6 de fevereiro de 2013

Empadão de peru e cenoura e as etapas da vida :)

A vida é feita de etapas. 

Quando eu e o Pedro começámos a namorar a nossa ideia de um jantar romântico era ir ao McDonalds. Uns meses depois o conceito de jantar romântico passou a envolver fazermos o nosso próprio jantar, que normalmente consistia em grelhar bifes ou hambúrgueres. Com o tempo os nossos jantares românticos evoluíram, e começaram a envolver fazermos uma tarte para a sobremesa.

Passado algum tempo decidimos aprender a cozinhar a sério. Comprámos um caderno onde escrevíamos algumas receitas interessantes que íamos encontrando, e os nossos jantares românticos passaram a envolver pratos como o arroz de frango, o esparguete à bolonhesa ou o empadão de carne. Na altura fazer um empadão de carne era para nós algo tão complexo que ficava reservado para dias especiais.


Hoje em dia um empadão é para nós um prato normal, e no entanto continuamos a fazê-lo para os dias mais especiais, tal como o esparguete à bolonhesa e o arroz de frango. Estes são ainda os pratos que fazemos no nosso Natal, no dia dos Namorados ou no nosso aniversário, e continuam a manter para nós exactamente o mesmo significado:

As etapas. As etapas que percorremos, as etapas que ultrapassámos, as etapas que vencemos. As etapas que fizeram de nós quem somos.  

  
Empadão de peru e cenoura

Ingredientes (para quatro pessoas):

* 300g de peito de peru picado;
* 100g de cenoura ralada;
* Duas colheres de sopa de molho de tomate;
* 200g de batata descascada;
* 200g de couve-flor (usei congelada);
* 50ml de leite; 
* Uma colher de chá de noz-moscada;
* Uma pitada de sal;
* Cebola picada (usei congelada);
* Alho picado (usei congelado);
* Salsa fresca picada;
* Manjericão, orégãos, pimentão-doce, paprika e piri-piri;
* Um fio de azeite;
* Duas gemas;
* 30g de queijo ralado. 

Confecção:

* Cozer as batatas e a couve-flor em água temperada com sal; 

* Coar a água e passar com a varinha mágica;

* Acrescentar o leite até obter a consistência desejada; 

* Juntar a noz-moscada e deixar cozinhar em lume brando;

* Refogar o alho picado e a cebola picada num fio de azeite;

* Juntar a carne picada e a cenoura ralada deixar refogar;

* Acrescentar o molho de tomate e temperar com uma pitada de sal, o pimentão-doce, a paprika, o manjericão, os orégãos e uma pitada de piri-piri;

* Deixar cozinhar durante dez minutos;

* Transferir para a picadora e picar bem até ficar uma mistura homogénea;

* Colocar num tabuleiro de ir ao forno uma camada de puré, uma camada de carne e uma nova camada de puré;

* Pincelar com as gemas e cobrir com queijo ralado;

* Levar ao forno pré-aquecido a 200º durante quinze a vinte minutos. 



Normalmente fazemos este prato para o jantar e aproveitamos para guardar a metade restante para o almoço do dia seguinte, e assim fizemos durante a semana passada :) Este é um prato que já não é feito só para as ocasiões especiais, mas que continua a ter um sabor muito especial :)

Até amanhã! :D 

Não se esqueçam de continuar a participar no meu desafio das bolachas com pepitas de chocolate! Podem ver a lista actualizada de participantes aqui :D

31 comentários:

  1. O meu pessoal infelizmente não é fã de puré de batata, já eu, adoro...gostei da tua sugestão!

    ResponderEliminar
  2. Que engraçado, ontem o nosso jantar também foi empadão, mas de carne, para aproveitar restos. Já não fazia há tanto tempo e ficou tão bom que foi devorado num instante!
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. olá, Joana!
    Sempre gostei de empadão, saboroso e reconfortante!
    Beijinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  4. Olá Joana,
    você e o Pedro estão certos de fazerem seus próprios pratos
    além de serem mais saborosos são mais saudáveis.
    Esse empadão ficou super guloso e tem gostinho de quero mais!

    Beijão

    ResponderEliminar
  5. Joana, já me ri com o teu texto! É tão engraçado ver a forma como evoluímos ao longo dos anos :)
    Adorei o teu empadão, ficou mesmo como eu gosto!!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Joana! É engraçado percebermos essa evolução! Quando comecei a viver com o S., não foi muito diferente! Adorei a tua sugestão de polvilhar o empadão com queijo! :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Gostei da vossa evolução, bastante mais apetitosa!

    ResponderEliminar
  8. Olá Joana, não sei se gosto mais dos teus pratos ou das tuas histórias:) Acho que os dois se complementam e dão uma mistura deliciosa. Este empadão deve ser uma delicia. Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Comigo foi muito parecido!! Comecei com aquelas comidas pré-cozinhadas!! :)

    ResponderEliminar
  10. Olá Joana,
    Etapas na vida, na culinária... em tantos sentidos, vamos evoluindo e alterando os nossos gostos, porém alguns permanecem, como o gosto por uma empadão bem saborosO como este.
    bjS

    ResponderEliminar
  11. É realmente engraçado olhar para trás e vermos como vamos mudando, evoluindo :)
    O empadão ficou com muito bom aspecto

    ResponderEliminar
  12. Ainda bem que evoluímos, mas que há coisas que se vão mantendo :) Gosto imenso de empadão!

    ResponderEliminar
  13. Joana querida, que combinção feliz.Fiquei aqui morrendo de vontade de pegar uma fatia dessa torta.Linda e deliciosa.Beijos querida.

    ResponderEliminar
  14. Empadão é sem dúvida um dos meus pratos preferidos, mas evito comer porque gosto tanto que não sou capaz de comer só um quadradinho como esse que tens aí.
    Beijinho Joana =)

    ResponderEliminar
  15. Adorei a ideia da batata e da couve flor. Eu faço o meu empadão com puré de batata "normal" e fica demasiado calórico. Esta é uma boa ideia para reduzir calorias - vou experimentar!
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Eu adoro empadão e quando faço também faço para 2 refeições. Por acaso nunca experimentei substituir metade da batata por couve flor. A minha filha é bastante esquisita e às tantas nota um sabor diferente e não come... E empadão de atum? Faço o puré, um refogado com atum, tomate, picles e azeitonas e ponho na travessa: puré - atum - ovo cozido às rodelas - puré e vai ao forno. Fica mesmo bom! Beijo

    ResponderEliminar
  17. Olá Joana!
    Por acaso ainda ontem à noite estava a pensar em etapas também... É muito bom sentir a nossa evolução, torna-nos melhores e dá-nos alento para continuar :) Gosto muito de empadão e faço algumas vezes lá em casa, mas por acaso nunca usei couve flor, mas já anotei para testar!!! :D

    Já fiz as tuas bolachinhas!!! A ver se publico :P
    Beijocas ;)

    ResponderEliminar
  18. Adorei o teu empadão esta mesmo uma delicia.
    Já almoçei mas ainda comia esse empadão.
    bjs

    ResponderEliminar
  19. Olá Joana,
    Achei engraçada a vossa evolução e tb gosto muito de empadão.
    Kiss, Susy

    http://tertuliadasusy.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/tertuliadasusy

    ResponderEliminar
  20. O teu empadão deve ter ficado uma delicia :)
    Gostei bastante. Cá em casa já faz um bom tempo que não faço, agora fiquei com vontade de experimentar a tua receita :D

    Bjks

    ResponderEliminar
  21. Joana,

    Tens um selinho lá no meu canto.

    Beijinhos, Sweet

    ResponderEliminar
  22. È tão bom podermos ver a evolução que vamos tendo ao longo do nosso namoro! Eu própria confirmo a tua teoria. E penso que podem continuar a fazer este empadão nos vossos dias especias, pois tem muito bom aspecto. Bjs

    ResponderEliminar
  23. Que lindo e fantástico empadão!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  24. Este empadão de peru deixou-em com água na boca , que aspecto delicioso:)
    Existem certos rituais que ficam para sempre, pois a nostalgia que nos trazem é sempre boa :P

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  25. Joana, adorei o teu texto :)
    Que giro como começaram, evoluiram, aprenderam e agora o ritual do empadão, que sabe tão bem quer seja um dia de festa ou um simples dia que pede comida de conforto.
    Delicioso esse empadão, também adoro fazer e comer! :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  26. hum, que bom aspecto. Por incrível que pareça nunca fiz nenhum empadão, nem me lembro de comer um!

    ResponderEliminar
  27. Ficou tão direitinho o teu empadão! E com uma cor bonita! Os olhos também comem. ;)
    Empadão é coisa que como pouco, confesso.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  28. Sabe tão bem ler uma receita recheado de uma história tão bonita! Torna a receita ainda mais apetitosa :)

    ResponderEliminar
  29. achei engraçado especialmente o primeiro parágrafo porque eu e o R. também somos assim. antigamente ir jantar fora era ir ao mac ou à pizza hut. hoje em dia, mesmo que vamos menos vezes, optamos quase sempre por ir a um bom restaurante :) são as etapas. mas tenho a certeza de que quando tivermos a nossa casa vamos preferir os jantares românticos e caseiros :)

    ResponderEliminar
  30. Olá Joaninha !
    Gosto bastante desta tua maneira de fazer os teus post ! A receita fica com outro significado quando antes lemos uma história...
    Adorei !
    Beijinhos !

    ResponderEliminar
  31. que empadão tao direitinhoooo!! Os meus ficam todos desfeitos ehehe :) Gostei!!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />