10 de outubro de 2014

Salame de chocolate negro para um problema com o carro.

Took your car, drove to Texas,
Sorry honey, but I suspected we were through.
And I can't cry anymore.

Since I left, feelin' better, 
'Cause that's what you get when you stay together too long.
And I can't cry anymore.

Wouldn't it be good if we could hop a flight to anywhere?
So long to this life!

Sheryl Crow


Ao contrário daquilo que alguns comentadores anónimos pareciam pensar na altura em que eu ainda me dava ao trabalho de aceitar comentários anónimos, eu e o Pedro não somos ricos.

Lamento desapontar-vos, mas não há aqui nenhuma história romântica escondida. Ele não é um príncipe disfarçado de um qualquer reino desconhecido e misterioso da Europa e eu não recebi nenhuma herança milionária de um tio afastado. Ele não tem pais ricos (longe disso, ambos os pais dele são professores) e eu não ganhei o Euromilhões. Não descobrimos nenhuma mina de ouro no quintal nem temos um trabalho secreto que nos faz ganhar milhares de euros por mês.

Somos só uns miúdos que vivem que nem uns monges durante a maior parte do tempo e que gostam de gastar o que poupam a viajar, e estamos no nosso direito.


É verdade que tenho um trabalho razoavelmente estável, que ganho o meu próprio dinheiro e que no fim do mês consigo poupar alguma coisa, o que faz de mim (infelizmente) uma privilegiada em relação à grande maioria da população do nosso país. Mas caramba, também é verdade que trabalhei para isso.

No secundário estudava seis a oito horas por dia (fora as aulas!), que depressa se transformavam em doze aos fins-de-semana. Na faculdade nunca chumbei a uma única cadeira, e consegui ultrapassar os seis longos anos do curso com a minha saúde mental mais ou menos intacta. E agora tenho um trabalho exigente, drenante e cansativo do qual gosto muito (pelo menos na maioria dos dias) e onde me esforço para ser a melhor profissional que consigo.

Hoje sinto-me orgulhosa daquilo que estou a construir em conjunto com o Pedro: um futuro. O nosso futuro. E como imaginam, tudo isto se tornou mais complicado quando o Pedro se viu perante a necessidade de comprar um carro depois de ter estado envolvido num acidente que não foi de todo culpa dele.


Chafurdámos um bocadinho em autocomiseração e depois pusemos mãos à obra. O Pedro começou a procurar carros, eu tive que reformular o meu horário de trabalho para conseguirmos dividir o meu carro. Pelo meio ele viu-se obrigado a poupar ainda mais do que o habitual e ficou tristonho e preocupado com isso.

E qual é a minha forma preferida de combater a tristeza?

Alguém disse docinhos? Acertaram! :D


Eu não sou uma fã de salame de chocolate, confesso. Não sou por isso a melhor júri da qualidade deste salame adaptado da Saveurs, mas tendo em conta os elogios rasgados que o Pedro lhe dirigiu diria que passou no teste :D


Salame de chocolate negro (receita adaptada da Saveurs especial de sobremesas, também conhecida cá em casa como 'A Bíblia')

Ingredientes:

* 45g de manteiga;
* 100ml de crème fraîche (comprei no Continente, mas podem substituir por natas);
* 200g de chocolate negro de boa qualidade;
* 125g de bolachas (usei spéculoos).

Confecção:

* Juntar a manteiga e o crème fraîche e levar a aquecer em lume brando, mexendo sempre;

* Quando a mistura ficar homogénea juntar o chocolate negro e deixar derreter;

* Retirar do lume e juntar as bolachas partidas em bocados;

* Formar um cilindro com o auxílio do papel vegetal e levar ao frio durante pelo menos três horas para solidificar.

Espero que gostem e tenham um óptimo fim-de-semana! :D 

6 comentários:

  1. Olá Joana :)
    As pessoas muitas vezes (especialmente na internet) esquecem-se que não conhecem a pessoa a quem dirigem a palavra e a sua história. E é verdade que as coisas não estão fáceis em Portugal, mas de que serve atacar quem se consegue safar bem no meio disso? Não vale mesmo a pena dar grande valor a essas críticas.
    Gostei muito do uso de speculoos neste salame (e ai-que-bom que é quase Natal e elas estão por todo o lado aqui!), apesar de também não ser grande apreciadora desta sobremesa.
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Inês

    ResponderEliminar
  2. Salame de chocolate é a oitava maravilha do mundo!

    ResponderEliminar
  3. Adoro salame e este tem óptimo aspecto!! :)

    Quanto ao resto... não ligues! Infelizmente a inveja, a maledicência e a falta de bom senso imperam por estes dias... e na internet ainda mais!!

    ResponderEliminar
  4. Não vou resistir a experimentá-lo hoje mesmo!

    ResponderEliminar
  5. Olá, sou nova aqui, mas já fã! :)
    desculpe a ignorância mas nunca ouvi falar das bolachas que refere que usou...onde compra!?
    Obgd Ana

    ResponderEliminar
  6. Então agora com a lua de mel é que era... :P por acaso ainda hoje comentei a diferença entre o dia-a-dia e o casamento e lua-de-mel - claro que não são situações comparáveis, mas quase toda a gente gasta imenso dinheiro, mesmo muito :P mas não deixam de estar no seu direito - cada um pode poupar e gastar como quiser, e esse é um momento especial para a maioria :)
    Haha não sabia que os pais dele eram os 2 professores :) os meus também são!
    Cada vez se nota mais - se alguém for desperdiçando o salário em coisas quase insignificantes - claro que também se pode preferir fazer isso, mas normalmente quem o faz nem dá por ela e muito menos faz de propósito para "apreciar as pequenas coisas" - (um casaco ontem, almoço fora hoje, até produtos de supermercado desnecessários ou desnecessariamente caros) é muito mais sociavelmente aceitável do que alguém que poupe o dinheiro e compre um telemóvel caro, faça uma viagem ou qualquer coisa que precise de um grande volume de dinheiro só de uma vez. O dinheiro gasto pode acabar por ser exatamente o mesmo, mas a segunda pessoa é "fina", "esbanjadora",...
    Que pena, desejava secretamente que houvesse um enredo bonitinho :P
    Tu e as tuas horas de estudo assustam-me sempre :P
    Eu concordo - mereces :) a maioria das pessoas merece, acho que raramente se fica rico sem trabalhar muito e/ou ser brilhante, ao contrário do que se gosta de pensar.
    Esses imprevistos pesam um bocado nas contas, é muito chato! E dá uma sensação de gasto desnecessário, tipo "numa realidade alternativa podia ainda ter o dinheiro e não ter acontecido nada disto" :P
    E que chato terem de mudar tudo! E poupar mais, claro :P
    Acho que já não é difícil adivinhar, quase todas as tuas receitas com chocolate são um instrumento de consolação :P e não sei se preferia este salame de chocolate a um carro! (demasiado positivismo? :P)
    O blog ainda se vai tornar numa documentação de testes às receitas da Saveurs! :)
    Pelo menos tens sempre júri para tudo :) talvez exluindo peixe abaixo de fantástico...
    Há algum tempo fiz umas trufas cuja receita era semelhante... Era com cacau e não chocolate e tinha algumas diferenças, mas era parecido e também era muito bom!
    Acho piada quando dizes que algum ingrediente tem/deve ser "de boa qualidade" :)
    Nunca experimentei spéculoos :( "spéculoos butter" é que parece ser bom, também :) só não sei se consigo encontrar...
    Este salame é chique, ao contrário dos salames embrulhados em papel de alumínio de feiras de escola - primeiro porque a receita é de uma revista "fina", depois porque as fotos e a apresentação é infinitamente melhor e ainda porque "spéculoos" é muito mais elegante do que a foleira "bolacha maria" (pronunciado "mareia" :P)
    As bolachas parecem meio esbatidas :) está com um aspeto mesmo delicioso!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />