18 de novembro de 2014

Frango à Toscana e uma reflexão sobre a ditadura da imagem.

I never pretend to be something I'm not,
You get what you see, when you see what I've got.
We live in the real world, I'm just a real girl,
I know exactly where I stand.

And all I can do is be true to myself,
I don't need permission from nobody else.
'Cause this is the real world, I'm not a little girl,
I know exactly who I am.

Mutya Buena


Tudo começou com uma notícia do Buzzfeed - sim, eu também tenho direito aos meus momentos menos eruditos - sobre a Beyoncé e o facto de ela (supostamente) utilizar Photoshop para adulterar as suas fotos do Instagram.

Eu não sou de todo destas corriqueirices sociais. Mas o tema da auto-imagem diz-me muito por várias razões (não quisesse eu ter uma quinta para pessoas com distúrbios do comportamento alimentar), e na altura dediquei alguns minutos do meu dia a pensar nessa questão.

De facto, no hospital e no centro de saúde lidamos diariamente com malta adolescente, e é notório o quanto actualmente eles estão sujeitos a uma pressão social impressionante (comparando até com o que eu passei na minha altura, que não foi assim há tanto tempo atrás).

As redes sociais como o Facebook e o Instagram empolam ainda mais a importância da imagem e de 'parecer fixe e popular' e contribuem de forma visível para a diminuição da auto-estima e para o isolamento social, e tudo isto faz com que os miúdos sejam ainda mais autoconscientes do seu aspecto físico. 

E depois há estes exemplos. A Beyoncé é uma mulher bonita e tem um corpo curvilíneo e aparentemente saudável que é admirado por muitos. Mas pelos vistos insiste em mudar as fotografias que partilha com os fãs. Para quê?

Encontrava-me a pensar nisto de uma forma superficial quando a realidade me esbofeteou com força:

Eu não sou diferente.


Quem sou eu para criticar alguém que usa um programa de edição de fotografias? Não uso eu própria um para vos mostrar comida com melhor aspecto? Não retoco iluminação, saturação, realces e sombras? Não retoco pequenas manchas? Não selecciono as melhores fotos e envio as outras para a reciclagem? Não me abstenho de mostrar determinadas receitas porque não ficaram tão apetitosas como o pretendido?

Não vos estarei também a ensinar que a comida é mais saborosa quando está mais bonita?

É assustador o quanto a ditadura da imagem nos envolve hoje em dia, e não me sinto muito confortável em ter a minha dose de responsabilidade nisso. É verdade que o mundo da culinária vive muito do aspecto e que os olhos também comem, mas não quero fazer-vos sentir que as receitinhas que testam em casa são menos válidas ou deliciosas porque não estão empratadas, fotografadas com uma boa máquina, seleccionadas e editadas.

Porque, tal como com os diferentes tipos de corpo, a comida é bela quando é real. Independentemente de parecer uma obra de arte ou uma mistureba estranha.

Por isso hoje é isso que vos trago: comida real. Comida verdadeira, daquela que faz a barriguinha sorrir. Comida sem retoques e sem frufrus. Comida para levar na marmita e para comer ao almoço.

Comida. Ponto.


Frango à Toscana (receita adaptada do blog 'The Wanderlust Kitchen')

Ingredientes:

* Um fio de azeite;
* Meia cebola picada;
* Dois dentes de alho picados;
* 250g de peito de frango cortado em cubinhos;
* 100g de cogumelos laminados;
* 50g de brócolos (opcional);
* Uma lata de tomate pelado;
* Uma colher de chá de orégãos;
* Uma colher de chá de manjericão;
* Uma colher de chá de paprika;
* Uma pitada de sal;
* Uma pitada de piri-piri.

Confecção:

* Refogar a cebola picada e o alho picado num fio de azeite;

* Juntar o frango, os cogumelos e os brócolos e saltear;

* Cobrir com o tomate pelado e temperar com os orégãos, o manjericão, a paprika, o sal e o piri-piri;

* Deixar cozinhar e servir.

Até amanhã! :D

16 comentários:

  1. É verdade Joana, quando vejo o food styling e o aspecto bonitinho dos pratos que aparecem em alguns blogs de culinária, fico por vezes defraudada quando o aspecto real do que faço em casa é tão diferente. Mas é bem mais grave quando essa questão do parecer bem e bonito se repercute no bem estar, na auto estima, na saude. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso também me acontece Ivone, por vezes o que faço não corresponde às imagens que vejo nos outros blogs. E sei que isso acontece a leitoras minhas porque recebo frequentemente mails com fotos de adaptações de cozinhados meus em que as pessoas escrevem 'não tem tão bom aspecto como o teu, mas estava delicioso'. Ora porque é que é necessário justificarmos isso? Porque as pessoas acham que por ser menos bonito deve ser menos saboroso, o que não é de todo verdade ;)

      Beijinhos! :)

      Eliminar
  2. Vou seguir o teu blogue, a ver se ganho alguma motivação para cozinhar (sou um zero à esquerda).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidchen nesse caso espero que encontres aqui o segredo para retirares algum prazer da cozinha :D Beijinhos e boa sorte :D

      Eliminar
  3. Que bom aspecto, vai ser o meu almoço... :)
    Tem massa não tem? É que nós ingredientes não tem :)
    Parabéns pelo blog e pelas receitas maravilhosas!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Celine não pus nos ingredientes porque na verdade podes acompanhar com o que quiseres :) Bom almoço, espero que gostes :D Depois passa por cá a dar o teu feedback :D

      Beijinhos e obrigada! :D

      Eliminar
  4. É verdade, todos nós contribuímos um pouco para a ditadura da imagem. A tua comida é sempre boa, hoje não é excepção :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois contribuímos, mas isso não quer dizer que não tentemos mudar isso! ;) Beijinhos! :)

      Eliminar
  5. Olá Joana,

    A tua comida parece ser bem real e boa :-) Quer seja com edição ou sem... Mas claro que os olhos também comem e as fotos tornam-se mais apelativas sendo bonitinhas e não tão tacanhas e sem edição, não que isso e como dizes bem tonem elas menos saborosas...
    Por vezes em casa a comida com um aspecto mais tosco até está mais saborosa que quando está com um aspecto mais bonitinho :-) É assim com tudo na vida, penso eu :-)
    Mas este franguinho tem um aspecto muito bom e o que eu gosto de bróculos, gosto mesmo!!!

    Vi no facebook que vais tentar responder mais aos comentários... Sei que deve ser difícil com a tua vida ocupada, mas sinceramente acho que fazes bem... Falo por mim e por todos os teus seguidores, acho que se houver interação entre autor do blog/comentadores é mais giro e de certeza que vais notar diferença e até dá mais vontade às pessoas para comentar...

    Desejo-te tudo de bom!!!

    Beijinhos grandes e uma boa semana***
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana!

      Pois, de facto é muito difícil lutar contra a maré aqui. Acima de tudo um blog de culinária vive do prazer que os leitores retiram com as imagens - embora eu acredite que um dia vai ser possível enviar-vos cheirinhos através do ecrã - e por isso o propósito é essencialmente fazer comida com bom aspecto, infelizmente. Mas não quer dizer que a comida feia não seja igualmente deliciosa, e cabe-nos a nós tentar fazer com que os outros percebam isso :)

      Cá em casa também adoramos brócolos :D

      Sim, estou a tentar. Nos últimos tempos acho que fiquei assoberbada com as minhas responsabilidades e deixei de ver os comentários como uma prioridade, mas isso vai mudar :) Por isso conta com as minhas respostas a partir de agora :D

      Beijinhos e um bom resto de semana :D

      Eliminar
  6. e mesmo sem edições tem um aspecto delicioso! Também eu muitas vezes penso não publicar esta ou aquela receita por não parecer tão boa (e ainda não as edito... mas tento tirar fotos mais bonitas) mas acabo sempre por publicar as receitas boas, mesmo que de aspecto não o pareçam, porque de facto nem sempre a comida tem de parecer optima para os er! hehehe

    beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão Susana :) Eu confesso que nem sempre publico, mas vou tentar mudar isso :)

      Beijinhos :D

      Eliminar
  7. De facto, hoje em dia vivemos num mundo em que a imagem dita tudo. Não deveria ser assim, mas mudar isso quando já está tão "entranhado" na comunidade seria muito dificil. É pena, porque a beleza é muito mais para além disso. E pior é quando o "tentar ser bonito" não corresponde ao saudável.

    Quanto à comida, os teus pratos têm sempre óptimo aspecto! Seja com ou sem edição. Oxalá os meus cozinhados tivessem tão bom aspecto (às vezes têm :P). Mas pronto, mesmo que não tenham o aspecto desejado, oxalá tenham sejam sempre saborosas x) Mas sim, os olhos também são muito gulosos! x)

    Beijinhos e resto de boa semana. Adoro acompanhar as tuas histórias e receitas ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anibri tens toda a razão: mudar esta postura é muito difícil porque o aspecto continua a ser importantíssimo na escolha de um blog de receitas (e contra mim falo, que sou uma sucker por tudo o que sejam fotos com bom aspecto). Mas muitas vezes não só o bonito não corresponde ao saudável como nem sequer corresponde à realidade: uma vez comprei um livro sobre melhorar as fotos de comida e as dicas eram impressionantes - usar óleo de motor para deixar a comida a brilhar, palitos disfarçados por todo o lado para os ingredientes ficarem no sítio... Ou seja, era comida mas não era para comer ;)

      Beijinhos e tem um óptimo fim-de-semana :D

      Obrigada pelo teu comentário :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />