17 de fevereiro de 2013

Pipocas de baunilha e a minha experiência no guidismo :D

Uma pipoca a estourar na panela,
E logo outra vem a conversar...
Então começa um tremendo falatório,
E mais
ninguém se consegue entender.

É um tal de poc,
E poc, e poc, e poc,
E poc, e poc, e poc,
E poc, e poc, e poc!


Quando eu tinha doze anos entrei nas guias. O conceito das guias é muito semelhante ao dos escuteiros: estávamos divididas em patrulhas, tínhamos actividades todas as semanas e fazíamos acampamentos nas férias. A única diferença é que as guias são um grupo só com meninas.

Passei cerca de três anos nas guias, durante os quais fiz amigas, diverti-me imenso e desenvolvi autonomia. Hoje já não sou guia, mas trouxe algo muito importante comigo: as músicas. As músicas que ainda canto no banho às vezes. As músicas com as quais adormecia o meu irmão quando ele era pequeno (e que ele ainda sabe de cor!). As músicas que ensinei nas praxes.

Esta foi uma delas. Não é de todo a mais representativa da beleza das músicas que aprendi nas guias, e também não será a melhor para adormecer irmãos mais novos. Mas era uma música bem divertida de cantar e de dançar nos acampamentos :D 

 
Assim sendo, hoje não vos trago propriamente uma receita, mas sim uma sugestão :) 

Ao contrário daquilo que a maioria das pessoas pensa, as pipocas são um snack bastante saudável: o milho é baixo em calorias, rico em fibras, baixo em gorduras e não tem açúcar.

No entanto, nas preparações comerciais de pipocas é frequente a adição de gorduras como a manteiga ou de açúcares como o caramelo, e julgo ser essa a razão pela qual normalmente se associa as pipocas a um doce pouco saudável - há inclusivamente estudos norte-americanos bem assustadores, que revelam que um pacote de pipocas pequeno na mais conhecida cadeia de cinemas americana tem 29g de gordura saturada, a mesma quantidade de gordura de três Big Macs! 

As pipocas caseiras, pelo contrário, podem ser um lanche bem saudável e reconfortante. Cá em casa as pipocas são feitas sem qualquer adição de gordura, e o facto é que ficam igualmente deliciosas! 


Pipocas de baunilha

Ingredientes (para duas pessoas):

* Seis colheres de sopa de milho;
* Uma colher de sopa de essência de baunilha. 

Confecção: 

* Colocar o milho e a essência de baunilha numa panela e misturar bem; 

* Tapar a panela e deixar aquecer, mexendo de vez em quando a panela fechada com alguma energia; 

* Esperar que todas as pipocas rebentem (normalmente conto até trinta e se nesse espaço de tempo não rebentar nenhuma pipoca desligo o lume). 


Podem polvilhar com açúcar, e mesmo assim as pipocas ficam mais saudáveis e menos enjoativas do que as de compra :)

As pipocas não ficam com um sabor muito forte a baunilha, mas cá em casa achamos que a essência de baunilha faz com que fiquem bem mais crocantes! No entanto, também é hábito fazermos sem nada (só juntando o milho na panela) e também resulta bastante bem :D 

E o melhor? Estas seis colheres de sopa de milho dão para uma dose bem simpática de pipocas e só têm 100 calorias! :D


Acompanhadas com uma bela caneca de chá são a companhia ideal para uma tarde de cinema bem aconchegante :D

Se tiverem curiosidade podem visitar o blog das guias de Leça (onde eu andei) aqui, ou em alternativa podem visitar o site da Associação Guias de Portugal aqui! 

Tenham uma óptima semana :D   

25 comentários:

  1. se calhar experimento para o lanche. confesso que muitas vezes me rendo À preguiça e é só pôr o pacote no micro-ondas.

    eu também cantava essa música mas era nos jantares de curso, era a música das meninas. não era bem assim, mas era parecida ;) beijinho, bom domingo

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana, bom dia :)
    Adoro pipocas, mas nunca como por pensar que são uma bomba calórica... Obrigada por desmistificares essa ideia. O chá a acompanhar dispenso, mas umas pipoquinhas a acompanhar um filme, ai isso vou fazer :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Por acaso fiz ontem há noite para assitir a uns episódios do Dead Walking exagerei e fiz demais ,mas comeram-se todas.
    Assim com baunilha nunca fiz mas hoje vou expermentar.
    Bom domingo
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Também cantei e dancei essa música nas praxes :P
    Este Natal ofereceram-me uma máquina de fazer pipocas, também são feitas só com o milho, mas não sei...achei poucos doces, faltava ali qualquer coisa.

    ResponderEliminar
  5. Adoro pipocas :) http://bolinhabolita.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Por acaso hoje estava a pensar fazer pipocas mas pensava que eram super calóricas. Agora fiquei mais contente :)

    ResponderEliminar
  7. Mhamii adoro pipocas :) e hj com esta chuva é o ideal com um filmezinho.
    Gostei da aventura das guias, acho q tb teria adorado se tivesse participado num grupo desses :)

    ResponderEliminar
  8. Adoro pipocas, e as minhas acabam por ser parecidas com as tuas, a diferença é que no fim junto um pouco de açúcar ainda no tacho para que ele caramelize.
    beijinhos e bom domingo

    ResponderEliminar
  9. Também fui guia por alguns anos (não sei bem quantos, mas passei de avezinha a aventura e acho que cheguei a caravela (nesta parte já não tenho bem a certeza). Gostei imenso das músicas, mas também dos ensinamentos que nos são incutidos nestas aventuras.
    Pipocas? sim por favor... para mim indispensáveis com um bom filme num bom domingo!!!

    ResponderEliminar
  10. Que engraçado, sempre achei que as pipocas engordassem xD
    Mas claro, as do cinemas e as que se compra já feitas - como umas muito boas do Jumbo - devem de fazer um bocadinho mal.
    Mas nada como pipocas, são tão boas :D
    Beijinho e bom Domingo*

    ResponderEliminar
  11. Adoro pipocas, e fiquei em estado de choque quando referiste o estudo americano :/ Em casa é raro comermos pipocas, esqueço-me que também se podem fazer em casa, e com esta sugestão da baunilha devem ficar óptimas hei-de experimentar :P

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  12. Eu adoro pipocas!!! As melhores são as do Pingo Doce, aquelas que vêm num saco, já prontas. Já experimentei do Lidl e agora do Continente (que também já tem), mas nada bate as do PD!
    Mas isso é só em dias de festa, hehehe! Normalmente também fazemos cá em casa. Todos gostamos, até as minis! :)

    Eu também andei nas Guias, ou melhor, ainda sou Guia, mas agora apenas Efetiva Colaboradora, desde que nasceram as minis.
    Ando lá desde bem pequenina, porque a minha mãe também era chefe das Guias (das Avezinhas) e eu ia com ela desde cedo.
    Depois também me tornei chefe das Avezinhas.
    E foi num acampamento de Guias e Escuteiros que conheci o meu marido. Por isso imagina o que as Guias significam para mim!!! :D

    ResponderEliminar
  13. Pipocas é um snack que faço algumas vezes, para ver filmes! Mas eu prefiro salgadas.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. Olá :)
    Eu fui escuteiro, dos 5 aos 17-18 anos. Foi uma experiência diferente, ainda que na minha zona não houvessem grandes actividades.
    Eu adoro pipocas, uma vez tentei fazê-las com açúcar, que caramelizou e queimou-se tudo. Desde então só faço no micro-ondas.
    Beijinhos e bom domingo*

    ResponderEliminar
  15. Olá Joana.
    Que óptima sugestão =) Pipocas com essencia de baunilha parece-me muito bem, e ainda por cima com tão poucas calorias. Sem dúvida vou experimentar para o proximo fim de semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Querida Joana,
    gosto tanto de vir aqui e aos poucos ir-te conhecendo através das tuas palavras.
    Estou um pouco pesarosa porque ainda não fiz as tuas bolachas!
    Acho que nem vou conseguir.
    Desculpa minha linda :(
    Estas pipocas e um bom filme...perfeito!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Hummmmm.....que aroma gostoso, hummmmmm!
    Joana,
    você arrasou, adorei essa sugestão, que delícia!
    Valeu, adorei!

    Beijos

    ResponderEliminar
  18. Gosto muito de pipocas, mas já há muito tempo que não faço! Gostei da sugestão da baunilha, devem ficar uma delícia! :) Quando houver sessão de cinema cá em casa hei-de fazer!

    Beijinhos e boa semana*

    ResponderEliminar
  19. Nunca fiz em casa, mas acho que vou experimentar um dia destes!

    ResponderEliminar
  20. Olá, Joana!
    Nunca experimentei fazer pipocas assim, só mesmo de micro-ondas e essas não as acho muit más... mas esta é, sem dúvida uma versão a experimentar!
    Bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  21. Eu amo pipoca! Geralmente sempre o tradicional né? As vezes coloco caldo de galinha ou um outro temperinho. Mas adorei essa sua dica. É uma nova opção, muito bom :)
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Pipocas são sempre uma excelente sugestão e música é sempre apreciada, ainda que não sejamos os melhores cantores do mundo :))!
    Beijocas,
    Lia.

    ResponderEliminar
  23. Eu fiz, ficou horrível! Não estourou nem metade do milho e sem sabor nenhum! :#

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />