11 de fevereiro de 2013

Empadas de soja, ou a vingança serve-se bem quentinha :)

But if you dig on vegan food,
Well come over to my work,
I'll have them cook you something that you'll really love.

Cause I like you,
Yeah, I like you,
And I'm feeling so bohemian like you,
Yeah, I like you,
Yeah, I like you,
And I feel wohoo, wooo!


The Dandy Warhols


Quando eu era adolescente a minha mãe dizia que eu vivia apaixonada pelo amor. Na altura eu achava que isso não fazia qualquer sentido, mas hoje sei que ela tinha toda a razão (o que lhe vai dar um imenso sentimento de satisfação, porque ela lê o meu blog e adora estar certa). 

Tal como a maioria das adolescentes, eu queria apaixonar-me. Queria amar perdidamente, como nos poemas de Florbela Espanca que eu devorava. Queria encontrar o meu príncipe encantado e ficar com ele para sempre.

Julgo que esse desejo tão intenso de amar fez com que actualmente me sinta incrivelmente agradecida pela sorte que tenho, e que dê tudo de mim. Esforço-me ao máximo para ser boa namorada, boa companheira e boa amiga. Apoio o Pedro, ajudo-o, trato dele e não tenho problemas em fazer cedências. 


Mas também não sou nenhuma santa, e há limites. Se ontem comemos enchidos, um prato que o Pedro adora e eu nem por isso, hoje comemos soja, um prato que eu adoro e o Pedro nem por isso.

A vingança é um prato que se serve frio, mas estas empadas foram servidas bem quentinhas. E estavam tão magníficas que até o Pedro se rendeu a elas, com um relutante 'não estão más, vá!' :D   



Empadas de soja

Ingredientes (para quatro empadas):

* 50g de granulado de soja;
* Quatro quadradinhos de massa folhada;
* Duas colheres de sopa de molho de tomate;
* Uma colher de chá de manjericão;
* Uma colher de chá de orégãos;
* Uma colher de chá de mistura de especiarias italiana;
* Uma pitada de sal;
* Meia cebola picada;
* Salsa picada q.b.;
* Dois dentes de alho picados;
* Um fio de azeite;
* Uma gema.

Confecção: 

* Marinar o granulado de soja em água durante uma a duas horas;

* Refogar a cebola, a salsa e o alho num fio de azeite e juntar a soja; 

* Acrescentar o molho de tomate e temperar com o manjericão, os orégãos, a mistura de especiarias italiana e o sal;

* Deixar cozinhar;

* Transferir para a picadora e picar bem até a mistura ficar bem desfeita, quase como uma papa;

* Colocar a massa folhada em forminhas para muffins e rechear com a soja; 

* Fechar a massa folhada e pincelar com a gema; 

* Levar ao forno pré-aquecido a 200º durante quinze a vinte minutos.
 

Infelizmente não há fotos do interior das empadas porque levei-as para o hospital para o almoço, mas pessoalmente eu achei que estas empadas ficaram deliciosas. Eram uma explosão de sabor a cada dentada, e julgo sinceramente que este foi o prato vegetariano mais apetitoso que já comi :D É certamente um prato a repetir :D 

Tenham uma óptima semana! :D 

26 comentários:

  1. Que empadas tão fofinhas!! Devem ser muito boas!
    As cedências são muito importantes e até na cozinha :) Assim, conciliam-se todos os gostos!

    Beijinhos e boa semana*

    ResponderEliminar
  2. Tem de ser mesmo assim, num dia cedemos nós, no outro cedem eles.
    As empadas... que excelente aspeto e ainda que eu não seja fã de soja, confesso que fiquei tentada :)

    ResponderEliminar
  3. Como eu te compreendo, revivi a minha adolescencia na tua descrição e agora também estou grata pelo meu marido, porque é o realizar da visão idílica de amor que sempre tive:)
    Mas falando das tuas empadas, adoro empadas e essas ficaram a chamar por mim, nunca experimentei com soja, mas despertaste-me a vontade :)Ficaram lindas.

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  4. Só uma questão: a soja que usaste foi a granulada mais grossa ou a mais fina? :$

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Kelinha!

      Eu usei a mais grossa, mas como fiquei bem tudo na picadora vai dar ao mesmo, também podes usar da mais fina :)

      Beijinhos e tem um bom dia! :D

      Eliminar
  5. Lindas estas empadas. Apetece comer já uma.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Eu também gosto muito deste tipo de empadas... e com soja, que não perde em nada para a carne!
    beijinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  7. E amar, amar perdidamente ... :) Amar muito ! Também era assim... Aliás , ainda hoje sou ... :)

    As empadas ficaram lindas!!!
    Beijinho doce e boa semana !

    ResponderEliminar
  8. Vou levar uma comigo, e levo a receita!
    A soja que usas é grande? Eu compro a mais pequenina, e demolho cerca de 30 min. Achas pouco?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Raquel!

      Eu compro da grande porque acho mais prático, quando quero usar pequena é só picar a grande na picadora ;) Costumo demolhar no mínimo durante uma hora, mas julgo que a pequena necessita de menos tempo ;)

      Beijinhos e tem um bom dia :D

      Eliminar
  9. Tu tens mesmo mesmo mesmo jeito para a cozinha!!!!

    ResponderEliminar
  10. Um prato que se serve deliciosamente frio pelos vistos :)
    Tenho andado tentada a fazer empadas. Já tenho um pacote de massa folhada no congelador e olha para mim cada vez que o abro.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Olá Joana, adorei ler-te..., parece que somos um pouco parecidas, e mais, também "devorei" livros da Florbela Espanca, sabia alguns poemas de cor... que fixação a minha:)
    O aspecto está fantástico, faço algumas vezes empadas, porém, nunca experimentei fazer com soja, boa sugestão!
    Um beijinho e obrigada pela companhia :)

    ResponderEliminar
  12. Joana minha querida,
    eu adoro ler os seus relatos, adoro suas postagens!
    Suas empadas ficaram lindas feliz de que as saboreou!

    Beijinhos, ótima semana!

    ResponderEliminar
  13. Olá Joana, parece-me mais que justo, além de que as tuas empadas estão com um aspecto maravilhoso! Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Olá parece-me uma receita interessante para experimentar soja. Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Joana temos tanto em comum... Tambem eu lia florbela espanca... Tambem eu desejava muito ter alguém que me amasse e pudesse amar... Adorei estas empadinhas!

    ResponderEliminar
  16. "Não estão más, vá" ihih :) Isso é a maneira de dizer que estão boas sem dar o braço a torcer.
    Eu sempre achei aquela coisa de Florbela Espanca com o irmão muito dúbia... me not like. :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Yeah!! Valeu mil vezes a visita! Além de ter gostado da receita, saí a cantarolar uma música que não ouço à séculos :)))
    Beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  18. Hihihi....vinaganças destas sabem bem! Não te queres vingar de mim Joana? :p
    *****
    (tenho estado ausente do meu espaço mas continuo a ver cuscar-te)

    ResponderEliminar
  19. Vi estas empadas no teu top 10 e tive de vir espreitar, têm tão bom aspecto!! Adoro empadinhas! :)

    Também costumo fazer mas gosto de trocar a soja por lentilhas (de preferência verdes!), é uma boa dica para ti por causa da intolerância! ;)

    Beijinhoos*

    Ah e btw.....adoooooro Florbela Espanca!! No 12º era completamente obcecada pela sua vida e pela obra! Tenho cá em casa um livro de sonetos dela e de vez em quando abro ao acaso para ver o que me calha nesse dia! :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />