18 de maio de 2016

Matias.

Uma das perguntas que fazemos aos pais na primeira consulta é o que sentiram ou pensaram quando viram o seu filho pela primeira vez. Há quem não se lembre, há quem não tenha sentido nada, há quem tenha as respostas mais cómicas ou comoventes. Sempre me questionei o que iria pensar quando fosse eu.

Mal o Matias nasceu senti uma necessidade avassaladora e incontrolável de o agarrar. Puseram-no imediatamente em cima da minha barriga, abracei-o com o braço direito (o esquerdo ainda está de férias), cheirei-o (o melhor cheiro do mundo) e beijei-o muito. Chorei e ri ao mesmo tempo.

A primeira coisa que pensei? 'É o meu bebé'.' E agarrei-o. Não o larguei quando a enfermeira o quis limpar, não o larguei quando a minha amiga Joana (que me fez o parto) quis cortar o cordão umbilical, simplesmente agarrei-o ali, junto a mim finalmente, até que tiveram de mo arrancar dos braços. O meu bebé. O nosso bebé. O Matias, 41 semanas de gravidez e 38h de trabalho de parto depois.

O melhor do nosso mundo.

25 comentários:

  1. 38 horas?? Que cruz, mulher. A minha irmã teve apenas 6 horas. :D

    PARABÉNS... que bênção!!!

    ResponderEliminar
  2. Que bom Joana :) Cheia de vontade de saber mais pormenores de tudo!
    Um grande beijinho e muitas felicidades (e calma para estes dias em que tudo se está a adaptar e a procurar um lugar novamente no mundo).

    ResponderEliminar
  3. Toda a felicidade do mundo para o Matias e para os pais!
    Aproveita cada segundo, estes primeiros tempos voam.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ai tão bom, querida Joana! Muito amor para os três! =)

    P.S.: 38h de parto? Epá!

    ResponderEliminar
  5. Muitos parabéns. Que os três sejam imensamente felizes. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Parabéns, que seja muito feliz o Matias! Senti grande alegria com o seu nascimento, pois acompanhei com interesse toda a gravidez. A descrição emocionante do primeiro contacto mãe-filho, fez-me reviver momentos semelhantes vividos no nascimento dos meus, abraçar e proteger o que é nosso...

    ResponderEliminar
  7. Bolas Joana, até me emocionei!! Parabéns!! Daqui a umas 16 semanas mais coisa menos coisa vamos a ver como é que eu reajo! Matias, que giro! Adoro! Parabéns!! Deve ser um sonho!

    ResponderEliminar
  8. 38horas depois? Bem... Estou curiosa :-) Muitos parabéns pela chegada do Matias, desejo uma vida repleta de felicidade para os 3. Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Nunca me perguntaram, nem na primeira, nem em nenhuma, o que tinha sentido quando vi a minha filhota pela primeira vez. Mas se tivesse de responder foi que pensei que estava a sentir muita comichão lol...derivada da anestesia da cesariana. Tive uns minutos que não consegui pensar em muito mais a não ser "tenho tanta comichão, que horror!!!" ^^. Mas lembro-me de pensar, também, assim que a vi "ela é tão mais bonita que na ecografia 3D". O pai teve o privelégio de pegar primeiro na bébé e a cena do "vou agarrá-la e ninguém me a leva daqui" foi no masculino ^^.
    E 38h de trabalho de parto?!!! És uma valente :)!
    Felicidades para todos e muito enamoramento do bom :).
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá Joana!
    O parto, o momento em que pegamos no nosso bebé , sem dúvida, são momentos inesquecíveis!
    O meu parto acabou por ser cesariana. A Rita nasceu às 41 semanas, tal como, o Matias (a marota não queria sair e faz amanhã 16 anitos). Lembro-me que passei o parto todo a conversar com a anestesista e com o obstreta e quando chegou o momento da Rita sair da minha barriga ela "berrou" e é mesmo o termo, berrou ainda dentro da minha barriga. Nunca vou esquecer este momento, esta sensação. A seguir, veio para o meu peito, onde a abracei, ri, chorei e senti a pele super macia da minha bébé.
    Momentos mágicos.
    Tão bom!
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  11. Joana, por mais palavras que digamos para expressar este momento único, estas continuam a ser parcas. Já passei por esse momento duas vezes, tendo a recente sido há 8 meses e continuo maravilhada com as minhas meninas, tendo o pai como testemunha destas emoções que nos marcam para a vida! Felicidades para os três e muitos mimos para o Matias!!!
    PS: Caso seja necessário uns ovinhos moles de Aveiro é só apitar :)

    ResponderEliminar
  12. Oh..! :') lindas palavras, Joana. Deve ser algo avassalador vermos o nosso bebé pela primeira vez. Beijinhos para os três.*

    ResponderEliminar
  13. Que bom! Muitas felicidades! Agora começa uma nova etapa, mas isso já a Joana deve estar farta de ouvir. Por isso, aproveite todos os momentos. É o melhor do mundo! :)
    Beijinho e descanse!

    ResponderEliminar
  14. 38h de parto... não consigo imaginar mas vale tudo apena não vale? Não há melhor no mundo!

    ResponderEliminar
  15. Deve ser uma sensação maravilhosa! Nem acredito que faltam 5 meses para chegar a minha vez :)
    Muitas felicidades para vocês! :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Que lindo! Deve ser uma sensação única, ter um filho nos braços, que durante tantas semanas carregamos. Também tenho um priminho que nasceu hoje (mais um bebê maio 2016!), mas por qualquer problema com o líquido amniótico (não percebo bem) teve de ficar na incubadora!
    Aproveitem estes momentos mágicos

    ResponderEliminar
  17. Muitas felicidades para a nova família de 3!
    Matias, gosto do nome. :)
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  18. Olá Joana! Sigo o blog há alguns anos (na altura que fizeste aquela sondagem eu deveria ser a tua leitora de Bragança :-)), mas nunca comentei nada, Hoje, ao ver o post sobre o nascimento e a sensação de teres o teu bebé nos braços tive de comentar. Desejo-vos toda a felicidade do mundo, aproveita todos os momentos pois pelo que dizem passa num instantinho...Muitos parabéns e um beijinho fofo nas bochechas do teu Matias! Sílvia Maia

    ResponderEliminar
  19. Parabéns Joana! Deve ser uma sensação absolutamente avassaladora. Fico muito feliz por vocês. Espero que estejas a ter uns dias maravilhosos, a dar muito miminho e muito colinho-de-um-braço-só eheh. E fico ansiosamente à espera de mais notícias e detalhes! Beijo, parabéns e todas as felicidades do mundo

    ResponderEliminar
  20. É realmente o melhor cheiro do mundo! Inexplicável, tenho-o presente até hoje! :-)
    38h horas de parto não é nada :P Eu comecei com contrações num sábado (tive-as espaçadas durante o dia todo) não fui ao hospital e elas pararam à noite. No Domingo estive tranquila durante o dia e à noite recomeçaram. Só fui ao hospital na 2ªf de manhã - já estava com 3 para 4 cm de dilatação. Levei logo a epidural e a bébé só nasceu perto das 17h30! Portanto... de sáb a 2ªf, ganhei-te! Mas, efetivamente, só estive no hospital em trabalho de parto cerca de 10h :-) Felicidades!

    ResponderEliminar
  21. 38H!!!?? Ganda mulher :-) Muitos Parabéns!!!! Bem vindo Matias <3

    ResponderEliminar
  22. A primeira coisa q disse quando puseram ele no meu colo foi "OMG, I had a baby and has so much hair". Mas e mesmo indescritivel.

    Muitas felicidades aos 3.

    ResponderEliminar
  23. Ooohh Tao comovente �� deve ser uma das melhores sensacoes que podemos sentir.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />