3 de dezembro de 2017

Sugestões para o Natal #5 - Float In

Durante a nossa viagem às Maurícias a Joana e o Bernardo verificaram um fenómeno curioso: eu, a que fez yoga durante anos, a usa diariamente no trabalho o papel do silêncio, a que antigamente meditava todos os dias... Era absolutamente incapaz de parar quieta.

Cinco minutos depois de encostar o lombinho na espreguiçadeira da praia começavam as perguntas: 'E se fôssemos nadar? Ou andar de baloiço? Ou dar uma volta a pé pela praia? Ou tirar umas fotos? Jogar? Procurar estrelas-do-mar? Beber um Pink Sunset?'.

De facto, não sei quando é que começou a tornar-se difícil parar. Parar, simplesmente. Pensar. Aproveitar o aborrecimento. Apreciar o nada. Mas noto que não há espaço na minha vida para isso porque há sempre qualquer coisa. Há sempre um programa. Há sempre um projecto. Há sempre uma tarefa. Há sempre coisas pendentes. Sempre.

Vai daí, decidi parar.





Já conhecia o Float In. Foi-me aconselhado pela minha professora de canto durante a gravidez, e acabei a fazer duas sessões de flutuação e uma massagem especial para grávidas (podem ler o relato da primeira vez aqui e da segunda aqui). Pelo caminho ofereci no Natal sessões de flutuação à Joana e à minha mãe, que também adoraram.

Ontem voltei, desta vez para fazer o Programa Spa à La Carte. Fiz uma sessão de flutuação, o ritual do chá e uma massagem especial de relaxamento com pedras quentes, e três horas depois estava tão tranquila que achei que estava no céu (só faltava mesmo o Ryan Gosling) :D Neste programa dá para escolher outras massagens, dependendo do vosso objectivo - como o meu era basicamente atingir o nirvana fiz a massagem relaxante.



A flutuação é feita numa cápsula com água com uma alta concentração de sal (também há um flutuário aberto para quem prefira). Podem optar por ter música, luz suave ou a cápsula aberta, mas para mim o indescritível da experiência é mesmo ficar a flutuar num local completamente às escuras, sem qualquer som. A ausência de qualquer estimulação aos nossos sentidos é tão rara no nosso dia-a-dia que sabe realmente bem ficar ali simplesmente a ser. A pensar. A apreciar o nada.

(Não é à toa que sentia sempre imenso o Mati na minha barriga das duas vezes em que flutuei.)


Eu sou altamente suspeita porque amo o Float In, mas juro que tudo ali é perfeito. As funcionárias são incrivelmente simpáticas (até a voz delas é melodiosa), a música é relaxante, o chá é delicioso (escolhi um de ananás e coco) e até as bolachas são divinais (ADORO as bolachas de lá, são sempre óptimas). E isto é sem falar da flutuação em si (onde fiquei de tal forma em transe que quando a cápsula se abriu automaticamente após terem terminado os cinquenta minutos achei que tinha havido um erro qualquer, porque era capaz de jurar que só lá tinha estado uns dez) e da massagem (quando a terapeuta usou as pedras quentes pela primeira vez ia-me dando uma coisinha de tão bom que aquilo estava a ser) (a sério, ia chorando de felicidade).

Venham à mamã bolachinhas dos céus!
Desculpem se pareço ligeiramente histérica, mas foi mesmo um dos melhores momentos dos últimos tempos (e ainda sabe melhor sabendo que um certo marido querido comprou um voucher para eu repetir novamente a experiência em breve!).

Os vouchers têm a validade de um ano e podem ser comprados no spa ou online. O programa que eu fiz custa 89€, a sessão de flutuação apenas custa 39€ (acho que vou comprar dez vouchers para mim própria e fazer todos os meses!) e há uma data de programas diferentes que podem consultar aqui.


Há três spas em Lisboa: no Rato, em Picoas e em Belém. Até agora fui sempre ao de Picoas e recomendo vivamente :D

Podem ler mais sobre os benefícios da flutuação aqui :)

Voltava já hoje :D

3 comentários:

  1. Já fiz uma sessão dessas no hotel lusitano na Golegã e gostei muito. Tenho q ir ao float in em breve... principalmente se o meu bebé der mas noites 😆

    ResponderEliminar
  2. Eu não conhecia o float in, mas deve ser uma experiência maravilhosa. Só de ver as fotos já me sinto mais relaxada, isso deve ser mesmo fantástico! Mas é um bocado carito, mas suponho que seja o preço justo pela experiência.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  3. Olá Joana! Obrigada pela sua publicação e pela excelente descrição do programa spa que fez no Float in :) esperamos voltar a vê-la em breve. obrigada e um feliz Natal

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />