31 de maio de 2013

Baklava, ou como melhorar uma receita perfeita :D

Life is your restaurant,
And I'm your maitre d'!
C'mon, whisper what it is you want!
You ain't never had a friend like me!

Yes sir, we pride ourselves on service.
You're the boss, the king, the shah!
Say what you wish, it's yours, true dish!
How about a little more Baklava?

Robin Williams (Aladdin)


Eu acho que é notório que eu sou perfeccionista. E se por um lado esta particularidade da minha personalidade me faz ser por vezes demasiado exigente comigo própria, a verdade é que por outro é esta minha característica que me faz ter uma incrível vontade de continuar a lutar todos os dias para ser melhor.


No entanto, até eu reconheço que há coisas que não podem ser melhoradas, e a baklava era uma delas. Se há uma semana atrás alguém me dissesse que ia conseguir fazer uma baklava ainda melhor eu tenho a certeza que não acreditaria, e no entanto aqui estou eu hoje a dizer-vos que sim, é possível melhorar uma receita perfeita. 


Na verdade a receita é a mesma: a baklava que fiz pela primeira vez no meu jantar temático mexicano e árabe, e que desde então já repeti duas vezes (uma delas inclusivamente com queijo camembert e maçã!).  

Por outro lado, desta vez segui uma enorme quantidade de dicas que encontrei na internet e consegui obter uma baklava ainda mais espectacular, divinal, maravilhosa, saborosa, crocante... Ainda mais perfeita. 


Hoje não acredito que seja possível conseguir fazer uma baklava mais perfeita que esta. Mas estou sempre disposta a mudar de opinião, por isso todas as dicas serão sempre bem-vindas :D 

Agora com licença, que vou tentar separar o Bernardo do tabuleiro de baklava :D


Baklava

Ingredientes:

* 250g de manteiga derretida;
* 400g de nozes picadas;
* Uma colher de chá de canela em pó;
* 500g de massa filo;
* 240ml de água;
* 200g de açúcar;
* 120ml de mel;
* Uma colher de chá de essência de baunilha;
* Sumo de meio limão.

Confecção:

* Preparar a calda, fervendo a água com o açúcar;

* Quando o açúcar estiver dissolvido acrescentar o mel, a baunilha e o sumo de limão;

* Deixar cozinhar em lume baixo durante vinte minutos;

* Retirar e deixar esfriar completamente;

* Untar o fundo e as laterais de uma forma com manteiga derretida (usei uma forma com 23x19);

* Misturar as nozes com a canela e levar a tostar no forno pré-aquecido a 180º durante cerca de oito minutos;

* Abrir a massa filo e cortar do tamanho da forma;

* Cobrir a massa filo restante com uma folha de papel vegetal e com um pano húmido para não secar;

* Forrar a forma com duas folhas da massa e pulverizar a folha de cima com manteiga (não coloquem muita manteiga ou a baklava ficará demasiado húmida);

* Repetir até ter montado oito folhas;

* Por cima da última folha polvilhar com quatro colheres de sopa da mistura das nozes com a canela;

* Cobrir com mais duas folhas de filo e pulverizar a folha de cima com a manteiga;

* Polvilhar novamente com nozes e repetir este processo até acabarem as nozes (ou até só sobrarem oito folhas de massa filo);

* Montar as últimas oito folhas;

* Refrigerar a baklava durante quinze a vinte minutos;

* Cortar a massa em quadradinhos com o auxílio de uma faca afiada sem chegar ao fundo do tabuleiro;

* Levar ao forno pré-aquecido a 160º durante quarenta minutos;

* Imediatamente após da Baklava sair do forno, regá-la com a calda;

* Deixar esfriar e cortar em quadradinhos (desta vez até ao fundo do tabuleiro).

* Servir quatro a cinco horas depois (depois do molho ser absorvido).


Para pulverizar com manteiga derretida eu coloquei a manteiga num pulverizador que usávamos antigamente para regar as folhas das plantas :D É muito mais prático do que utilizar um pincel, e além disso permite usar uma quantidade de manteiga muito menor, o que torna a baklava bem mais leve :)

Espero que gostem! :D 

Tenham uma óptima Sexta-feira :D

37 comentários:

  1. Tenho de admitir que não conhecia esta receita (vergonha). Parece-me muito bem :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana,
    o Bernardo tem mesmo um gosto apurado no açúcar!
    ando tentada a fazer uma mas tenho receio que seja um desastre, já fiz uma vez e correu bem(mas foi com ajuda), e acho um doce fantástico.
    Acho que vou levar mesmo esta receita e tentar, só de pensar nas nozes já me dá vontade de entrar pelo ecrã.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Isso deve ser uma bomba calorica...mas com certeza delicioso!
    Beijinhos e um bom dia :)

    ResponderEliminar
  4. Que aspecto delicioso, fiquei com vontade de provar

    ResponderEliminar
  5. Nunca experimentei fazer Baklava, tinha a ideia que era muito dificil e que levava água de rosas, que foi coisa que nunca vi à venda! a não ser aquela para pôr na cara...
    Afinal até nem é nada do outro mundo! Vou experimentar com toda acerteza, também tenho um fraquinho muito forte por comida do médio oriente... :)

    ResponderEliminar
  6. Nunca fiz baklava apesar de adorar. A verdade é que nós comemos poucos doces (1 bolo dura cerca de semana e meia lá em casa!!!!) e portanto acabo por ir adiando a baklava. Quando tiver uma festa com gente que goste deste tipo de doces, vou usar estar tua receita :)

    ResponderEliminar
  7. Parece ser tão bom. Apetece logo provar :) Que excelente aspecto. Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Aii e eu que nunca comi baklava, o que é que eu ando a perder....
    :)

    Beijinhos e bom f-d-s!

    ResponderEliminar
  9. Não conhecia esta sobremesa :) mas estou tentada a experimentar, pois tem um aspecto divinal :)
    Concordo bastante com o que disseste inicialmente, eu própria também sou assim: sou muito exigente comigo mesma o que me leva todos os dias a lutar para melhorar. Só de olhar para as fotos tenho a certeza que nada deve ser alterado, pois tem um aspecto delicioso :) só falta é provar :p

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Bem...fiquei com água na boca! Que pedaçinhos gulosos!

    Ficaram perfeitos! :)*

    ResponderEliminar
  11. Joana, eu já tinha guardado as outras 2 receitas para experimentar... aí vão três! :D
    E se eu estivesse perto desse tabuleiro também tinhas de me separar dele... à força!
    Beijinhos, uma boa 6.ª feira!

    ResponderEliminar
  12. Joana,
    sou louca para experimentar essa massa ainda não a vi por aqui.
    Seus quadradinhos ficaram lindos e irresistíveis!

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Nunca experimentei, mas tem um aspecto delicioso!

    ResponderEliminar
  14. Tens mesmo jeito para fazer estas coisas :)
    Mas não posso olhar muito xD
    Jinhos!

    ResponderEliminar
  15. Este é um doce que ando bem curiosa para experimentar...Vou guardar a tua receita uma vez que é a melhor , segundo a tua opinião , e vou testar para depois te confirmar o veredicto!!! lol
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  16. Já cobicei este doce das outras vezes e desta vez ainda me deixou com mais vontade de experimentar...depois aviso-te :) bjts

    ResponderEliminar
  17. Está com um ar divinal! Mas essa quantidade toda de manteiga infelizmente não dá para mim... ;-)

    ResponderEliminar
  18. Nós já fizemos lá em casa, mas com massa caseira, e de facto é uma sobremesa fabulosa!!!
    Está super apetitosa :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Adorei, deve ser mesmo muito bom nunca provei...

    Beijinhos bom fim de semana

    ResponderEliminar
  20. Nunca provei tal sobremesa mas está com um aspecto divinal!

    Aih aih, tbm quero :p

    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  21. Ficou com um aspecto verdadeiramente fantástico!! Nunca me aventurei a fazer, sempre achei que ia ficar abaixo das minhas (elevadas) expectativas :)

    Beijinhos e bom fim-de-semana*

    ResponderEliminar
  22. É daquelas receitas que adorava fazer mas acho que vou ter que a comer sozinha pois os homens não vão gostar.
    O aspecto esta muito tentador,
    Bom fim de semana
    bjs

    ResponderEliminar
  23. Olá Joana, nunca fiz, nem comi, baklava! Está com óptimo aspecto, acredito que seja muito bom.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. o perfeccionismo é uma faca de dois gumes, mas gosto de acreditar que é uma qualidade... porque será? ;)

    ResponderEliminar
  25. Comi em Istanbul de pistáchio e uma outra com sabor a Cerelac. Baklava é o meu doce preferido!

    ResponderEliminar
  26. Comi uma vez e adorei!! Vou guardar a receita pois estou bastante curioso para fazer :)

    ResponderEliminar
  27. Now I am really craving baklava....yours looks scrumptious!

    ResponderEliminar
  28. Deve ser tão boa, a adivinhar por esse aspecto!
    Um encanto de sobremesa, e melhor ainda bem :) Fabuloso.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  29. Olá Joana,
    nunca fiz baklava, mas prometo que quando experimentar farei esta receita, porque pelos ingredientes e pelo que dizes sei que não vou errar de certeza e cá em casa vamos todos pedir bis :)
    Ficaram uns quadradinhos tão perfeitos que dá pena comer :)
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  30. Tenho de experimentar a baklava, toda a gente diz que é óptima!!!

    ResponderEliminar
  31. Ah, que bacana, receita deliciosa, baklavas perfeitas e o extrato da musiquinha do Alladin ilustrou muito bem, dando um toque divertido,

    Adorei!

    Sou Renata Boechat

    Prazer em conhecer seu espaço,

    Um abraço, bom domingo

    ResponderEliminar
  32. Ai Joana, que ar tãaaao delicioso, pronto, mais uma para a lista das receitas a experimentar, as nozes conquistaram-me logo :P

    beijinho*

    ResponderEliminar
  33. Nao imaginas o quanto me tento controlar para nao fazer esta receita... Assusta-me a quantidade de manteiga :-(. Estou atentar perder 2 malditos kg... Nao queria arriscar abrir excepções... Ms confesso que esta difícil... Muito!

    ResponderEliminar
  34. Foi a sobremesa do jantar grego?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />