26 de fevereiro de 2013

Hambúrguer de soja e uma despedida.

Neste infinito fim que nos alcançou...
Guardo uma lágrima vinda do fundo,
Guardo um sorriso virado para o mundo,
Guardo um sonho que nunca chegou.

Toranja

 
Há alguns meses que uma das minhas refeições diárias é vegetariana, e não é difícil perceber que dependo bastante da soja para isso: muitas das minhas refeições são à base de vegetais e de leguminosas como o feijão ou o grão, mas a soja tem um papel muito importante como fonte de proteínas. 

A (muito) longo prazo o meu plano era tornar-me vegetariana, embora por vezes ainda tenha algumas reservas em relação a isso: sinceramente penso que nunca me tornaria completamente vegetariana porque não gosto da sensação de não poder comer um determinado alimento quando até gosto dele (neste caso, a carne). 

Assim sendo, este sistema de fazer uma refeição vegetariana por dia estava a funcionar lindamente: assim diminuía a minha pegada ecológica, salvava algumas vaquinhas e podia comer algo que aprecio na mesma.  


Mas agora o caso complicou-se: há uma semana descobri que sou intolerante à soja. 

Na verdade eu já desconfiava disso, mas como gosto tanto de soja estava completamente em negação. Ignorei as cólicas e todos os outros sintomas gastrointestinais aborrecidos. Ignorei o meu bom senso, que me dizia que nitidamente algo não estava bem. Ignorei tudo o que li sobre o assunto. 

Agora já não posso ignorar mais: sou intolerante à soja. 


Este é possivelmente um adeus para sempre, e como todas as despedidas é algo que me enche de tristeza. 

Adeus hambúrgueres de soja, adeus empadas de soja. Adeus batidos de leite de soja do papá. Adeus soja. Tivemos uma relação muito feliz.


Hambúrgueres de soja 

Ingredientes (para duas pessoas):

* 50g de soja granulada;
* Uma colher de chá de pimentão-doce;
* Uma colher de chá de paprika; 
* Uma colher de chá de mistura de especiarias italianas;
* Uma pitada de sal;
* Uma pitada de piri-piri;
* Salsa picada (usei congelada);
* Um ovo;
* 50g de pão ralado. 

Confecção: 

* Marinar a soja em água durante uma a duas horas; 

* Retirar a soja e misturar com o ovo, a salsa picada, o pimentão-doce, a paprika, as especiarias italianas, o piri-piri e o sal;

* Triturar bem com a varinha mágica; 

* Misturar com o pão ralado e envolver bem com as mãos;

* Formar dois hambúrgueres e grelhar com um fio de azeite numa frigideira anti-aderente. 


Volto logo com o sorteio do desafio das bolachas com pepitas de chocolate! :D 

25 comentários:

  1. :/ tiveste mesmo azar, ainda por cima tu que gostas tanto. Eu não desgosto...mas também não experimentei assim tanta coisa com soja para poder dizer adeus à carne (acho que isto nunca vai acontecer, nem nos cenários mirabolantes lol).

    ResponderEliminar
  2. Oh! Coitada! :-( Deixa lá, a gente habitua-se... bem vinda ao reino dos intolerantes...

    ResponderEliminar
  3. Oh que chatice!! E ainda por cima tu aprecias tanto! :( Vais ter que encontrar um alternativa à altura!
    Adeus hambúrgueres de soja com tão bom aspecto!!
    Se te consola saber aquele presunto da Floresta Negra é muito bom! No Verão passado estive lá, provei e gostei imenso. Tenho comprado aquele no Continente e é muito bom :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Eu nem gosto nem desgosto de soja, a verdade é que também não a devo consumir, pois tenho problemas de tiróide e a soja é conhecida por fazer muito mal à tiróide... Mas compreendo o teu desgosto, à tempos também andei com esses sintomas, andei muito mal mesmo e disseram-me que provavelmente seria intolerante à lactose, ora a mim quem me tira o leite tira-me tudo, eu adoro leite, sou capaz de beber um litro por dia, sem exagero!!! Felizmente um tempo depois de me terem feito o diagnóstico e isto porque apesar de eu ter deixado de consumir produtos com lactose, os sintomas continuavam, lá descobri que afinal era um medicamento que eu tomava à vários anos que me andava a fazer mal, mal deixei de o tomar fiquei boa, felizmente! Enfim, a vida é assim mesmo, temos de nos ir adaptando ás mudanças que vão surgindo! Como se costuma dizer, "morrer há-de ser pior e há quem se mate!" ;)
    Gostei do aspeto desse hambúrguer! ;)
    Beijinhos doces.

    ResponderEliminar
  5. Olá Joana =)
    Eu também não posso comer soja, no meu caso não tenho reacções ao nível gastrointestinal, mas na pele. Cada vez que abuso no consumo de soja fico cheia de manchas escuras na pele (parece que me andaram a bater).
    Por isso optei para comer muito de vez em quando. Ainda este fim de semana comi uma sobremesa de soja muito boa.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Oh que chatice :( Eu em tempos também andei a fazer exames pois pensavam que podia ser intolerante à lactose, andava tão desanimada, porque eu gosto imenso de lacticinios e seus derivados, mas as suspeitas não se confirmaram. Mas no teu caso confirmou-se, estares privada de algo que gostas (soja) é uma chatice, espero que em breve encontres outros ingredientes que te satisfaçam e possam substituir em parte a soja :)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  7. É muito mau sermos intolerantes a um alimento que tanto gostamos :(
    Tem um bom dia Joana! Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Oh :(
    Bem, ao menos foi bom enquanto durou!

    ResponderEliminar
  9. é triste... é mesmo chato sermos intolerantes a alguma coisa... Percebo isso... não posso beber leite, que também não fico nada bem!! MAs pronto... ******** beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Que chatice.
    Experimenta o tofu ou seitan que tb são muito bons :)

    ResponderEliminar
  11. Joana estou estupefacta! Como é que alguém é intolerante à soja??.? A minha bebe de 3 anos so pode consumir produtos à base de soja, ja que é intolerante à vaca! Nem quero imaginar o que acontece se passar a ser intolerante à soja... Que chance! Seja como for, ha inúmeros pratos vegetarianos em que nao ha soja ao barulho... Tambem faço uma vez por semana um rato sem carne e se peixe... E como nao gosto de soja... Arranjei inúmeras alternativas! Nao fiques triste! Que. Sabe a intolerância passe... Pode acontecer...pode ser temporária!

    ResponderEliminar
  12. Não desanimes Joana, hás-de descobrir outra forma de compensar isso. Eu tenho algumas alergias, mas felizmente ao que eu sou alérgica ainda não me deu vontade de comer(cães e gatos):). bjs e cá te espero para o grande resultado. carla

    ResponderEliminar
  13. Oh, mas e nem podes matar saudades de vez em quando, com pequenas quantidades? Isso é mesmo chato... Eu vejo o que a minha irmã passa com as alergias ao peixe e ela que praticamente só comia peixe, por opção, mas era a comida preferida dela. Agora só muito raramente come.

    Mas eu aposto que tu vais arranjar já um substituto para a soja.

    beijo e bom dia

    ah e bom estudo para o teu exame da especialidade :)

    ResponderEliminar
  14. Olá Joana,
    eu tbm tenho intolerância a soja mas de vez em quando
    me arrisco e como alguma receita, rsrs.
    Seu hambúrguer ficou bom demais, a cor linda e apetitosa!

    Beijão

    ResponderEliminar
  15. Olá :D
    Eu, excepto os brotes de soja, nunca comi soja propriamente dita. Que eu saiba, não sou alérgico nem intolerante a nenhum alimento. Tenho pena que sejas intolerante a uma coisa que gostas tanto :/
    Vais encontrar outras receitas vegetarianas igualmente boas :D
    Os hambúrgueres têm um óptimo aspecto :D
    Beijinhos e bom dia*

    ResponderEliminar
  16. Gostei muito da tua receita de hambúrgueres de soja.
    devem ser muito bons!

    ResponderEliminar
  17. Olá, Joana!
    Que pena a tua intolerância à soja...
    Esta foi uma boa despedida!...
    Bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  18. Que pena teres que deixar de comer uma coisa que tanto gostas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. É muito chato :-( Mas de certeza que vais encontrar muitas outras opções, entre seitan, leguminosas e afins. Vale a imaginação :-) Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Olá Joana! Já há muito q não comentava, mas tenho seguido o teu blog. Também eu estou no caminho da mudança. Como pouco peixe e quase nada de carne. Mas também como pouca soja, pois ela não é fundamental para ser vegetariano. É até um erro fácil substituir a carne por soja e ficar intoxicado com este produto ( tudo o q é em excesso faz mal para o nosso organismo). Tenho aprendido muito com o blog papacapimveg não sei se conheces. Beijinhos e bom estudo! Manuela

    ResponderEliminar
  21. É complicado descobrir que somos intolerantes a algum alimento, sobretudo se gostarmos mesmo dele... Hás-de encontrar outras opções, que tens imaginação para isso!
    Eu também acho que seria incapaz de ser vegetariana, apenas porque não me dou bem com restrições, mas muitas das minhas refeições acabam por ser vegetarianas por opção.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Joana, que pena...
    Deve ser complicado descobrirmos que somos intolerantes a um tipo de alimento. E logo um que gostas tanto!
    Eu também tento fazer o máximo de refeições vegetarianas durante a semana, mas nunca vou conseguir deixar o peixinho, os ovos e o queijo.
    Mas gosto de as fazer, sabem-me bem e sinto que contribuo para o bem estar animal e ambiental.
    Adorei os teus hamburgers, têm um óptimo aspecto! beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. pois, tens de saber ouvir o teu corpo Dra. Joana :) eu também acho que não era capaz de me tornar vegetariana, adoro um bom peixinho grelhado e também gosto muito de carne. o truque é o equilíbrio, não as restrições :)

    ResponderEliminar
  24. Obrigada pela partilha, Joanita!! E quanto à intolerância à soja, pensa em quantos novos ingredientes e paladares podes descobrir ao abdicar da soja! Basta que continues nas tuas aventuras gastronómicas e uses a tua despedida da soja como combustível para possíveis descobertas!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Bom dia Joana,

    Não sabia que se podia ser intolerante à soja, pela descrição penso que a minha mãe também deve ser. obrigada por partilhares assim posso alertar a minha mãe

    O lado positivo é que há mais alternativas


    Até breve
    beijocas
    Paula

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />