16 de fevereiro de 2013

Fajitas com carne de vaca e feijão vermelho e uma lição aprendida :)

Stuck on the end of this ball and chain
And I'm on my way back down again.
Stood on a bridge, tied to the noose,
Sick to the stomach...
 
You can say what you mean,
But it won't change a thing!
I'm sick of the secrets!
 
Stood on the edge, tied to the noose.
You came along and you cut me loose...
You came along and you cut me loose.

Coldplay


Eu devo gostar de sofrer. É essa a única explicação para o facto de continuar a insistir em doar sangue. 

Supostamente sou a candidata ideal para a doação de sangue: preencho todos os requisitos, o meu tipo de sangue é raro, sou dadora universal (o que significa que toda a gente pode receber o meu sangue, independentemente do seu grupo sanguíneo) e as agulhas não me fazem qualquer confusão. Todo o processo de doar sangue não me custa nada: não tenho medo de agulhas, não sou mariquinhas com dores e nunca me sinto mal imediatamente depois. 

O problema é quando chego a casa. Da primeira vez desmaiei no supermercado e da segunda vez quase desmaiei a fazer o jantar. E que fiz eu? Fui doar sangue novamente.

Eu devo gostar de sofrer. 


Gostava muito de dizer que desta vez correu tudo bem, mas não seria verdade. Já em casa, voltei a cair redonda no chão. Não me magoei, mas mais uma vez o Pedro apanhou um susto enorme, e proibiu-me de doar sangue nos próximos tempos.

E assim passei grande parte da semana: sem grandes aventuras culinárias, sem grande actividade e sem grande energia. 


Numa tentativa de melhorar isso, ontem o Pedro sugeriu fazermos as nossas fajitas mexicanas com carne de vaca, uma vez que esta carne é rica em vitamina B6, vitamina B12 e ferro. Esta não é uma carne habitual cá em casa porque não somos particularmente apreciadores, mas há algum tempo encontrei uma promoção e acabei por trazer.

Sinto-me na mesma, mas foi uma boa tentativa :) 


Fajitas com carne de vaca e feijão vermelho

Ingredientes (para cinco tortilhas):

* 250g de carne de vaca para estufar;
* Um pimento vermelho cortado em tiras finas;
* Uma cebola picada;
* Três dentes de alho picados;
* Um fio de azeite;
* Quatro colheres de sopa de molho de tomate;
* Uma lata pequena de feijão vermelho já cozido;
* Meia colher de chá de cominhos; 
* Meia colher de chá de coentros;
* Uma colher de chá de pimentão-doce;
* Uma colher de chá de paprika;
* Uma colher de chá de piri-piri (ou menos, dependendo do gosto);
* Uma pitada de sal;
* Cinco tortilhas de trigo.

Confecção: 

* Refogar a cebola, o alho e o pimento num fio de azeite e juntar a carne; 

* Deixar refogar e juntar o molho de tomate, os cominhos, os coentros, o pimentão-doce, a paprika, o piri-piri e o sal;

* Acrescentar o feijão vermelho, depois de descartar o líquido;

* Deixar cozinhar durante cerca de meia hora, acrescentando mais molho de tomate ou água se for necessário;

* Aquecer as tortilhas no micro-ondas ou no forno seguindo as instruções da embalagem;

* Rechear as tortilhas e servir
 

Nunca tinha feito fajitas com vaca, mas ficaram bastante boas, embora continue a preferir fajitas com frango :D 

Tenham um óptimo fim-de-semana! :D

22 comentários:

  1. Eu sou um bocadinho assim também...depois de doar sangue tenho sempre que levar uma "pica" para fazer subir a PA e ficar lá deitada um par de horas, e mesmo assim continuo a doar...deve ser masoquismo :)
    Essas fajitas deram-me água na boca :)
    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Ai ai Joana, tens de cuidar de ti.
    Um beijinho e as melhoras =)

    ResponderEliminar
  3. Eu gostava de dar sangue, mas não posso infelizmente, é algo que me deixa triste! :( Portanto não sei como é estar na tua situação! Por não pesar 50 kg, imagina se desse sangue mesmo assim :/ Iria precisar do meu sangue de novo! ;)
    Mas realmente, não podes dar sangue tão cedo!

    Mas eu ficaria bem melhor, com essas fajitas! :)
    Que maravilha*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marlene!

      Pois, eu acho que o meu problema também pode ser pelo facto do meu peso não estar assim tão acima dos 50 quilos, o que aliado à tensão baixa que costumo ter faz com que me sinta mal depois de doar sangue :( Normalmente espero quatro meses entre cada doação, talvez se esperar seis me sinta melhor :(

      Beijinhos e bom Domingo! :)

      Eliminar
  4. Don´t ever be sorry to do right! Se és, saudável, não tens medo de agulhas e ainda por cima tens um tipo raro de sangue, deves continuar a dar.. mas sempre respeitando os intervalos recomendados e cuidando-te imediatamente após a doação, para prevenir... Isso já passa, vais ver :) As fajitas podem não te ter feito bem, mas estão lindas! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oi Joana, deliciosa sua receita.Mas não acho que seja mazoquista, acho que doa pelo sentimento de estar ajudando quem precisa.Mas se continuar doando e passando mal desta forma, logo terá que fazer transfusão de sangue, rsrs.Fica doando mais do que pode e seu corpo suporta.Da próxima vez, que espero que demore, peça para retirarem menor quantia de sangue, senão terá que colocá-lo de volta, rsrs.
    Brincadeiras à parte querida, tome cuidado e procure se informar com um médico para saber se isto não te prejudicará com o tempo.Beijos querida, tenha um ótimo final de semana.

    ResponderEliminar
  6. Eu com as minhas tendências para a anemia, se desse sangue ia cair logo no chão! Mas penso que apesar do que te acontece após dares sangue, é uma atitude muito nobre :)
    As fajitas estão deliciosas^^

    ResponderEliminar
  7. És uma guerreira, mesmo assim não baixas a guarda! As melhoras Joana ;)

    ResponderEliminar
  8. Mesmo sabendo que depois irás sofrer lá vais tu doar sangue. É uma atitude muito bonita!! Espero que já te sintas melhor!
    Bom fim de semana! Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Eu também costumo ficar "abananada" quando vou dar sangue por causa da minha tendência à hipotensão, tanto que agora até dou sangue às escondidas da minha mãe :)

    Adoro fajitas e geralmente até faço com carne de peru! Estas ficaram com um aspecto fantástico!

    Beijinhos e bom fim-de-semana*

    ResponderEliminar
  10. Joana, és uma valente!!
    Eu com os animais faço tudo, vejo sangue, faço cirurgias, nada me incomoda. Mas já comigo não posso ver uma agulha que fico logo em pânico... sou uma mariquinhas! E tenho pouco peso para dar sangue.
    Olha, as fajitas é que te têm de animar, estão com tão bom ar!
    As melhoras e agora toca a comer bem e coisas boas :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Joana... cuidado miga pois podes estar com algum tipo de anemia. Se fosse a ti via isso :/

    Quanto à receita... Otima sugestão :P
    Gosto muito de fazer esse tipo de receitas aos fins de semana... dá mais tempo para descansar ;D
    Bjks

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Romy! :)

      Na verdade antes de doares sangue eles fazem uma análise rápida para verificar se não tens anemia, e eu não tenho anemia ;) O meu problema é mesmo que tenho a tensão arterial baixinha, e isso nota-se particularmente depois de doar sangue :(

      Beijinhos e bom Domingo :)

      Eliminar
  12. Não me acredito que tenhas aprendido a lição... daqui a nada estás novamente a doar sangue :)
    As fajitas têm mesmo muito bom aspeto. Beijo

    ResponderEliminar
  13. Desta vez não vou dizer que temos algo em comum, isto porque sou uma medricas no que toca a agulhas, ou melhor, tudo o que diz respeito a hospitais deixa-me um pouco (muito) ansiosa :P
    Adoro comida mexicana, e estas fajitas ficaram super apetitosas :)
    Espero que fiques cheia de energia rápidamente :)

    beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  14. Bela sugestão!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. o sentido de ajudar por vezes fala mais alto!!, mas por muita vontade que tenhas em ajudar e mesmo que o teu tipo de sangue seja o mais "procurado" por ser universal convém respeitares os tempos entre as doações! mas é um gesto muito sentido e muito bonito de tua parte!!

    quanto as fajitas ca por casa tb fazemos e sabe tão bem :) e essas tuas estão fantasticas!!

    bj"
    smsn.artes

    ResponderEliminar
  16. Uma atitude muito nobre e bonita, eu por vários motivos não preencho os requisitos, mas se pudesse dava com toda a certeza.
    Quanto a esta fajita?.. Deliciosa humm

    beijnho e bom domingo!

    ResponderEliminar
  17. É um mal que vem por bem, pois é um acto muito importante :)

    Essa "fajita" ficou com um excelente aspecto, perfeita para recuperar as forças :)

    ResponderEliminar
  18. Eu gosto deste tipo de pratos que é só "pôr" numa tortilla e comer! Dá logo outro aspecto, mas que não seja nada de especial. Não como muita carne de vaca, se calhar devia...
    Tens de reforçar a alimentação no dia antes de doares sangue, a ver se resulta!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Olá Joana,
    Eu também sou doadora de sangue e sempre que dou, o que já não faço desde que para aqui vim, desmaio sempre, mas como tenho tendência para tensão baixa, o dar sangue não ajuda muito...
    Ficaram óptimas estas tuas fajitas!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />