16 de dezembro de 2013

Coquinhos de laranja e vinho do Porto e as receitas secretas da minha mãe :D

Herald what your mother said,
Reading the books your father read,
Try to solve the puzzles in your own sweet time.
Some may have more cash than you,
Others take a different view...

You gotta be bad, you gotta be bold, you gotta be wiser.
You gotta be hard, you gotta be tough, you gotta be stronger.
You gotta be cool, you gotta be calm, you gotta stay together,
All I know, all I know, love will save the day.

Des'ree


Acho que já se tornou relativamente óbvio que em casa dos meus pais a cozinha é completamente monopolizada pelo meu pai - não porque a minha mãe cozinhe mal, mas sim porque o meu pai adora cozinhar e é sem sombra de dúvida o melhor cozinheiro que conheço (ok, talvez esteja empatado com a minha avó).

Talvez por causa disso, o facto é que frequentemente esquecemo-nos do quanto a minha mãe cozinha bem, principalmente se estivermos a falar de arroz branco, esparregado de grelos, sopa de cogumelos, pudim molotof, mousse de chocolate e coquinhos.


Os coquinhos fazem parte das minhas memórias de infância mais felizes: basta fechar os olhos e consigo lembrar-me perfeitamente das noites de Domingo em que comíamos pratinhos mexicanos (normalmente fajitas com tortilhas) e para sobremesa apareciam estes coquinhos maravilhosos, docinhos e húmidos.


Não sei o que aconteceu entretanto, mas há anos que a minha mãe não fazia coquinhos. E essas noites de Domingo tão doces e serenas permaneceram apenas nas minhas memórias nostálgicas, até que há algumas semanas atrás desafiei a minha mãe para me ensinar finalmente a receita.


Anos depois as minhas memórias transformaram-se no meu presente, e voltei a comer coquinhos. Infelizmente 'esqueci-me' de escrever a receita, por isso na semana seguinte a minha mãe teve de a repetir para eu a aprender decentemente (muahuahuah).

Foi horrível, tivemos de comer os coquinhos todos duas vezes. Ainda não recuperei do trauma.

Excepto que não.


Coquinhos de laranja e vinho do Porto

Ingredientes (para cerca de vinte coquinhos):

* 200g de coco ralado;
* 200g de açúcar branco;
* Três gemas de ovo;
* Um cálice de vinho do Porto;
* Raspa de uma laranja.

Confecção:

* Misturar o coco ralado, o açúcar branco e as gemas de ovo e mexer bem;

* Juntar o cálice de vinho do Porto e a raspa de laranja e envolver;

* Colocar em forminhas e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de quinze minutos, dependendo do gosto (nós gostamos deles mais húmidos).


Ficou logo decidido que estes coquinhos vão ser repetidos no fim da semana, para estarem presentes na mesa de Natal :D

Tenham uma óptima semana! :D

7 comentários:

  1. Ola!
    A minha mãe também tem uma receita parecida, mas não leva do Vinho do Porto! Estes devem muito saborosos!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Hmmmmm que aspecto maravilhoso!!!!
    Fico a imaginar o sabor então....delicia!!!
    Beijocas =)

    ResponderEliminar
  3. Adoro bolinhos de côco, são sempre tão bons!

    ResponderEliminar
  4. Não sou fã de côcos, mas de recordações de infância sim. ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Devem ficar óptimos com o toque do vinho do Porto!
    De facto o trauma deve ser grande.. também não sei se recuperava... se calhar, por causa do trauma, não anotaste bem a receita! Olha que o melhor é pedires à tua mãe para fazer de novo just in case... lol
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Que maravilhosos coquinhos, Joana! Eu adoro bolinhos de coco, e esta receita já está guardada para experimentar em breve; nunca provei com vinho do Porto, deve ser um espectáculo! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />