13 de agosto de 2014

Legumes salteados na wok para uma primeira impressão errada :)

Let me apologize to begin with.
Let me apologize for what I'm about to say,
But trying to be someone else was harder than it seemed,
And somehow I got caught up in between.

Between my pride and my promise.
Between my lies and how the truth gets in the way.
The things I want to say to you get lost before they come,
The only thing that's worse than one is none.

Linkin Park


Da primeira vez que experimentei a wok que comprámos fiquei desiludida e achei que aquilo não passava de uma frigideira com um nome mais pomposo. Na altura preparei-me para arrumar aquele mostrengo no armário para sempre, mas algo me fez mudar de opinião: o comentário da Alexandra.

Ainda me lembro do primeiro mail que recebi da Alexandra: um mail enorme, com tantas perguntas que ela decidiu numerá-las para eu não me perder. Desde então fomos trocando mails e comentários, e quando ela decidiu criar o seu próprio blog de receitas fiquei muito contente e orgulhosa. 


Não desfazendo nenhum dos meus outros comentadores frequentes, eu adoro ler os comentários da Alexandra. Não é segredo para ninguém que me irrita profundamente receber comentários do género 'que-bom-aspecto-ponto-final-vou-embora-que-hoje-ainda-quero-deixar-este-copy-paste-em-mais-cem-blogs-diferentes', e a Alexandra é a personificação da antítese disso: todos os comentários dela são enormes e engraçados, e percebe-se perfeitamente que ela lê realmente aquilo que eu escrevo - não só com os olhos mas também (e talvez principalmente) com o coração.


Ora nesse meu texto da wok a Alexandra disse-me que eu estava enganada, e apresentou o argumento mais convincente de todos: disse que a avó dela estava rendida a esta frigideira pomposa. E quem sou eu para dizer que uma avó está errada no que diz respeito a receitas boas? :)

Vai daí, testei a wok novamente, mas desta vez com legumes salteados. E acho que devo um pedido de desculpas formal à Alexandra, à avó dela e a todos vocês, porque fui nitidamente precipitada a julgar as capacidades da wok.


Desde então têm aparecido cá em casa uma data de pratinhos semelhantes, e confesso que estamos seriamente apaixonados. Os legumes ficam saborosos, crocantes e saudáveis, e num piscar de olhos têm uma refeição deliciosa e prática. 

Desculpa-me por ter denegrido a tua imagem, querida wok. Espero que me perdoes.


Legumes salteados na wok

Ingredientes (para duas pessoas):

* Uma cebola picada;
* Dois dentes de alho picados;
* Um fio de azeite;
* 100g de brócolos congelados;
* 100g de feijão verde redondo;
* 100g de ervilhas congeladas;
* Uma latinha de cogumelos laminados;
* Uma colher de chá de ras el hanout (mistura marroquina de especiarias);
* Uma colher de chá de pimentão-doce;
* Uma pitada de sal;
* Uma pitada de piri-piri.

Confecção:

* Refogar a cebola picada e o alho picado no fio de azeite;

* Juntar os legumes e os cogumelos e deixar refogar;

* Temperar com o ras el hanout, o pimentão-doce, o sal e o piri-piri;

* Saltear até os legumes ficarem crocantes por fora mas amolecidos por dentro.


Até amanhã! :D 

4 comentários:

  1. Eu confesso que tenho wok mas que não lhe dou quase uso nenhum... mas agora depois de ler o teu post fiquei cheia de vontade de o ir já tirar do armário.. eh eh eh.

    ResponderEliminar
  2. A minha wok também tem servido para fazer umas massas salteadas bem saborosas :)

    ResponderEliminar
  3. Também adoro os comentários que a Alexandra faz no meu blogue, são uma lufada de ar fresco ^^ A wok é bem porreira, pena a minha ter-se estragado :\ tenho de comprar outra! Beijinhos*

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />