2 de dezembro de 2019

A aguinha do cu lavado, parte 2.

Lembram-se de quando a minha avó (sim, foi a minha avó!) tentou dar água do banho ao Matias, dizendo que 'a aguinha do cu lavado torna um filho bem-comportado'?

Depois das considerações que conto nessa publicação, surgiram inúmeras. O menino não podia ver-se ao espelho até ter um ano senão qualquer-coisa-que-não-me-recordo, coitadinho do menino que bebe o leitinho frio e isso faz-lhe mal por razões, o menino está sempre muito magrinho e por aí fora.

Mas desde que nasceu a Gabriela temos um conjunto novo de avisos, e temos achado imensa graça a isto. Vejamos:

(Quando comentei que a miúda é chorona): 'A menina chora porque tem dores porque as meninas tomam as dores das mães. Se a mãe não tem dores, tem a filha.'

(Quando disse que ia deixar de amamentar): 'Tens é de ter cuidado por causa do teu peito. Olha quando foi da tua mãe pus dois raminhos de salsa debaixo dos braços para me secar o leite e resulta!'

(Quando me queixei que a Gabi dorme que nem uma morta durante o dia e chora que nem uma desesperada durante a noite): 'Está com os sonos trocados! Quem sabia uma oração mesmo boa para isso era a minha madrinha. Ias para um cruzamento, andavas no sentido dos ponteiros do relógio e dizias aquela oraçãozinha e resultava mesmo! Que pena que a minha madrinha já não está cá...' (aposto que depois disto a minha avó foi perguntar a todas as velhinhas de Leça da Palmeira se conhecem a dita oração) (por acaso não conhecem? Sei lá, mal não faz!) :D

(Quando conto o que vamos fazendo durante o dia): 'Não podes sair de casa Joaninha! Estás no resguardo filha! Ainda nem tens um mês de parto e já andas a passear?'

(Estava a dizer que ia lavar roupa): 'Não dês roupa tua do resguardo para ninguém lavar Joaninha! Conheço quem tenha recebido muito mal por ter dado essa roupa a lavar, olha o mau-olhado!'

E isso sem falar na preferida 'E quando é que baptizas essas crianças Joaninha? Ai coitadinhas dessas alminhas que não entram no céu' :D

Nós achamos imensa graça a isto, confesso, até porque a minha avó não é nada invasiva com estas coisas e diz isto porque gosta de nós, gosta de cuidar e fica preocupada. E pronto, é engraçado e não ficamos nada ofendidos :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />