30 de setembro de 2016

São Miguel 2016 #10: Lagoa das Sete Cidades (finalmente!) e observação de baleias e golfinhos (parte 1)

Depois do fiasco da nossa primeira visita à Lagoa das Sete Cidades, não podíamos terminar a viagem sem tentar regressar... E tivemos sorte, porque o tempo estava muito melhor :D

YEY :D






Miradouro da Lagoa do Canário :D

Olhem só que lindo :D :D :D :D









A Time Out sugeria comermos uma bifana no Café Royal, e nós somos obedientes :D
Tão bom :D
Já comi melhores, mas não era má :)
Durante a tarde tínhamos programada a observação de baleias e golfinhos (fomos com a Picos de Aventura). Fui toda artilhada com uma data de parafernália preventiva para o Matias: marsúpio, chapéu, corta-vento, impermeável, mantinhas... À excepção do corta-vento, não precisei de mais nada. O miúdo foi sempre no meu colo, adormeceu em dois minutos com o balanço do barco, acordou a meio a berrar porque queria comer, dei-lhe o biberão, adormeceu novamente e assim ficou até chegarmos ao carro. Confesso que a dada altura fiquei cheia de medo - vomitaram duas pessoas no nosso barco e a Joana e o Bernardo ficaram super enjoados -, mas correu tudo lindamente (admito que não tinha pensado na possibilidade do Mati enjoar, afinal nem eu nem o Pedro enjoamos. A sério, não me lembro de alguma vez ter enjoado na vida, e o Pedro também não).

No entanto, e apesar de ter corrido tudo lindamente e do Matias se ter portado muito melhor do que crianças de quatro anos que lá estavam, passei a viagem toda a ouvir comentários do resto da malta do barco por ter levado um bebé tão pequeno para ali. Uma das pessoas que comentou acabou a vomitar o que pareceram ser as refeições de toda a semana anterior, por isso aposto que agradeceu aos santinhos por eu ter levado um bebé porque também levei as toalhitas fresquinhas com que ela limpou a cara a seguir. Mas pronto, as pessoas gostam de opinar, fazer o quê? :)

(E vá, admito que num país mais conservador neste aspecto como é o nosso possa parecer estranho às pessoas eu andar de um lado para o outro com um bebé de quatro meses, principalmente sem o pai dele.)

Golfinhos :D

Havia imensos :D








Eu sei, são demasiadas fotos. Mas foi mesmo giro :)





Matias a dormir ao colo do tio Bernardo. Sim, tinha uma manta temática. Também tinha uma roupinha com baleias :D



Tenham um óptimo fim-de-semana! :D

7 comentários:

  1. Uau adorei a paisagem. Fiquei com vontade de conhecer os Acores. Ser mae é mesmo dificil... Nao deve ser nada facil suportar as opinioes dos outros, sobretudo de pessoas que nao nos conhecessem!

    ResponderEliminar
  2. :D Fazes muito bem em viajar com o Matias. Se é seguro para ele, porque não? A Lara também viajou pela primeira vez com 4 meses. Fizemos o sentido oposto: Ponta Delgada - Lisboa e correu lindamente. Com essa idade achei mais fácil viajar do que mais tarde. Agora, com duas, ainda não me aventurei muito mas daqui a uns meses já estaremos a viajar novamente (espero).
    Em relação aos comentários é normal, e aquela situação que contaste do café onde o senhor foi antipático, também é normal. As pessoas em geral são super simpáticas e hospitaleiras aqui, mas existem algumas bem conservadoras.
    Mas não percebo as pessoas que não gostam de bebés, quero dizer, podem não gostar mas escusam de ser chatas.
    Tenho um vizinho mais velho que costuma reclamar do choro das miúdas. E ontem imagina o que aconteceu...
    Estava o Milton a tocar viola e a cantar para a Lara na cozinha às 8h00 da noite. A bebé, de 3 meses estava a dormir no quarto descansadinha e nunca acordou. Ele estava a improvisar qualquer coisa, como é costume. Demorou uns 5 minutos nisso, só o tempo da miúda acabar de comer.
    Passados uns 20 minutos, estavam a tocar à campainha. Tinhamos um carro da polícia à porta com 3 agentes. Fomos à janela ver o que se passava, achando que havia algum problema nas redondezas, lembrei-me de violência doméstica ou outra coisa qualquer assim. Era mesmo para nós. Alguém chamou a polícia porque o Milton esteva a tocar viola e a cantar para a filha, durante 5 minutos. Vendo tudo tão sossegado, os polícias ainda confirmaram a morada e era a nossa, deram exatamente o nosso andar como origem dos ruídos imensos e perturbadores de todo o quarteirão. Na altura já tinha as duas miúdas a dormir ( eram 9 e tal) e foi o que expliquei aos polícias que, de resto, foram bastante simpáticos, falaram pela janela e foram logo embora.
    Está bem que o meu namorado não tenha uma voz de Elvis, mas caramba... era mesmo preciso chamar a polícia?! Enfim... sem saber bem como reagir só nos rimos.

    ResponderEliminar
  3. Que fotos de cortar a respiração (=

    ResponderEliminar
  4. Adorei as fotos, um lugar digno de ser divulgado :)
    Beijinhos...
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
  5. Adorei as fotografias! Os Açores parecem mesmo ser um lugar mágico gostava imenso de lá ir e espero ter essa oportunidade especialmente para ver os golfinhos :)

    ligiribeiro.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Viagem de sonho, família incrível!!

    ResponderEliminar
  7. Olá Joana! Sou a Jéssica da team reservas da Picos. Ainda bem que a viagem correu bem e que o Matias portou-se bem.

    Obrigada e até à próxima :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />