3 de outubro de 2014

Wedding Diary #35 - Valência

Valência foi uma cidade um bocadinho difícil. O nosso primeiro dia correu lindamente e adorámos o parque e a cidade das artes e das ciências, mas o segundo dia correu menos bem: estava imenso calor, fiquei com a tensão arterial demasiado baixa e tive uma paragem de digestão, por isso fomos obrigados a parar para descansar um bocadinho. Vai daí não fiquei propriamente com uma impressão muito positiva da cidade, mas pode ter sido porque as circunstâncias também não eram as melhores :) Vou deixar-vos julgar por vocês próprios :)

No Jardim del Túria :)

Mais uma vez, imensa gente a correr :)
Já na cidade das artes e das ciências :)






E o que se come mal se chega a Espanha? Massa com beringela, tomate, espinafres e queijo de cabra, pois claro! :)
E tiramisú, esse doce típico espanhol :D


O nosso pequeno-almoço foi assim todos os dias, mas neste dia em específico a coisa não correu lá muito bem.

A Câmara :)




Honestamente nem me lembro do que eram as coisas, nesta altura estava mesmo aflita... Mas lembro-me que esta era a Praça da Virgem :)


Face à inegável realidade - não íamos conseguir visitar muito mais da cidade comigo prestes a desmaiar em qualquer canto - fomos para o único sítio onde sabíamos estar fresquinho: a praia! :D




Inicialmente fomos só molhar os pézinhos, mas a água estava tão boa que decidimos ficar. Mas como? Não tínhamos roupa apropriada, não tínhamos toalhas e não queríamos deixar a tralha toda em cima da areia enquanto nos refrescávamos no mar. Por isso fizemos o que nos pareceu lógico: estacionámos em frente à praia, vestimo-nos no carro (foi divertido), deixámos lá tudo (chave incluída), fomos directos para o mar, secámos ao sol e voltámos. Soube mesmo bem e a minha tensão arterial agradeceu :)


Por isso, e apesar da cidade em si não nos ter deixado grandes memórias, Valência será para sempre recordada como a primeira vez em que nadámos juntos no Mediterrâneo :D

Até amanhã! :D

1 comentário:

  1. Por que é que sempre que te corre mal alguma coisa vem meia dúzia de coisas ainda piores atrás (ditados populares não são justificações :P)? E por que é que as tuas enumerações são sempre deprimentes?
    Tensão baixa parece uma coisa tão incómoda!
    Afinal até te deves ter arrependido de deixar as sapatilhas ao abandono ;)
    Agora há cidades e capitais de tudo :P
    Parece um parque temático de construções bizarras :P faz-me lembrar a Ópera de Sidney...
    Claro que tinhas de desfrutar da culinária tipicamente espanhola ;) não te censuro, toda a gente concorda com "em Espanha só se passa fome". Acho que um português não é capaz de ver um conjunto de petiscos, por muitos que sejam, como um jantar :P é preciso que haja uma boa pratada de arroz. Os rissóis são só um extra ;)
    (E paella também não merece a reputação!)
    Essa combinação parece deliciosa (ainda que o molho pareça um bocadinho granuloso) e "mesmo italiana" (por ter queijo e massa? :P), portanto acho que a escolha da sobremesa foi a ideal! Gostava de comer um tiramisú "autêntico"... Só provei um que a minha tia fez, estava demasiado líquido mas até gostei :)
    Escolheste logo o restaurante mais típico :P
    Há candeeiros giros em todo o lado menos aqui? :(
    Então, deixas isso em suspenso? Que má, e então os teus leitores curiosos?
    O pequeno almoço até é simples mas estranhamente atraente! O café está com um ar fantástico, especialmente a parte branca espumosa e divisão perfeita das duas camadas :) o pão torrado é a coisa mais perfeitamente circular que eu já vi, e tem uma forma estranha mas agradável, e esses rolinhos de queijo e fiambre revelam uma enorme perícia em enrolar fatias :P até o molho de tomate para pizza na coisa quadrada branca tem bom aspeto! :)
    "Berlinas" hahaha
    Os bolos amontoados ganham um fascínio imbatível :P mesmo que sejam madalenas com abcessos!
    Haha a câmara aqui também é assim :P
    Tanta ornamentação minuciosa :) é muito giro!
    Coitada de ti! Andar de um lado para o outro deve ter sido mesmo divertido nesse dia :P nem sei como tiveste vontade de tirar fotos! (Ou melhor: como conseguiste tirar fotos!)
    Ainda bem que não te arrastaste durante muito tempo :P
    A praia? Fresquinho? :P não são coisas que associe muito, mas pronto :)
    Olha, barracas! (Ataque de histeria em curso.) Para onde vou há quase uma década (haha :P) tem essas barraquinhas, numa feirinha que é mais ou menos igual todos os anos e à qual eu vou praticamente todas as noites ou até 2 vezes por dia :P é super divertido, juro! ;)
    (A minha avó diz que já vomita aquilo e não sabe como nós aguentamos :P)
    São mesmo iguaizinhas! (Que saudades!) Parece que é só por cá que em todas as festas as barracas são foleirices heterógeneas em que cada um se safa com os panos que têm :P
    Trocar de roupa no carro é uma ginástica gira :P mas a ideia de secar ao sol é muuito desagradável, admito! Essas coisas de estar encharcada sem me poder secar com uma toalha seca põe-me pele de galinha. Mas provavelmente soava-me melhor se estivesse na tua situação!
    Foi realmente uma pena que não pudesses aproveitar! Em tantos dias tinha de haver alguns a correr pior :P pelo menos tens uma história gira e fotos. E talvez até uma "cara de Valência" (é uma pena que o nome não seja tão giro!) :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />