20 de março de 2015

Bolachas brownie para um mês diferente :)

I'm dancing on my own, 
I'll make the moves up as I go, 
And that's what they don't know.
But I keep cruising, can't stop, won't stop grooving.
It's like I got this music in my body saying it's gonna be alright.

Taylor Swift 


Quem me acompanha pelo Facebook do blog ou pelo meu Instagram pessoal certamente percebeu que fiz recentemente um mês inteiro de alimentação paleo.

Na verdade, esta história começa um bocadinho antes disso. Sensivelmente desde Setembro que o Pedro começou a seguir a alimentação paleo como forma de tratamento de manutenção do acne - na altura fiz inclusivamente toda uma semana temática dedicada a esclarecimentos sobre esta alimentação, com direito a receitas e a artigos de autores convidados.


Quando a semana terminou eu voltei à minha alimentação habitual (com algumas mudanças, mas nada de extraordinário) e o Pedro manteve-se adepto da alimentação paleo. Arranjámos uma espécie de equilíbrio: o meu almoço tinha quase sempre hidratos, o nosso jantar era mais fiel à alimentação paleo e os lanches iam variando consoante a disponibilidade e a criatividade.

E foi assim que, desde Setembro, o Pedro ficou indiscutivelmente melhor do acne. Mas, e eu?


Eu parei de tomar a pílula entretanto, o que me aumentou o apetite e fez disparar consideravelmente o meu acne. Com a entrada na especialidade a minha alimentação tornou-se um bocado caótica: ora passava largas horas sem comer (normalmente entre o almoço e o jantar), ora ia ao café no hospital e enchia o bandulho de coisinhas menos saudáveis, ora chegava a casa resmungona e louca de fome e devorava os meus iogurtes caseiros, ora levava almoços manifestamente escassos e via-me obrigada a rematar com um chocolatinho da máquina automática.

Em resumo - um mês depois do início da especialidade eu estava cansada, irritada, enjoada de porcarias e a precisar desesperadamente de me alimentar como deve de ser.


Vai daí, meti mãos à obra e decidi organizar-me fazendo um mês inteiro paleo: comecei no dia 7 de Fevereiro e terminei oficialmente no dia 7 de Março. O resultado foi o desfile de pratos apetitosos que foram vendo pelo Facebook e pelo Instagram, alguns quilos perdidos, alguma massa gorda desaparecida, zero acne e uma alimentação finalmente estabilizada e consistente.


Desde então continuei a manter as refeições paleo durante a semana e estou muito satisfeita com os resultados - sinto-me bem, descobri receitas novas e interessantes e estou a cuidar melhor do meu corpo. Obviamente que não digo que não a uma sobremesa ou a um pratinho não-paleo (que continuarão a aparecer por aqui, não se preocupem), mas de momento tento que isso seja a excepção e não a regra.


Estas bolachas não são paleo: têm farinha e açúcar. Mas têm pouca farinha e pouco açúcar, tornando-as uma óptima ideia para quem quer ter algum cuidado com a alimentação sem se comprometer muito. E são deliciosas para comer a meio da manhã ou ao lanche, acompanhadas de um chá ou de uma peça de fruta.

Espero que gostem. E nunca se esqueçam de ouvir o que o vosso corpo vos pede :)


Bolachas brownie (receita adaptada do blog 'Chocolate-covered Katie')

Ingredientes (para quinze bolachas):

* 70g de farinha de trigo;
* 20g de cacau em pó;
* Um quarto de colher de chá de fermento;
* Um quarto de colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Uma pitada de sal;
* 60g de açúcar mascavado;
* Uma colher de chá de essência de baunilha;
* 50g de óleo de coco derretido;
* Duas colheres de sopa de leite;
* 70g de pepitas de chocolate de leite.

Confecção:

* Numa tigela, juntar a farinha de trigo, o cacau, o fermento, o bicarbonato de sódio, o sal e o açúcar mascavado;

* Noutra tigela, misturar a essência de baunilha, o óleo de coco derretido e o leite;

* Juntar os ingredientes líquidos com os ingredientes secos e amassar numa bola;

* Juntar as pepitas de chocolate;

* Formar quinze bolinhas, espalmá-las um pouco e colocar num tabuleiro coberto com papel vegetal;

* Levar ao forno pré-aquecido a 160º durante quinze minutos;

* Deixar repousar no tabuleiro durante dez minutos e transferir para uma rede.


Tenham um óptimo fim-de-semana! :D

6 comentários:

  1. 'E nunca se esqueçam de ouvir o que o vosso corpo vos pede'...
    Esta frase escrita por ti diz-me muito a mim! Por vezes ignoramos os sinais do nosso corpo e isso trás-nos consequências! As bolachinhas tem muito bom aspecto e eu bem que ando a precisar de renovar o stock de bolachas caseiras cá em casa... Deixei de comprar bolachas no hipermercado, isto é... Não deixei completamente, mas em vez de comprar 1 pacote todas as semanas, comecei a comprar 1 pacote de longe a longe mesmo... E neste momento desde Fevereiro que não compro bolachas no hipermercado a não ser as torradas!!! Sem dúvida que as caseirinhas dão mais trabalho mas compensam :-)

    Beijinhos*** Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda ontem fiz mais bolachas para ter cá em casa, mas desta vez paleo :) É logo diferente poder comer uma a meio da manhã, sabe tão bem :D

      Beijinhos! :)

      Eliminar
  2. Que bolachinhas tão boas! Adoro tudo o que tenha esse aspeto decadente!

    ResponderEliminar
  3. Sim, eu acho que vi qualquer coisa no teu facebook... Mas só uma menção inicial, nem sabia que tinha sido há tanto tempo :P
    A semana temática ainda está bem viva na minha memória :D
    A tua alimentação normal também não parecia diferir muito da paleo, mas não sei :) parece uma distribuição equilibrada :)
    A sério? Que giro! Afinal sempre cumpriu o propósito :P
    A saga da pílula :P já andas melhor?
    Pelo menos eram iogurtes caseiros, podia-te dar para pior (eu sei que isto normalmente é usado noutro sentido, mas pronto) :D
    Os chocolates da máquina são sereias cruéis, estou a ver :P
    Tinha ideia de que tinha sido mais recente, estou desactualizada :P foi só benefícios :D eu estou a fazer o Whole30, o que também acaba por ser 1 mês paleo :) meses paleo são divertidos ;) haha
    (Só é pena não ter brownies lindos como os teus, não se pode ter tudo.)
    (Eu depois vingo-me nos teus brownies, é impossível resistir às fotos :P)
    É bom que acabe também por servir para estimular a criatividade a cozinhar, ao contrário do que pode parecer :)
    Ainda bem, não consigo ver o teu blog sem alguns pratos deliciosos e «pecaminosos» também :)
    (Afinal consigo. É uma visão interessante e recheada de brownies.)
    (Há espaço para tudo :D)
    Também é isso que pretendo fazer, acho que não conseguia evitar cozinhar coisas cheias de manteiga e açúcar de vez em quando :P haha
    Parece uma solução ainda melhor do que a outra :D
    estas bolachas parecem deliciosas :D belo lanche, pequeno-almoço ou qualquer outra coisa... Desde que existam ;) estão com um aspecto maravilhoso :) são mesmo parecidas a brownie? É um conceito engraçado :)
    Já disse que parecem boas?... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso já ando melhor da saga da pílula :) A alimentação ajuda :) Eu tenho seguido o Whole30, mas parece demasiado 'organizado' para mim. Eu gosto mais de saber que posso fazer uma excepção se me apetecer ;)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />