18 de julho de 2017

Catorze meses de Matias.

Desde os dez meses do miúdo que não faço um ponto da situação (shame!). Enfim, mais vale tarde do que nunca, e sei que um dia mais tarde vou adorar ler estas coisas (na verdade já adoro!) :D

* Alimentação

08.00h: 270ml de leite;
11.30h (na creche): sopa, prato e fruta;
15.00h (na creche): iogurte com fruta quatro vezes por semana, papa caseira três vezes por semana;
18.00h (já em casa): sopa, prato e fruta;
20.00h (antes da caminha): 270ml de leite.





As novas papas do Mati são feitas com aveia em grão na Julie :D
Aos doze meses o Mati começou a comer a comidinha dos papás, e desde então notamos que ele tem uma clara preferência pelo prato. Adora peixe grelhado com arroz e também parece gostar bastante de caril de frango e massa à bolonhesa :D Tornou-se mais esquisitinho com as sopas (embora continue a comer bem) e nem sempre quer a fruta. Gosta de comer bananas inteiras à dentada e adora iogurtes, principalmente iogurtes gregos :D Na creche continua a comer lindamente :D A fase da recusa alimentar parece ter passado por agora, embora ainda aconteçam algumas situações desse género (ainda hoje o Matias começou a empurrar o prato, por isso o jantar dele foram literalmente quatro bocados de manga, uma fatia de queijo de ovelha e uma colher de sopa!).

Já iniciado nas panquecas com banana :D
Depois de uma fase muito complexa que envolveu uma certa reorganização das nossas posturas, agora somos muito mais descontraídos em relação a isso. Se o Matias está a fazer birra porque não quer comer, não come e pronto. Afinal, o miúdo não está propriamente magrinho :D

* Sono

Depois do internamento o Mati voltou a dormir três sestas por dia: duas horas de manhã, duas horas depois do almoço e uma hora no fim da tarde. Também voltou a dormir 12h seguidas durante a noite (na verdade até dormia mais, porque deitava-se às 20h e acordava às 10h!). Entretanto já voltou ao seu registo habitual em que dorme uma hora de manhã e duas horas depois do almoço (na creche) e já raramente dorme a última sesta da tarde. Tem ido para a caminha às 20h e acordado às 8h :)


* Creche

Continua tudo a correr lindamente. Depois de ter passado duas semanas em casa comigo o Mati decidiu começar a fazer drama quando o deixava na creche, mas entretanto esta semana já está mais contentão novamente :) Segundo a auxiliar da sala também o notam mais carente de miminho, mas faz parte :)

Nas brincadeiras :D
* Rotinas

As nossas rotinas mantêm-se, mas agora o Mati fica mais cedo na creche porque eu voltei às quarenta horas de trabalho (blé). Entretanto começaram as birras para tudo (não quero vestir! não quero lavar os dentes! não quero trocar a fralda! odeio a minha vida!), mas sinceramente até acho divertido. Um dia faço uma publicação sobre lidar com as birras (não fosse a mamã interna de pedopsiquiatria!).

De manhã eu preparo o Mati, visto-o, lavo-lhe os dentes, dou-lhe o leitinho e vamos para a creche, onde chegamos por volta das 8.30h. O Pedro vai buscá-lo às 16h, brincam em casa, eu chego, brincamos mais, damos o jantar, brincamos, damos banho, bebe o leitinho e cama :) Normalmente acabamos o dia absolutamente esgotados :)

Família <3
* Personalidade

Como provavelmente já repararam, o Matias é um bebé muito sociável. Adora rir para toda a gente. É muito simpático. Adora atenção. Gosta de ouvir música, de dançar e de bater palminhas. Adora brincar às lutas de almofadas. Passou de brincar sozinho para querer brincar sozinho ao nosso lado para querer brincar connosco :) Parece ser um miúdo mais para o teimoso e a fase das birras já começou em força (embora dependa dos dias). Também parece ter um temperamento mais para o confiante, vamos ver :)


* Dentinhos

Passou de quatro para dez! :O Já tem os quatro da frente em cima e em baixo e dois molares :D

* Desenvolvimento no geral

Já anda sozinho! Gosta de dançar, agarra em todas as migalhinhas, consegue desenhar (fiquei em choque quando o vi pegar numa caneta pela primeira vez e começar a rabiscar um livro!) e bate muitas palminhas. Por outro lado, ainda não diz propriamente grande coisa de perceptível. Há uns meses dizia mamã e papá mas depois deixou de dizer, depois passou a dizer olá mas também lhe passou... Ele fala imenso, mas não se percebe rigorosamente nada do que diz :)

Na Quinta Pedagógica :D
* Actividades preferidas

Carregar em botões variados. Fazer asneiradas. Apanhar porcarias do chão e tentar comê-las. Dançar e bater palminhas. Trepar para a cama e para o sofá e descer sozinho. Jogar ao jogo do cucu.

Desarrumar! :D
Ver animaizinhos :D
* Saúde

Está outra vez impecável :D

Patuscão da mamã :D
Ainda com umas manchinhas! (Num tema não relacionado, não estou a maior fã da minha cor de cabelo neste momento. Acho que vou voltar a ser ruiva!) :)
Enfim, é um fofo :D

14 comentários:

  1. que fotos lindas!!

    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    Ps: estou a começar uma nova aventura na Tupperware e, se puderes, pedia para te inscreveres no meu novo grupo no facebook para ficares a conhecer as novidades e promoções! Deixo o link:

    https://www.facebook.com/groups/1791313494492710/

    ResponderEliminar
  2. O Matias está lindo! :) Deste lado, fico a aguardar ansiosamente pelo texto sobre como lidar com as birras :D

    ResponderEliminar
  3. O vosso miúdo está o máximo! É tão giro ir vendo a evolução dele e como se vai tornado uma mini-pessoa, com vontades próprias e até as suas birras :)

    ResponderEliminar
  4. É mesmo um menino lindo, parece alegre, sociável e confiante. Que riqueza!

    ResponderEliminar
  5. Joana, o Matias está lindo!!! Crescem tão rápido :( Como fazes as papas com o cereal mesmo em vez da farinha? Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demolho o cereal durante um dia e depois cozo na máquina de fazer sopas (porque não tenho panela de pressão e assim é mais prático!). Na panela normal demora mais ou menos três horas :/ Na máquina de fazer sopas ponho os grãos, a água, a fruta e passado uma hora está cozida e triturada :)

      Eliminar
  6. É incrível como o tempo passa depressa. Parece que foi ontem que li a publuicação sobre a maior viagem das vossas vidas. Incrível. Adoro a postura descontraída com que falas dele, de quando não quer comer, por exemplo. A mim faz-me uma tremenda confusão que os pais impinjam comida aos miúdos quando claramente não lhes apetece. "Não pode ficar sem comer". Mas eles são assim tãão diferentes de nós? Quando eu não quero comer, não como, ponto. Claro que temos de ter mais cuidados com eles, mas acredito que eles pedem comida mais tarde. Se não pedirem, aí sim, é preocupante. Ele está lindíssimo e parece ser um amor. Vocês parecem ser muito feliz - como sempre pareceram, aliás.

    Se me permites fazer uma pergunta: compraste os bilhetes de bolonha para florença lá no aeroporto ou on-line? Se foi on-line podes-me dizer o site, sff? Alguma dica para quem vai pela primeira vez a itália?

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que isto é verdadeiramente difícil, e as coisas da alimentação mexem com questões muito profundas. Alimentar o teu filho é possivelmente a nossa tarefa mais básica, aquela que fazemos mesmo desde o início. É muito difícil lidar com o facto de teres um filho que recusa a tua comida, e inclusivamente é difícil evitares sentires-te de alguma forma 'atacada'. Mas entender todas estas nuances é muito útil para conseguir lidar com o assunto :)

      Eu já não me lembro bem, mas segundo o meu histórico parece que comprei aqui: https://www.italiarail.com/pages/routes/bologna-to-florence :)

      Acho que não há assim nenhuma dica. Qualquer tasquinha na beira da estrada tem comida deliciosa, qualquer monumento é lindíssimo, qualquer canto tem coisas fantásticas :D Os italianos têm muita dificuldade em falar inglês, mas são muito prestáveis :) E acho que é isso :)

      Eliminar
    2. Pois, eu disse aquilo que disse mas acredito que se pense logo em todas as coisas más que podem acontecer por ele não comer. A paternidade é uma coisa mesmo difícil!

      Mais uma pergunta, foste para o aeroporto de Bolonha e voltaste desse mesmo aeroporto? As viagens para o aeroporto de Florença são ridículas, caríssimas e com imensas escalas...

      Eliminar
    3. Fui e voltei por Bolonha! Tive colegas de trabalho que foram para Florença via Zurique, mas sinceramente acho que não vale a pena. O comboio é super confortável e rápido :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />