21 de agosto de 2014

Bolo de coco (O bolo, finalmente!) :D

Sabe, eu não devia estar falando com estranhos... 
Mas já o conheço!
Foi você o sonho bonito que eu sonhei.
Foi você, eu lembro tão bem você na linda visão.
E me fez sentir que o meu amor nasceu então,
E aqui está você, somente você, a mesma visão,
Aquela do sonho que eu sonhei.

A Bela Adormecida (que no meu tempo ainda era em português do Brasil)


Eu julgo que já disse aqui que não sou a maior fã de fazer bolos. Gosto imenso de fazer doces e adoro inventar sobremesas, mas fazer bolos deixa-me insegura e desconfortável.

Ao contrário da maioria das coisas que cozinho, cozinhar bolos não é propriamente científico. Aqui nem sempre a mais b é igual a c, e muitas vezes o resultado é desolador quando comparado com o que as fotos apetitosas nos prometiam. Juntem isso ao facto de eu ser trapalhona a espalhar coberturas e aqui temos a receita perfeita para a hecatombe.


Vai daí, confesso que não sou a pessoa mais entusiasmada de sempre no que diz respeito a fazer bolos de aniversário - e isto apesar de já ter tido algumas experiências genuinamente boas. Mas nunca tinha encontrado o príncipe encantado dos bolos e ainda não tinha sentido as minhas papilas gustativas a tocarem o paraíso, por isso com o tempo a minha audácia a fazer bolos foi esmorecendo.

Caros leitores, isso acabou.


Quando perguntei ao meu irmão que sabores queria no bolo de aniversário ele foi categórico: coco com coco e coco, recheado com coco e com cobertura de coco. Ele queria uma explosão de coco, e eu fiz-lhe a vontade.

Procurei uma receita num dos elementos da minha tríade bibliográfica preferida, a Saveurs (já agora, os outros dois são o blog da Joana Roque e o blog da Sally). Encontrei o candidato perfeito, e pusemos os dois mãos à obra. E o resultado final não podia ter sido mais perfeito.


Este bolo fica absolutamente maravilhoso. O bolo em si fica leve e fofo, e pretendo adaptá-lo para fazer todos os bolos de aniversário daqui em diante. O recheio e cobertura são suaves e pouco doces, tal como eu gosto. E é rico em coco, tal como o meu irmão queria.

Graças a este bolo estrondoso fiz as pazes com os bolos. Mas ainda preciso de trabalhar na questão da cobertura, porque sou tão trapalhona com isto que ao debruçar-me sobre o bolo para barrar a cobertura sujei o meu pijama todo :)


No fim tudo valeu a pena. O pijama foi para lavar, a cozinha ficou arrumada, os desastres pregressos com outros bolos ficaram esquecidos. Encontrei finalmente o meu príncipe encantado dos bolos. E foi amor à primeira trinca.


Bolo de coco

Ingredientes:

Para o bolo:
* Seis ovos;
* 200g de açúcar;
* 100g de farinha.

Para o creme:
* Seis gemas de ovo;
* 150g de açúcar;
* 75g de maizena;
* 250ml de leite de coco;
* 500ml de leite;
* Uma colher de chá de essência de baunilha;
* 200g de coco ralado.

Confecção:

* Bater as claras em castelo e juntar as gemas, continuando sempre a bater;

* Acrescentar o açúcar e a farinha lentamente, sem parar de bater;

* Colocar a massa numa forma untada e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante trinta minutos;

* Para o creme bater as gemas com o açúcar durante dois minutos;

* Incorporar a maizena, batendo sempre;

* Colocar numa panela o leite de coco, o leite e a essência de baunilha e aquecer durante dez minutos;

* Verter sobre a mistura de gemas, açúcar e maizena, misturando bem;

* Retornar a mistura à panela e aquecer em lume brando, mexendo sempre até engrossar;

* Desligar o lume e deixar esfriar;

* Partir o bolo em dois com uma faca e cobrir a metade inferior com metade do creme e 50g de coco ralado;

* Cobrir com a metade superior, com o creme restante e decorar com o coco.




Tenham uma óptima Quinta-feira! :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />