20 de junho de 2016

Regras regras regras!


A fralda deve ser trocada depois de cada mamada e para limpar devem ser usadas compressas de tecido com água morna e não * gasp! * toalhitas cheias de químicos. Os biberões anti-cólicas devem ser esterilizados antes de cada mamada e enchidos com água do Luso previamente fervida, aquecida até 37º e benzida pela Nossa Senhora de Fátima. Depois da mamada o bebé deve ser colocado a arrotar durante dez minutos. O banho deve ser dado com a água a 37º e usando gel de banho sem espuma. A cara deve ser lavada com uma compressa e soro fisiológico. O quarto do bebé deverá estar a 19º e com uma humidade específica (não me recordo e não me apetece ir ver). O colchão deve estar inclinado a 30º e os pés do bebé deverão tocar no fundo da cama, com a roupinha a não ultrapassar a axila. O bebé tem de dormir no quarto dos pais até ter seis meses. A roupa do bebé deve ser lavada à mão com detergente próprio separadamente da dos pais (e já é uma sorte não ter de ser lavada também com água do Luso!) e deve ser toda passada a ferro para 'eliminar as impurezas'.

Mas não se esqueçam que ser pai é super instintivo, ok?

Assinado: Pais que trocam fraldas quando estão cheias (ou com cocó) e usam toalhitas (com o mínimo de químicos possível, vá), que fervem água da torneira (até porque nós também a bebemos!) e preparam os biberões com a água à temperatura ambiente (o Mati habituou-se assim), que efectivamente deixam o miúdo a arrotar durante dez minutos (gostamos de o ter juntinho a nós), que sentem a temperatura da água com o pulso, que lavam os olhos com soro mas a carinha com água do banho, que não fazem ideia da temperatura ou da humidade do quarto, que entalaram um dossier debaixo do colchão para o inclinar, que o deixam no meio da cama e não no fundo, que já o passaram para o quartinho dele, que lavam a roupa na máquina juntamente com a deles (mas com o detergente dele e assim andamos todos a cheirar a bebé) e que têm um monte de tempo livre para fazer coisas fixes em família como passear, cantar, contar histórias, ginasticar, estimular os sentidos, brincar, fazer parvoíces ou simplesmente ficar a olhar para ele :)

fuck this shit I'm outta here, shit wrong way,meme To:

9 comentários:

  1. Sabe mesmo bem infringir as regras ahahahahah :-)

    ResponderEliminar
  2. "aquecida até 37º e benzida pela Nossa Senhora de Fátima."
    O que me ri com isto! Muito bom!!!!

    http://ourpicturingdays.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Obrigada :) Não tenho filhos mas se um dia os tiver, hei-de vir aqui reler isto!

    ResponderEliminar
  4. As regras foram feitas para ser quebradas Joana :-) Apesar de eu não achar isso regras, mas sim linhas de orientação (e algumas bem parvinhas) sendo irreal no dia a dia as pormos em prática. Acho que vocês como pais teem um sentido de orientação muito bom e são preocupados na medida certa :-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Vou esperar até que as pessoas das regras saibam que a única maneira de conseguirmos ter a Ervilha connosco no quarto é numa alcofa (aberta e arejada) em cima das mesas de cabeceira. Esta solução ainda tem de ser testada e devidamente creditada pelas pessoas cá em casa (eu e o marido), mas acho que já é um bom prenuncio de como vamos seguir as regras...Viva a anarquia na puericultura!

    ResponderEliminar
  6. Caramba! Estou convosco. Que pais assustadores esses da água de luso. Existirão?! Desconfio muito de pessoas assim, e daquelas que não bebem álcool nem café (tipo... nunca) :P

    ResponderEliminar
  7. O importante é ser feliz e fazer da pequena cria uma pessoa também feliz. Cada qual faz as suas regras (dentro dos limites do bom senso geral, mas até isso é dicutível ;) continua a ser uma mãe descontraída :)

    ResponderEliminar
  8. Olha, e centrifugas?
    Hoje lavei a roupa da minha filha - as “regras” diziam para lavar no programa da roupa delicada e para não centrifugar. Ainda estendi duas ou três peças, mas a roupa estava carregadíssima de água, não tive lata para ficar a tarde toda a pingar o jardim da vizinha de baixo e centrifuguei o resto. Cortesia para com os vizinhos 1, regras 0.

    Já nem sei onde fui buscar esta regra, uma pessoa vai lendo mil coisas e no fim guarda assim uma espécie de aglomerado, mas ponho-me a pensar e não me ocorre mesmo nenhum motivo que a justificasse…

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />