13 de janeiro de 2014

Muffins de maçã Pink Lady com glacé e o início da vida profissional :)

Vai trabalhar, vagabundo!
Vai trabalhar, criatura!
Deus permite a todo mundo uma loucura.
Passa o domingo em família,
Segunda-feira beleza,
Embarca com alegria na correnteza.

Chico Buarque


O meu primo (que não é na verdade meu primo, é apenas um amigo dez anos mais velho com quem partilho o mesmo apelido) costumava dizer-me que não há melhor vida do que a vida do estudante universitário.

Quando o meu primo dizia isto eu pensava honestamente que ele estava a exagerar. Achava que ser estudante era muito bom, mas que trabalhar e ser independente financeiramente devia ser quarenta vezes melhor.

Vá, podem rir-se da minha ingenuidade.


A verdade é que nada me iria preparar para o choque que é sair de casa ainda de noite, voltar já de noite (ou de madrugada quando estou na urgência) e ainda ter de fazer exercício, ir às compras, tratar da roupa, arrumar a casa e fazer o jantar. Nada me iria preparar para a deprimência que é estar de banco no meu dia de anos e ter de cancelar o jantar que tinha previamente organizado. Nada me iria preparar para a organização minuciosa que tenho de fazer para conseguir organizar os meus assuntos.

Decididamente, crescer é uma seca.


De repente peço facturas. De repente tenho duas contas (uma minha e outra em conjunto com o Pedro) e três cartões. De repente penso no IRS e em contas poupança. De repente chego a casa cansada e sem energia. De repente tenho muito menos tempo para fazer muffins.


Resta-me esperar pelo fim-de-semana e agradecer por, apesar de tudo, ter neste momento um emprego estável. Resta-me organizar tudo o melhor que consigo e tentar não ser demasiado exigente comigo própria. Resta-me concluir que sim, não há de facto melhor vida do que a vida do estudante universitário.


E resta-me aproveitar as horas livres para fazer muffins pecaminosos e devorá-los lentamente, enquanto relaxo depois de mais um dia de trabalho.

É que acreditem, com muffins destes na barriguinha até trabalhar não parece assim tão mau :D


Muffins de maçã Pink Lady com glacé (receita adaptada do blog 'Damn Delicious')

Ingredientes (para doze muffins):

* Uma chávena de chá e meia de farinha de trigo;
* Duas colheres de chá e meia de fermento;
* Meia colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Uma colher de chá e meia de canela;
* Uma pitada de sal;
* Um ovo grande;
* Seis colheres de sopa de açúcar branco;
* 190ml de leite;
* Seis colheres de sopa de óleo vegetal;
* Uma colher de chá de extracto de baunilha;
* Duas maçãs Pink Lady descascadas e raladas;

Glacé:

* Seis colheres de sopa de açúcar em pó;
* Uma colher de chá de leite.

Confecção:

* Juntar numa tigela a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio, a canela e o sal e mexer bem;

* Noutra tigela bater bem o ovo com um garfo e juntar o açúcar branco, batendo com uma colher até ficar um creme espumoso;

* Misturar o leite, o óleo, a maçã ralada e o extracto de baunilha, batendo bem entre cada adição;

* Juntar os ingredientes líquidos com os ingredientes secos e bater lentamente e suavemente apenas até a mistura ficar ligada;

* Distribuir a massa por forminhas próprias para muffins e levar ao forno pré-aquecido a 220º durante cinco minutos;

* Sem retirar os muffins do forno, descer a temperatura para os 180º e deixar cozinhar durante quinze minutos;

* Para o glacé juntar o açúcar em pó e o leite e bater até ficar uma mistura suave;

* Se necessário, juntar mais açúcar em pó para obter uma consistência mais espessa;

* Retirar os muffins do forno, deixar arrefecer e cobrir com o glacé.

Se preferirem podem abdicar do glacé :)

Tenham uma óptima semana! :D

17 comentários:

  1. Olá,
    Pois é a vida de crescidos é mesmo assim mas tem muitas outras coisas boas, descobre-as a cada dia que passa, bjs

    ResponderEliminar
  2. Depois deste post só tenho duas coisas a dizer: Ser adulto é, de facto, uma seca e esses muffins têm um aspecto delicioso :) *

    Só mais uma: força nessa tua vida nova e agora é esperar ansiosamente pelos fins de semana e férias :P *

    ResponderEliminar
  3. mas deve ser tão bom teres os fins de semana livres, realmente livres; sem precisares de estudar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o problema é que não tenho! Ao fim-de-semana preciso de fazer tudo aquilo que deixo pendente durante a semana ;) Mas sim, sabe bem não ter de estudar :)

      Eliminar
  4. Para tudo!!! Que é isso de não teres tempo para fazer muffins?? Olha que eu já guardei um lugarzinho na estante para o teu livro! :D
    A sério, a sério: passado algum tempo, as coisas entram no ritmo e começas a conseguir ter mais tempo para as tuas coisas! Ah... e esses muffins estão mesmo apetitosos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. bem, se os teus dias tiverem direito a esses muffins.. vale bem a pena!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Pois é Joana, a vida de trabalhadora não é nada fácil, mas logo logo consegues criar uma rotina e vais conseguindo melhor manter as tuas coisas organizadas e por conseguinte arranjar tempo para fazer muffins, nem que seja aos fins de semana! ;)
    Desejo-te muita sorte para esta nova fase da tua vida!
    Beijinhos doces.

    ResponderEliminar
  7. É verdade, Joana... a tua vidinha para o resto da tua vida começou agora :-)
    E daqui a pouco vêm os filhos e vai ainda mudar mais e vais ter que te organizar mais e vais dormir menos :-)
    Este post é para mostrar à minha filha de 12 anos... tive precisamente à dois dias atrás esta conversa com ela: Aproveita a vida de estudante... não há melhor! E ela não acreditou!
    Estes muffins têm ar de ser o "must"... bons para o aniversário dela que vem aí já já!
    Beijinhos e boa sorte
    Cláudia

    ResponderEliminar
  8. Olá joana, estes muffins teem um aspecto delicioso :-) Puseram-me a salivar!
    Pois é, ser adulto, ter uma casa para cuidar, um emprego e gerir tudo isso é mt complicado... Agora junte-lhe filhos! São maravilhosos e com jeito tudo se consegue, mas que há dias em que é complicado lá isso é!
    Beijinhos e desejo-lhe uma excelente carreira profissional na medicina :-)

    ResponderEliminar
  9. Olha, eu cá não concordo contigo. É muito melhor ser adulta, independente, com um trabalho que adoro! Mas é verdade que o início pode ser um choque. Aposto que daqui a um tempo vai ser mais fácil. ;-)

    ResponderEliminar
  10. Pois é Joana, o teu primo tem toda a razão.. Ser estudante tem a sua parte má, claro, aquelas alturas de estudo intensivo e desespero e tudo mais, mas passa. Quando começas a crescer, a lidar com coisas sérias, a fazer o teu IRS, a fazer contas à vida, a trabalhar sempre, mesmo que faças anos, mesmo que estejas doente, porventura poderás n gostar assim tt do sítio onde trabalhas, dos colegas!... Enfim, ser adulto n é fácil, de todo, mas há todo um outro mundo de coisas boas que tb acabam por compensar :) beijinho e boa sorte na nova etapa de vida

    ResponderEliminar
  11. Realmente é bastante assustador a ideia de independência... Agora fizeste-me ter medo :P (banco no dia dos anos? Que horror!)
    Acho mesmo que vou aceitar o conselho e guardar esta receita para quando tiver imenso trabalho :) acho que são dos muffins mais bonitos que já fizeste, quando pões glace fica com um aspecto húmido e delicioso! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eram mesmo bons, a sério :) Estava com medo porque não sou muito boa com glacés e coberturas, mas ficaram bem :) Vá, trabalhar não é assim tão mau. Eu é que escrevi este post na semana passada e estava super deprimida na altura :P Agora já estou mais animada :)

      Eliminar
  12. Já agora, posso perguntar que tipo de exercício fazes? Lembro-me que fazias yoga mas deixaste (por causa da instrutora :P), zumba (que tenho ideia de que deixaste de fazer não sei por quê, o que se calhar é calúnia) e musculação (que deixaste por causa de não-sei-quê da válvula mitral)...

    Ps: ohh, passei pelo post outra vez para comentar, são tão bonitos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora voltei para a zumba :) Também cheguei a fazer pilates, mas a bola ocupava-me imenso espaço no quarto (andamos agora a ponderar transformar um quarto no nosso quarto do exercício, e aí talvez volte para o pilates porque gostava imenso). Mas o zumba dá mesmo jeito: ligo no pc, faço meia hora (quando tenho pouco tempo) ou uma hora (quando tenho mais tempo) e pronto :) Ainda não tenho é um horário específico, ando um bocado errática nesse aspecto. Tenho de arranjar mesmo uma hora para fazer desporto :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />