é fácil!

    Beijinhos e decisões felizes!

    ResponderEliminar
  32. Your chicken burgers look divine! I think we all had that indecisiveness when we were young...and some of us take longer to figure out our path :)

    ResponderEliminar
  33. Olá :D
    Que bom aspecto, estou a babar-me. E não só por causa do hambúrguer mas também por causa do pão, pão de verdade (não como aqui que o pão só dura 2h antes de transformar-se em pedra pelos químicos que leva).
    Acho que tens que decidir o que é melhor para ti, aquilo que te vai fazer realmente feliz. Não conheço a situação e sei que nem sempre é fácil tomar uma decisão que pode magoar as pessoas que mais gostamos, mas acho que o importante é que não nos magoemos a nós próprios :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />