31 de julho de 2012

Um dia vou aprender a andar de bicicleta. Ontem foi o dia.

Ontem acabei por não fazer as panquecas, uma vez que a massa das panquecas que estava no frigorífico ficou demasiado dura :) No entanto, o meu irmão pediu-me encarecidamente que repetisse a receita de scones que fiz na Quinta-feira passada, e eu acabei por ceder à vontade dele :) 

Mudei um pouquinho a receita que tinha experimentado na Quinta-feira, e juntei mais aveia e mais fermento :) 

Scones de aveia e coco

Ingredientes (desta vez a receita rendeu nove scones):

* 100g de farinha de trigo;
* 150g de farinha de aveia integral (triturei os flocos de aveia no processador);
* Uma pitada de sal;
* Duas colheres de chá bem cheias de fermento em pó;
* 150ml de buttermilk (que já vos mostrei como se faz aqui);
* Um ovo;
* Uma colher de sopa de açúcar;
* Uma colher de sopa de coco ralado.

Confecção:

* Pré-aquecer o forno a 200º;

* Numa tigela misturar as farinhas com o sal, o fermento, o açúcar e o coco; 

* Abrir uma cavidade no meio da mistura e juntar o buttermilk e o ovo;

* Mexer com uma colher de pau até os ingredientes estarem ligados;

* Fazer montinhos com a ajuda de uma colher e colocar num tabuleiro do forno polvilhado com farinha;

* Deixar cozinhar durante 15 a 20 minutos (depende do forno).

 
Ficaram baixinhos :)












Ficaram tão bons :D O conceito dos scones implica bolinhos que não são à partida doces, e que são posteriormente acompanhados com manteiga, com doce ou com compota :) Como os scones não cresceram muito comi dois: um simples e outro com compota de pêssego sem açúcar. Ficaram verdadeiramente maravilhosos :D 

Depois do pequeno-almoço ainda vimos um bocadinho dos Jogos Olímpicos e depois fizemos uma caminhada até casa da minha avó :) Antes do almoço ainda estivemos um bocadinho a brincar com o Bob, e eu lembrei-me de vos mostrar algumas fotos dele :D 

Apresento-vos o Bob :D
O meu irmão sempre adorou cães, e há dois anos decidimos oferecer-lhe um cão no aniversário dele. Com a quantidade de cães abandonados que há actualmente não nos fazia qualquer sentido comprarmos um cão, e andámos duas semanas e percorrer os canis da zona :) 

Fui eu que vi o Bob pela primeira vez. Na altura o Bob estava afastado dos outros animais porque era sempre mordido, e tinha um olhar tão triste que era impossível ficar indiferente. Quando trouxemos o Bob para casa ele vinha cheio de cicatrizes, tinha imensas zonas sem pêlo e estava sempre com um olhar desanimado. 

Notava-se perfeitamente que o Bob foi abandonado. Era um cão já treinado a ir à rua e a comer comida da nossa, e por causa disso nunca se habituou a comer ração. Como nós vivemos num apartamento a minha avó ofereceu-se para ficar com o Bob em casa dela :) 

A minha avó tem um quintal onde o Bob pode jogar futebol :D
Com a minha bolinha do Space Jam, que o Bob adora :D Quão bom era o Space Jam? :D
A minha avó adora-o, fazem imensa companhia um ao outro e o Bob é extremamente mimado :) Como ele nunca se habituou a comer ração a minha avó cozinha de propósito para o Bob como se fosse para um bebé: coze carne e tira todos os ossinhos, coze peixe e tira as espinhas e faz arroz branco ou massa, tudo sempre sem temperos :)

Hoje em dia o Bob parece muito mais feliz :D O olhar triste desapareceu, e foi substituído por um olhar vivo e atento :) Apesar de todas as dificuldades que o Bob passou na sua curta vida (porque tem apenas quatro anos) a verdade é que a história do Bob teve um final feliz :) 


Por isso se estão a pensar ter um cão ou um gato aconselho-vos vivamente que visitem os canis ou gatis da vossa zona com o coração aberto. Porque tal como as pessoas também os animais merecem uma segunda oportunidade para serem muito felizes e amados :D


Bob sempre atento à minha avó :)



 
 











O Bob a receber miminhos da dona :D
 



Digam lá se ele não parece contente? :D

O almoço foi linguado grelhado com arroz de feijão e salada de alface e tomate :) Para sobremesa ainda comi uma nectarina que me soube mesmo bem :D

Depois do almoço e de mais um bocadinho de brincadeira com o Bob eu e o meu irmão voltámos para casa, e mal chegámos o meu irmão desafiou-me para irmos andar de bicicleta. 

O meu pai ensinou-me a andar de bicicleta quando eu tinha seis anos, e eu adorava. No entanto, quando tinha oito anos apanhei um susto enorme e quase fui atropelada por um carro, e fiquei com tanto medo que nunca mais quis andar de bicicleta. 

Passei oito anos sem andar de bicicleta, mas um dia fui passar o fim-de-semana a casa da T. (já vos falei da T. aqui) e ela obrigou-me a andar de bicicleta outra vez. Na altura eu simplesmente não consegui. Já não sabia andar de bicicleta. 

Desde essa altura fui fazendo várias tentativas de re-aprender a andar de bicicleta, sempre sem sucesso. Não conseguia equilibrar-me, não conseguia relaxar, não conseguia desfrutar da experiência. Simplesmente não conseguia.

Quando a Batata Mole lançou o desafio 'Eu sei o que planeaste no Verão passado' eu confesso que pensei logo em desafiar-me a mim própria a aprender novamente a andar de bicicleta. 

Ontem foi o dia. Demorei a tarde toda, dei muitos gritinhos e exigi muita paciência por parte do meu irmão, mas consegui :D 

Ontem eu aprendi pela segunda vez a andar de bicicleta, e foi tão giro :D Diverti-me imenso, e confesso que adorei a experiência :D As minhas pernas é que não acharam lá muita graça a passar toda a tarde a pedalar :)

Joana, a ciclista :D
Batata Mole, aceitas a minha participação? :D 

O jantar foi carne de vaca estufada com massa tortelloni, cogumelos e cenoura :) 



Estava tão bom que eu repeti o meu prato! Decididamente o meu pai é um artista :D

Depois do jantar comecei a pesquisar sobre Pequim :) 

Imagem retirada daqui
As nossas férias são sempre completamente planeadas por nós, e normalmente não marcamos nada com o auxílio das agências de viagens (e desta forma acabamos por fazer viagens a cerca de metade do preço da agência). Assim sendo, temos tarefas bem definidas: o meu pai trata dos voos, a minha mãe dos hotéis e eu do planeamento do local :D 

Imagem retirada daqui
Ontem comecei a planear Pequim, um dos sítios da China que vamos visitar :) Se alguém souber alguma dica sobre museus, locais interessantes ou restaurantes sintam-se à vontade :D 

Kung Fu Mode: On :D

Muito obrigada pelo vosso feedback sobre a minha viagem à Amazónia :D Em breve mostro-vos as fotos da minha viagem às Fiji, uma das minhas viagens preferidas de sempre :D 

Até amanhã! :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />