12 de março de 2013

Croquetes de grão-de-bico com caril no forno e uma amizade adolescente :)

We both have shiny happy fits of rage.
You want more fans, I want more stage.
I don't see what anyone can see in anyone else,
But you.


The Moldy Peaches
 

No início do secundário eu mudei de escola e conheci a Teresa, a Mafalda e a Joana. Tornámo-nos imediatamente amigas, e durante todo o ano partilhámos uma amizade verdadeira e adolescente, com direito a almoços semanais na nossa pizzaria preferida, nomes de código rebuscados, diários escritos em conjunto e muitos bilhetinhos trocados durante as aulas. 

Nunca me tinha sentido tão feliz e tão apoiada até as ter conhecido, e graças a elas soube finalmente o que era ter amigas. Ríamos por tudo e por nada, desabafávamos sobre todos os nossos problemas, partilhávamos todos os nossos dramas e sussurrávamos sobre os nossos amores. 


No 11º ano a Joana mudou de escola, e com o tempo acabámos por perder o contacto. No 12º ano eu e a Teresa percebemos que estávamos a crescer em sentidos diferentes do da Mafalda (afinal, os amigos são como as árvores, lembram-se?) e eventualmente acabámos por nos afastar dela também.

Passaram nove anos, e eu e a Teresa continuamos a ser as melhores amigas. Continuamos a rir por tudo e por nada, a desabafar sobre todos os nossos problemas, a partilhar todos os nossos dramas e a sussurrar sobre os nossos amores.      

Mas às vezes sinto falta daquelas quatro adolescentes, parvinhas e despreocupadas, que tinham o mundo todo para conquistar e que podiam tornar-se no que quisessem. Aquelas quatro adolescentes viciadas em dizer frases dos Gato Fedorento e em dizer piadas idiotas. Aquelas quatro adolescentes que iam ser amigas para sempre, mas não foram.


Uma das coisas que nos fazia sempre rir era o facto da Mafalda não conseguir pronunciar a palavra croquete. Dizia sempre 'crocrete'. Talvez isso não tenha mudado nela. O facto é que sempre que como um croquete lembro-me dela

 

Croquetes de grão-de-bico com caril no forno

Ingredientes (para duas pessoas):

* 420g de grão-de-bico cozido (uma lata pequena);
* Meia colher de chá de cominhos; 
* Meia colher de chá de pimentão-doce;
* Meia colher de chá de paprika;
* Meia colher de chá de caril;
* Meia colher de chá de açafrão;
* Salsa picada (usei congelada); 
* Uma pitada de sal;
* Uma colher de sopa de azeite;
* 50g de pão ralado;
* Um ovo batido

Confecção: 

* Picar o grão-de-bico grosseiramente na picadora;

* Juntar o grão-de-bico, os cominhos, o pimentão-doce, a paprika, o caril, o açafrão, a salsa picada e o sal e triturar com a varinha mágica

* Fazer rolinhos e passar pelo ovo e pelo pão ralado, voltando a passar se desejado;

* Levar ao frigorífico durante trinta minutos;

* Pincelar os croquetes com o azeite e levar ao forno pré-aquecido a 200º durante trinta minutos.



Também podem optar por fritar estes croquetes - ficam mais crocantes, embora menos saudáveis. Mas ficam deliciosos de qualquer das formas, isso vos garanto :D

Até amanhã! :D  

51 comentários:

  1. Tenho que experimentar esses croquetes! devem ser uma delicia.
    beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Há pessoas que nunca iremos esquecer, mesmo que nos afastemos delas.
    E estes 'crocretes' parecem-me uma delicia :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. :) As minhas amizades adolescentes são as que mantenho até hoje e posso dizer que são as minhas melhores amigas e ainda conseguimos rir por tudo e por nada e dizemos muitas parvoices...

    Afastamo-nos um pouco por causa da fac mas depois voltamos ao contacto. Eu fazia parte de dois grupos, um das meninas de sempre, e outro grupo do meu agrupamento, com duas outras raparigas. Também riamos igualmente sobre tudo, almoçavamos na nossa pizzaria, ouviamos musica clássica e faziamos piqueniques na oficina de artes e a J. dançava sevilhanas pelos corredores. :)

    ResponderEliminar
  4. Ai socorro que estes croquetes parecem divinos!!

    ResponderEliminar
  5. Não gosto de grão de bico mas tenho a certeza que ia adorar esses croquetes,estão lindos e bem tentadores.
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Ficaram com um aspecto super delicioso :)

    ResponderEliminar
  7. também tive algumas amizades assim, que foram ficando no tempo...e continua a ser estranho olhar para trás, recordar momentos tão bem passados mas saber que os caminhos se afastaram. é mesmo assim, descobrimos que as pessoas não são quem pensamos, ou que não se enquadram na nossa forma de pensar e estar. mas quando somos adolescentes, tudo é tão simples.

    esses croquetes devem ser óptimos, eu adoro croquetes... sem carne então, perfeito :)! vou juntar à lista de "receitas por fazer" ehehe!
    Beijinho e bom dia :)

    ResponderEliminar
  8. Há amizades que ficam ao longo do tempo e que bom quando elas se conseguem manter, inalteráveis em sentimentos apesar do crescimento pessoal de cada um.

    E o facto de os croquetes te fazerem lembrar a Mafalda, significa que ela se mantém tua amiga no teu coração. :)

    Os teus croquetes são novidade para mim, gostei muito da receita e devem ser uma delicia, pelo menos o aspecto é excelente ! :)


    Beijinhos

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Acho que todos passamos por esse processo evolutivo das amizades! No 8º ano afastei-me completamente da minha melhor amiga desde os 5 anos, fomos colegas de curso e mesmo assim nunca mais nos falamos... Acho que às vezes os ramos das árvores se cortam drasticamente e não há como voltar a ligá-los :) Pelo contrário uma das minhas amigas vem desde os tempos do colégio e continuamos amigas desde os 5 anos, apesar de termos seguido caminhos profissionais diferentes :)

    Tenho que confessar que não sou grande apreciadora de grão de bico, mas adorei o aspecto deste teus croquetes e se calhar bem enganada comia-os perfeitamente :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. Belas amizades, bons momentos. Finitos...
    Também eu me revejo nas tuas palavras!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. As amizades são tão boas quando verdadeiras e duradoiras..És afortunada por isso!!!!
    Estes crocretes :) estão fantásticos.
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  12. Olá Joana!
    É gratificante quando encontramos amigas de verdade, é p/ toda
    vida.
    Fiquei encantada com os seus croquetes, ficaram sequinhos e
    apetitosos!

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Os croquetes ficaram tão bonitos e perfeitinhos, devem ser uma delicia

    ResponderEliminar
  14. Querida Joana,
    lembro-me de ter uma conversa deste tipo com a minha filha quando ela entrou para a universidade. Eu alertei-a para o facto de que ao longo da vida os caminhos mudam e as amizades muitas vezes também. Recordo-me perfeitamente da incredibilidade com que ela me escutou e de me dizer "vais ver que as minhas amigas serão para sempre". Claro que não foram, o tempo e a vida afastaram-nas mas uma ficou.
    Essa que ficou Joana é preciosa e sim, pode ser para toda a vida.
    Podemos não alcançar todos os ramos da nossa árvore, mas é bom sabermos que os mais próximos são fortes e resistem aos temporais da vida.
    Bem... os croquetes estão lindos, exóticos no tempero e certamente deliciosos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Olá Joana!
    Adorei a ideia de croquetes de grão-de-bico, que eu adoro e tenho-o vindo de hortas de família. Uma sugestão que vou experimentar de certeza!

    beijinhos e obrigada por me visitares

    ResponderEliminar
  16. gostei muito do teu texto,
    acho que acontece a toda agente pessoas que gostamos muito deixarem de ser tão próximas...infelizmente a vida é assim!
    devem ser uma delicia esses croquetes:)

    ResponderEliminar
  17. Adorei a receitinha desses croquetes.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Que croquetes tão bonitos, posso levar um?

    Beijokas
    http://saboresleveslena.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. o melhor do Mundo: a amizade e partilhar comida :) adorei estes croquetes! tenho de experimentar :) até porque não acho muita piada aos de carne mas como adoro grão hmm :) beijinhos

    ResponderEliminar
  20. esses teus crocretes têm mesmo bom aspecto :)
    um dia destes experimento!!!
    com essas comidinhas consegues convencer o pedro do meatless monday num instante!!!

    sim...
    eu tb tive umas amigas de adolescente que com o tempo foram tomados caminhos diferentes...
    faz parte da vidinha...
    entretanto vão aparecendo novas amizades lindas e maravilhosas. :)

    Beijinhos grandes menina bonita

    ResponderEliminar
  21. Croquetes de grão, bem originais.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  22. uma história bem boa à volta de um simples croquete :P

    ResponderEliminar
  23. Olá Joaninha !
    Adoro os teus post pois tens sempre uma história associada o que faz a receita ter ainda mais significado.
    ... A vida é mesmo assim, hoje em dia é dificil manter uma amizade, pelo stress que temos por novas opurtunidades que mtas vezes nos levam a viver noutro sitio ou até mesmo pelas pessoas, todos vamos mudando o nosso rumo...
    Adorei estes croquetes em torno desta história tão especial !
    Um beijinho !

    ResponderEliminar
  24. Adorei esta sugestão! Gosto muito de falafel e estes croquetes são meio aparentados!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também foi em falafel q eu pensei quando li o post,mas a ideia de não fritar faz-me querer experimentar estes!

      Eliminar
  25. Olá Joana :) Tanta originalidade numa só receita... Croquetes de grão de bico nunca me passaria pela cabeça e, no entanto, devem ser uma delicia... Assados, são muito mais saudáveis e devem ficar igualmente bons. Gostei! beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Adorei esta receita! Mesmo! Adoro croquetes de vegetais e leguminosas, sao sempre maravilhosos!

    ResponderEliminar
  27. Que MARAVILHA !!! Adorei estes croquetes Joana!
    ADOREI :D:D:D:D:D

    Beijos doces ;)

    ResponderEliminar
  28. Oi Joana.
    passando para te conhecer e te convidar a me conhecer, já estou te seguindo, adorei várias receitas por aqui e me emocionei com sua amizade com as duas meninas, pena que as pessoas as vezes tem que se separarem.
    Uma linda semana.
    Bjs.
    Silvia.

    ResponderEliminar
  29. Eu adoro adoro adoro grão, por isso esses croquetes devem estar deliciosos =)
    Uma coisa gira é o facto de tambem eu hoje ter ficado nostalgica por causa das amigas do liceu :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  30. Adorei esta sugestão de "crocretes" e com mistura de especiarias devem ficar deliciosos! Óptima sugestão :)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  31. Acho que a grande maioria de nós passa por situações semelhantes. Chega a um momento em que cada um de nós segue o seu caminho e algumas vezes, por serem percursos tão distintos, acabamos por nos afastar quase sem nos apercebermos e as amizades esmorecem. Outras vezes, por mais divergentes que sejam os percursos, aproximamos-nos e tornamos ainda mais fortes as amizades. :)
    Esses croquetes devem ser divinais. A combinação do grão com os cominhos faz-me lembrar falafel, coisa que eu adoroooo. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  32. Estupendas croquetas, en casa gustan mucho y me quedo con tu receta.Besos guapa y te sigo.
    http://doris-miscosillas.blogspot.com.es/

    ResponderEliminar
  33. Olá Joana,

    A vida prega muitas surpresas e quem sabe se por obra do acaso as 4 se reunem novamente :)

    Boa sugestão e bem saudável

    beijocas
    Paula

    ResponderEliminar
  34. Gostei muito da tua história :)
    Penso que todos nós um dia pensamos no que deixamos para trás e lembramo-nos das nossas amizades que acabaram por não se fortalecerem. Mas ao menos ficaram duas e boas amigas :)
    Os teus croquetes têm muito bom aspeto^^
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  35. Também acabei por afastar-me de algumas amizades de infância/adolescência, mas ficam sempre as memórias que me trazem um sorriso.
    Não sou muito de "crocretes", gosto mais de "rissóles". ;)

    Beijinhos e obrigada pela força.**

    ResponderEliminar
  36. Também passei por isso, mas nós eramos 3, neste momento não nos damos, pois cada uma foi para o seu lado, mas lembro-me delas muitas vezes! :)
    Adorei os teus croquetes, ficaram lindos!
    Fico à espera da tua participação no meu desafio então! ;)
    Beijinhos doces.

    ResponderEliminar
  37. Olá Joana, a tua história é comum a muitas de nós, infelizmente nem sempre nos é possivel escolher alguns caminhos..., simplesmente acontecem de determinada forma sem que os possamos escolher..., o importante é guardar estas vivências com o máximo de carinho ;)
    Gostei da tua receita, fez-me lembrar uma que costumo fazer, mas em formato hamburguers. O grão presta-se a imensas combinações, desafia-nos sempre ;)
    Uma beijoca, e continuação de boa semana.

    ResponderEliminar
  38. Que croquetes lindos e saudáveis! Vou experimentar, de certeza :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  39. Receita a experimentar de certezinha!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  40. Gostei imenso do texto que escreveste :) há amigos que nunca nos esquecemos e que por muito que se afastem ficam sempre gravados na nossa memória. Quanto a esses crocretes devem ser uma maravilha um dia destes tenho que experimentá-los.
    Sigo.
    O resto de uma boa semana

    Ana Mafalda

    http://naminhacozinha-5.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  41. Fiz para o meu jantar de hoje e adorei!! No forno a acompanhar com brócolos e um molho de iogurte e alho ;) Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :D Eu também gosto imenso desses croquetes, e são uma sugestão óptima para uma refeição mais leve! :D Ainda bem que gostaste :D

      Beijinhos e tem um bom fim-de-semana! :D

      Eliminar
  42. Fiz esta receita no fim-de-semana e gostei bastante :)
    Podes vê-la no meu blogue ;)

    http://candyloveapa.blogspot.pt/2015/03/croquetes-de-grao-de-bico-com-caril-no.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :D Vou publicar na rubrica das receitas aprovadas! :D

      Beijinhos! :D

      Eliminar
  43. Ontem fiz a receitas, mas o croquetes racharam :(
    Há algum troque para eles não quebrarem no forno?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />