5 de dezembro de 2012

Biscoitos de Nutella ou a cura para um desgosto de amor :)

Eu tive o meu primeiro desgosto de amor aos quinze anos. 

Na altura apaixonei-me perdidamente por um rapaz três anos mais velho do que eu e comecámos a namorar. No entanto, três meses depois tornou-se notório que éramos demasiado diferentes: eu era uma menina inocente e ele era um daqueles rapazes mauzões que tanto atraem as meninas inocentes daquela idade. 

Quando mudei de escola ele acabou comigo. Eu sofri e chorei muito, mas também percebi que não tínhamos quase nada em comum, e três meses depois estava a namorar com o melhor amigo do meu ex-namorado (com quem acabei por namorar durante três anos, naquela que foi efectivamente a minha primeira história de amor). 

Hoje em dia toda esta história me parece muito (muito!) parvinha, mas isso não quer dizer que não tenha sofrido bastante naquela altura. 

Na semana passada o meu irmão teve o seu primeiro desgosto de amor. Decidi então passar o fim-de-semana a fazer-lhe muitos miminhos: dei-lhe muitos beijinhos, vimos juntos o 'The Midnight Meat Train' (não recomendo), preparámos todos a árvore e o presépio e fizemos bolachinhas. 

Apesar de tudo há coisas que nunca mudam. O meu irmão é um adolescente como eu era. Os desgostos de amor continuam a doer muito. E a Nutella ainda ajuda a colar os bocadinhos do coração :) 


Biscoitos de Nutella (receita adaptada do blog 'Experiências na cozinha')

Ingredientes (para doze biscoitos):

* Três colheres de sopa bem generosas de Nutella (130 g);
* Um ovo ligeiramente batido;
* Uma chávena de chá de farinha com fermento (130g); 
* Coco ralado (ou outra cobertura a gosto).

Confecção: 

* Misturar todos os ingredientes;

* Amassar bem com as mãos até obter uma massa homogénea; 

* Formar bolinhas, espalmar um pouco e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal;

* Polvilhar com coco ou com outra cobertura a gosto;

* Colocar no forno pré-aquecido a 180ºC durante doze minutos;

* Retirar e deixar arrefecer sobre uma grade.












Contrariamente ao que eu esperava estes biscoitos não ficaram demasiado doces, mas sim suaves e deliciosos :D O sabor da Nutella não ficou muito forte, o que por um lado é bom porque torna as bolachas menos enjoativas mas por outro lado é mau porque o sabor da Nutella é de facto divinal :D 

O facto é que estas bolachas acabaram por desaparecer enquanto fazíamos a árvore e o presépio :D

Até amanhã :D

34 comentários:

  1. Sabes o q costumo fazer com nutella? Sugestão para ti que adoras muffins: Faço uma receita de massa normal, encho a forminha até meio, meto uma colher de nutella e encho a forma até ao fim. Yummi :)

    ResponderEliminar
  2. O meu primeiro amor é aquele que continua ao meu lado, o pai dos meus filhos, a minha razão de viver!
    Mas os biscoitos de Nutella iam na mesma! :D

    ResponderEliminar
  3. Esta receita estou mesmo tentada a fazer só que não tenho o tal papel vegetal. Vai ter de ficar para a próxima :)

    ResponderEliminar
  4. ohhhh, males de amor...
    O primeiro rapaz por quem me apaixonei tinha o simbolo da anarquia rapada na cabeça... tb era desses mauzões... mas nunca se passou nada entre nós...
    A ultima vez que o vi estava um grande azeiteiro... por isso não importa! lol

    Nutella é muito bom mesmo...
    E as bolachas estão mesmo com bom ar!!

    Beijinhos grandes cachopita...

    ResponderEliminar
  5. O chocolate devia ser a cura para todos os males. Mais simples é impossivel. Beijo

    ResponderEliminar
  6. Identifiqui-me tanto com a tua história Joana:) e tens toda a razão se há coisa que alivia qualquer mal do coração é a Nutella:) essa receita é super fácil e deve ser óptima para tardes de frio e chuva..são aconchegantes. beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. oh mas que coisa mais apetitosa :) ele tem sorte com a mana que tem :D

    ResponderEliminar
  8. hummm...que bom!
    beijinhos,
    Addicted
    http://cookaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Essas bolachas parecem-me tão bem e são tão fáceis de fazer que acho que vou aproveitar a nutella que me sobrar de uma receita que vou fazer.

    ResponderEliminar
  10. Ah pois é, o Nutella pode ser terrivel!!! És uma irma espectacular!! bjs

    ResponderEliminar
  11. ah pois é, desgostos de amor sempre rimaram com gelado, chocolate e miminhos :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Aiiii JASUS! Que receita tu vieste dar, eu ADOOOORO nutella! Vou fazer, sem dúvida! ******

    ResponderEliminar
  13. Há pouca coisa que Nutela não cure! :)
    E fazes bem mimar o teu irmão, as pessoas têm sempre tendência a desvalorizar os desgostos adolescentes como coisas da idade... e eu acho que têm memória curta! Um desgosto de amor é sempre um desgosto de amor, e sobretudo nessa idade, em que ainda estão a construir o carácter, as coisas tomam dimensões desproporcionadas!

    Beijinhos para ti e para o teu irmão (diz-lhe aquilo que todos dizem e que uma pessoa em pleno MAIOR DESGOSTO NO MUNDO não gosta de ouvir: és muito novo, há mais mulheres/raparigas no mundo... ;) )

    ResponderEliminar
  14. eu não tenho nenhum desgosto marcante. lembro-me que de vez em quando as coisas não corriam como eu queria com os rapazitos, mas nada que me tenha marcado. mas sem dúvida que aconchegar o estômago também nos aconchega o coração. :)

    ResponderEliminar
  15. Olá :D
    Tens que dar muitos miminhos ao teu maninho, coitado. Lá está, estes males de amores estão por toda a parte, eu que o diga.
    Enfim, passando as tuas bolinhas, adorei; tão simples :D Eu não tenho nutella aqui em casa (PERIGO) mas uma amiga minha adora mesmo nutella e acho que lhe vou fazer essas bolachinhas para o Natal ahahah
    Sabem a nutella? Ou o sabor está mais superficial?
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  16. Fiquei com água na boca... vou ter de experimentar :)

    ResponderEliminar
  17. Fizeste bem em mimar o teu mano e escolhes-te umas bolachas maravilhosas, gostei tanto que levo a receita.
    bjs

    ResponderEliminar
  18. Olá :)

    O meu primeiro "desgosto" de amor também foi aos 15 anos com o rapaz 3 anos mais velho, que me ensinou a gostar de poesia! :) Mas nunca chegamos a ter nada... eramos os dois muito tímidos. :)
    O teu irmão é um sortudo por ter uma irmã que lhe fez umas bolachinhas assim. Acredito que o amor com que foram feitas ajudem mesmo a colar os pedacinhos do coração dele.
    Estão apetitosas! Um dia destes ainda as faço! :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  19. Ai mulher que booom aspectooo!! Eu uma vez fiz um bolo mármore e lembrei-me de substituir o chocolate em pó por nutella. Aquilo ficou tão doce e enjoativo que sempre que vejo algo com nutella fico de pé atrás...Mas se tu aprovas então tenho de experimentar ;)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  20. Os desgostos de amor são sempre marcantes mas nada como o tempo e uns biscoitos bem deliciosos para ajudar :D
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  21. Tb quero uma irmã assim :) Feliz do teu irmão por te ter! eheh
    Bolachas de nutella, nunca tinha visto, mas realmente a nutella cura quase tudo. Às vezes o que faço é um fondue (a frio) de fruta. Pego em ananás ou o que tiver à mão, corto em pedaços e barro com nutella :)
    As bolachas ficaram mesmo com um ar delicioso!
    Um beijinho e as melhoras do coraçãozinho partido do teu mano :)

    ResponderEliminar
  22. Oh Joaninha também quero uns biscoitinhos desses =( Sem dúvida que o chocolate é um bom remédio para os desgostos de amor, o problema é que eu acho que é um bom remédio para tudo.
    Quanto às tuas palavras no meu blog, só te tenho a dizer obrigada, até me fizeste rir. E por isso mesmo ( e todos os outrso comentários maravilhosos que me fizeram) hoje vou-me "levantar" e vou enfrentar as coisas. Ah e estou à espera desse desafio maravilha.
    Beijinhos Joana

    ResponderEliminar
  23. Também ainda recordo o meu primeiro desgosto de amor...é incrível como agora fica um sorriso quando recordamos, mas na altura, dói a valer! Com uma irmã como tu, não há desgosto de amor que resistam =)...as bolachas parecem deliciosas, eu adoro nutella, não tem como falhar!

    Obrigada pelas tuas palavras :)!

    beijinho*

    ResponderEliminar
  24. Vida de adolescente é complicada :)
    Mas o que vale aos "putos" (como eu chamo ao meu) é ter uma irmã mais velha e querida :)
    Certamente o desgosto melhorou com essas bolachas magníficas :)
    Também fiz umas de nutella e achei o mesmo, não ficavam demasiado doces e quase não se nota o sabor!
    Mas as tuas estão com um ar fantástico :) A experimentar!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Que ricas esas galletas, me han gustado muchisimo, besos
    Sofía
    milideasmilproyectos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  26. Olá Joana,
    As bolachas ficaram lindas e de Nutella devem ter ficado super boas :)
    E sempre ajudaram o teu irmão no desgosto amoroso :/

    Bons cozinhados! *
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Que óptima receita! Chocolate cura tudo :p

    Ainda não tinha visto o header, adorei!
    beijinho

    ResponderEliminar
  28. Gostei mesmo mto desses biscoitos, e são tão simples... acho que é desta k faço biscoitos :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Olá Joana,

    A história repete-se :)

    Passei por uma história semelhante ...

    Boa receita ;)

    bjs e om fim de semana
    Paula

    ResponderEliminar
  30. Olá Joana!

    Fiz ontem estas bolachas e ficaram MARAVILHOSAS! Como é possível algo tão fácil de fazer ser tão bom? Estão escolhidas as bolachinhas que vou oferecer no Natal ;)

    Beijinhos
    Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário simpático Filipa, ainda bem que gostaste das bolachas :D

      Beijinhos! :D

      Eliminar
  31. Parece super fácil de fazer, vai ser das primeiras coisas a concretizar da lista :D *

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />