12 de novembro de 2016

Veneza #1

Chegámos a Veneza relativamente cedo. Há essencialmente duas formas de irem do aeroporto para a cidade: de autocarro ou de barco. Dentro dos barcos há a hipótese de irem de táxi privado (mais caro, embora mais prático) ou numa espécie de ferry pequeno operado pela Alilaguna.

À ida optámos pelo ferry, no regresso optámos pelo autocarro. Achei que seria giro chegar a Veneza de barco e havia uma paragem literalmente à porta do nosso hotel. O autocarro tem a desvantagem de parar bastante mais longe do centro da cidade (uma vez que em Veneza não há carros, só barcos) e consequentemente fazer uma viagem mais desinteressante, embora mais rápida (cerca de vinte minutos, de barco demoram cerca de uma hora). No entanto, como no último dia íamos fazer a parte ocidental da cidade e terminar relativamente perto da paragem do autocarro, decidimos experimentar. A viagem de ida de barco custou 14€ por pessoa, o regresso de autocarro custou 8€.

Acho que ter ido de barco e regressado de autocarro foi boa ideia, embora reconheça que o autocarro é mais prático. Ainda estivemos cerca de uma hora à espera do barco, estava uma fila gigantesca, e como vamos dentro do barco (e não em cima) a vista não é assiiiim tão fenomenal para quem não seja histérico como eu e seja mais peixe morto como o Pedro :D

O barco :) Há várias linhas consoante o vosso destino final, e cada uma tem um cais :)



A chegar :D :D :D





* Histeria *





Só há mesmo barcos dentro da cidade, por isso há barcos para tudo: barcos ambulância, polícia e até para recolher o lixo :D




Ponte Rialto :)



O nosso hotel :D
Vista do nosso hotel para a Ponte Rialto :D


Como esta ia ser uma viagem especial, sabíamos que a escolha do hotel era importante. Eu tinha basicamente duas exigências: queria um hotel bem localizado que nos permitisse chegar a todo o lado a pé razoavelmente depressa e queria estar num quarto com vista para o Grand Canal. Optámos pelo NH Collection Palazzo Barocci e reservámos um Quarto Premium com vista. Entretanto tivemos aquele probleminha, reservámos pela agência, poupámos um montão de dinheiro... E quando lá chegámos disseram-nos que tinham feito um upgrade do nosso quarto  para uma Suíte Junior com vista.

Ia chorando, juro.

O hotel em pleno Grand Canal :D
O nosso quarto :D



A VISTAAAA :D






A histérica e o peixe morto :D
Pousámos as coisas, eu tirei umas mil fotos da janela e saímos para passear e almoçar. Eu ia já louca de histeria, o Pedro ia igual a si próprio. Os dias seguintes passaram-se neste registo: eu a delirar e a tirar fotos a t-o-d-a-s as gôndolas (tirei 3000 fotos em 3 dias), o Pedro a gostar moderadamente.

Veneza é talvez um dos sítios que mais opiniões contraditórias reúne. Antes de irmos, diziam-nos que era a cidade mais linda do mundo ou que cheirava horrivelmente mal. Que era super romântica ou que estava a abarrotar de pessoas. Que era a melhor viagem de sempre ou que os italianos eram uns chulos e a comida era má e caríssima. Veneza parecia uma cidade que ou se ama ou se odeia.

No fim, eu amei. É claro que é uma cidade um bocadinho a tocar o decrépito, com aquelas casas velhas todas e as ruas apertadas e escuras. Mas é inegavelmente um sítio mágico e muito bonito. Talvez tenhamos tido sorte: não sentimos cheiros desagradáveis em lado algum, tentámos sempre andar em ruas com menos gente e comemos muito bem (e até a um preço aceitável, tendo em conta as nossas expectativas). O Pedro já foi mais moderado na sua histeria claro, mas mesmo assim também gostou.

As traseiras do nosso hotel :D




Campo Sant'Angelo



No Campo Santo Stefano, que tinha tantos e bons restaurante que acabámos a fazer quase todas as refeições lá :D

E pronto, amanhã há mais :D

10 comentários:

  1. Olá Joana!! Quero taaaanto conhecer Itália, nem imaginas (bem, se calhar imaginas :p). Que fotos lindas, deve ser tão encantador!! Veneza dá para ver bem em 3 dias? Achas pouco? Eu gosto de aproveitar bem as cidades, não sei se 3 dias será pouquito...
    Beijinhos

    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As opiniões variam muito. Conheço quem tenha feito Veneza num dia e tenha achado bastante bom, mas tudo depende do que queiras realmente fazer. Nós queríamos visitar algumas coisas por dentro, por isso um dia nunca seria suficiente. Também não queríamos (e possivelmente nem conseguiríamos) andar sempre de um lado para o outro cheios de pressa, queríamos poder parar a beber um cafézinho nas calmas, ou chegar ao hotel cedo, tomar um banho de imersão e ficar a ver o pôr-do-sol... Essas coisas :D Sinceramente, para mim, o ideal seria uma semana. Assim podia explorar Murano e Burano por exemplo, ou até as outras ilhas mais 'de praia'. Em relação a Veneza em si, acho que três dias chegaram bem. Mas, mais uma vez, depende do que pretendas fazer lá :)

      Eliminar
  2. Adorava tanto ir a Veneza!
    Que fotos lindas!
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  3. Nunca fui lá. Belas fotografias.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/11/um-mes-com-henrique-sa-pessoa-e-uma.html

    ResponderEliminar
  4. O problema com hotéis bons quando se está de férias é aquele misto de: quero desfrutar do hotel por ser tão bom, mas também quero ir para a rua conhecer os sítios!

    ResponderEliminar
  5. Já estive em Veneza e apesar de ter adorado a cidade, sinto que não consegui ver quase nada (só estive lá 1 dia) e adorava lá voltar! Eu também sou assim super entusiasmada, histérica como tu dizes, como tu :) Mas o Pedro é sempre assim "peixe morto" como lhe chamas? Ou foi só nesta viagem? :P

    ResponderEliminar
  6. Eu estive aí no início e fim da minha lua de mel em 2010. Também me falaram do cheiro horrível mas nós com sorte não sentimos nada. Em termos de refeições realmente acho que tivemos azar, pois achamos as coisas caras e com uma qualidade fraca. Outra coisa que tivemos azar foi no hotel, o ar condicionado não funcionava, o quarto estava sujo e desgastado e acabamos por ter que descobrir um outro à última da hora. Mas da cidade gostei :-)

    http://6800milhas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Eu não amei nem odiei Veneza. Gostei muito, mas o meu marido gostou mais. Veneza para mim é uma cidade muito bonita, mas sou da opinião que estava a abarrotar de gente (fomos em Agosto)! E confesso que para mim aquela quantidade de pessoas "estragava" um pouco a beleza da cidade. Não comemos mal, mas em comparação a outras cidades Italianas que visitamos a seguir achei que a relação qualidade/preço não era muito boa. Não foi em Veneza que comemos as melhores pizzas, nem massas, nem gelados... E foi a cidade mais cara (juntamente com Capri).
    Ouvi também muito dizer antes de ir que Veneza cheirava mal. Efectivamente percorremos ruas que cheiravam mal, mas foram poucas. Isso não me fez gostar menos da cidade. No geral gostei muito de Veneza, mas achei que era demasiado turística... imensa gente, preços elevados, ect.
    wow O vosso Hotel era fantástico! :)
    As fotografias estão uma vez mais lindíssimas.

    ResponderEliminar
  8. Por acaso quando fui a Milão, queria visitar Veneza mas disseram-me que era uma cidade com cheiros horríveis e que não valeria a pena... Mas depois destas fotos, voltou à minha lista!

    http://www.monologosdeumachocodependente.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />