13 de outubro de 2014

Wedding Diary #41 - Sevilha

E chegámos ao último destino da nossa lua-de-mel: Sevilha.

Eu vou ser muito sincera: depois de destinos tão entusiasmantes como Lyon, Cévennes, Andorra e Granada e da surpresa agradável e deliciosa que foi Córdoba, sentimos que a nossa histeria para visitarmos Sevilha esmoreceu bastante. Estávamos um bocadinho cansados, já sentíamos saudades de casa e de repente Sevilha não nos parecia assim tão giro, por isso acabou por acontecer aquilo que na minha família é historicamente conhecido como 'a maldição de Los Angeles'.

Eu explico. Há sete anos fizemos uma volta ao mundo que passou por Londres, por Hong Kong, pelas Fiji e por Los Angeles e terminou novamente em Londres. Quando chegámos a Los Angeles estávamos há quase um mês em viagem, e de repente simplesmente não nos apetecia fazer nada. É claro que visitámos a cidade, fomos aos estúdios, posámos com a placa que diz 'Hollywood', vimos a famosa Venice Beach, andámos de limousine e fomos a Newport (eu era fascinada com o 'The O.C.' na altura), mas lá bem no fundinho o que nos apetecia realmente era rastejar para casa, encher a barriga de arroz de polvo do bom e deitar a cabeça na nossa almofada.

Foi exactamente isso que aconteceu em Sevilha, e honestamente desta vez nem sequer nos esforçámos tanto. Agora simplesmente encolhemos os ombros, dormimos umas belas sestas, descansámos na piscina do hotel, arrastámo-nos no ginásio, pusemos a leitura em dia, vimos o 'The Godfather Part II' e fomos dar um saltinho à cidade. E confesso-vos que no fim adorámos Sevilha: não por causa da cidade em si, mas pelos momentos que lá passámos. No hotel, vá, mas conta na mesma pronto.

O ginásio. A elíptica vai deixar saudades :) (orgulho-me bastante de ter regressado da minha lua-de-mel exactamente com o mesmo peso com que fui, o que é extraordinário tendo em conta a quantidade de coisinhas boas que comi) :D
Há quem leve livros de banda desenhada para ler na lua-de-mel - *tosse* os meus pais *tosse* - e há quem leve trambolhos da história do império romano com uns bons dois quilos. Recomendamos :)
A Catedral de Sevilha, que tal como todas as catedrais que vimos em Espanha se paga (Nove euros para entrar numa igreja? A história de Jesus com os mercadores não vos ensinou nada?)
O Arquivo das Índias, onde o Pedro não quis entrar porque achou que 'ah não deve ser muito giro'


O Real Alcazar, que estava a fechar quando chegámos. Ficámos com pena, parece muito bonito.



O hotel Alfonso hotel XIII, que foi considerado um dos melhores hotéis do mundo quando foi construído (em 1929, entretanto foi renovado)




Calle Sierpes, a rua das compras :)
A pastelaria mais antiga de Sevilha (criada em 1885)
Era bom :)
Praça da Câmara :)
E pronto, foi isto. Não foi uma reportagem muito extensiva, mas um dia regressamos a Sevilha para colmatarmos essa falha :)

Espero que tenham gostado das fotografias da lua-de-mel! :)

4 comentários:

  1. Joana isso nem parece teu! :) Podes estar com o mesmo peso e ter ganho gordura e perdido massa, não quer dizer que não tenhas engordado ahah. Tal como quando vamos treinar e a balança está na mesma e achamos que estamos mais magras, pois claro, temos definitavamente menos gordura mas estamos mais tonificadas e o peso muitas vezes ronda o mesmo ;)
    Mas...vamos acreditar que estas impecável!
    Que delicia de lua de mel, mas a verdadeira foi mesmo em Sevilha no relax total! Parabéns!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Sevilha é pertinho de mim :) Já lá fui várias vezes e o Alcazar é realmente lindo! Da próxima vez que fores tenta lá ir e ir também à praça de Espanha, vale a pena :)

    Boa semana :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Realmente é uma pena, mas também não valia a pena estarem a arrastar-se porque é mau ir a um sítio sem aproveitar em pleno. Quando EU vou de férias gosto do ambiente e de coisas pequenas como dormir numa cama com um colchão que pica, estar numa casa pequenina com areia no chão, ir comprar pão para o pequeno-almoço e ter de ir a um café para ter Internet. E de gelados. ;) Não gosto muito de praia, e sinto uma espécie de censura/reprovação porque vou tanto tempo de férias e vou à praia dia sim dia não, porque não venho exageradamente morena (ei, a culpa também é de estar besuntada com protetor solar fator 50!) ou porque não sei quem vai metade do tempo mas vai à praia duas vezes por dia. Acho que não tenho de deixar de fazer o que me apetece para que as minhas férias correspondam às expectativas de outras pessoas... Sinceramente eu não acho muito giro passar a vida na areia, e eu também não acho especialmente sensato exagerar com essa história de férias=praia. Às vezes estavam pessoas na praia de biquini e embrulhadas em toalhas porque estava imenso frio, e depois começava a chover e tentavam cobrir-se. Entretanto eu estava a dar um passeio não típico ou digno de férias, e a divertir-me muito mais enquanto apanhava a maior molha da minha vida e observava a minha avó a tentar correr enquanto ainda conseguia ver alguma coisa. Acho que posso considerar a minha experiência superior. ;)
    Resumidamente: tu fazes o que bem te apetecer porque as férias são tuas. Podes não ter ficado com as recordações que são típicas de Sevilha, mas aposto que gostaste mais do que de Los Angeles.
    E (como no fim de desenhos animados didácticos irritantes) eu aprendi a não exagerar na coisa do "the best for the last - tirando se tiveres um monte de coisas para fazer no fim‑de‑semana e preferires ficar a comentar blogs o dia todo, fazer muffins e visitar exposição de Lego no fim" :P
    Tanto tempo de viagem deve cansar mesmo... Pelo menos com as saudades não custa tanto a voltar a casa :)
    (Acho que quase atingi o limite de palavras irritante do blogger só a comentar a introdução :P nãão!)
    Eu quero imenso ter uma máquina dessas desde que fui ao E Leclerc e vi uma caixa a dizer "elliptique" :D é uma pena que tenhas usado em Espanha e não França, perdeste uma óptima oportunidade de usar uma "elliptique". Depois é que ia ser complicado, em Espanha já não ias conseguir suportar usar uma simples "elíptica" foleira. É o que dá estar mal habituado.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns pela menção do peso :D realmente é uma proeza, deves fazer parte de uma minioria :) também é do movimento todo. E da ausência de muffins. ;)
    (E ainda temos de ter em conta que deves ter ganho músculo de segurar na câmara!)
    Nunca andei numa elíptica sem ser daquelas foleiras de parques de manutenção para velhinhos :P até parece giro... :)
    Esse livro não parece um livro de ler assim seguido :P que calhamaço! Haja paixão pelos romanos :P eu não sou fã dos gajos, poorque equipa Astérix for the win :P haha
    (Admite lá que também esse livro é banda de desenhada do Astérix. Só é um livro de banda desenhada do Astérix que caiu no caldeirão de poção mágica quando era bebé. :P)
    Que mercenários, tanto dinheiro! Bem diz o meu tio que são uns ladrões :P haha há revolução de cada vez que se avista um peditório...
    Mas o Arquivo das Índias parece giro! :P
    Também não foi só culpa do vosso cansaço... Parece uma conspiração para arranjar motivos que vos desencorajem! Ou é dinheiro, ou é estar fechado, ou não parecer muito giro... :P
    Que sítio com tantas coisas giras diferentes :P é demasiado para uma só foto!
    Hahaha a cara das janelas laranja e brancas! Têm cara de bules de chá :)
    O contraste de cores fica... Estranho :P faz-me lembrar a descrição de dois parágrafos do uniforme do Colégio das 4 Torres.
    Já é um hotel velhinho :P ainda bem que foi renovado :P
    "Alfonso" é um nome tão bonito :P
    Essas linhas no chão fazem-me imensa impressão!
    Deve ser uma rua espetacular, para ter direito a cognome :)
    Que bolo mais estranho, parece meia bola de berlim esmagada e barrada com creme.
    Não sei porquê esse "Era bom :)" não foi muito eloquente :P
    Eu não diria por estas fotos todas que foi uma visita assim tão superficial, mas tu é que sabes :) fica para um "antes e depois", quando fizeres um post enorme com a segunda vez!
    As fotos da lua-de-mel são todas fantásticas, eu adorei! O importante é que tenhas gostado, e acho que dá para ver (ler?) que sim! :D

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />