27 de janeiro de 2016

Pizza paleo (sem glúten)

Estão a ver, eu disse que não fazia só receitinhas doces :D

Já tinha experimentado a famosa base de pizza feita com couve-flor, e desta vez pareceu-me boa ideia testar a base com polvilho doce. Como não tinha queijo ralado usei uma fatia de queijo flamengo (#preguiça #abarrigajápesa) e ficou bastante bom :) Sinceramente gostei mais da alternativa com couve-flor, mas esta é muito mais rápida! :) Experimentem! :)




Pizza paleo (receita adaptada do blog 'Creme de Avelãs')

Ingredientes (para uma pessoa):

* 40g de polvilho doce;
* Dois ovos;
* Uma colher de chá de fermento;
* Uma colher de sopa de molho de tomate;
* Meia colher de chá de orégãos;
* Coberturas a gosto (usei queijo e presunto).

Confecção:

* Misturar o polvilho doce, o ovo e o fermento, batendo bem com uma vara de arames;

* Colocar a mistura numa frigideira anti-aderente e deixar cozinhar até tostar a parte de baixo;

* Virar e cozinhar do lado oposto;

* Retirar, cobrir com o molho de tomate e os orégãos e colocar as coberturas desejadas;

* Levar ao forno pré-aquecido a 220º até o queijo derreter.





Até amanhã! :D

10 comentários:

  1. Fiz no fim de semana mas com polvilho azedo. Hei-de experimentar com o doce! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Também já tinha ouvido falar mas ainda não experimentei. A tua está com óptimo aspecto :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
  3. Eu faço a base com um iogurte natural (ou grego) e farinha (podes usar farinha integral), também numa frigideira anti-aderente. Fica bastante bom também :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já fiz essa receita uma vez na Casa do Gil com os miúdos, mas depois perdi-a! Como fazes? :)

      Eliminar
  4. Estava por aqui a ler os posts e vejo isto, que giro :)
    Eu já fiz de couve flor e até ficou intacta e direitinha, mas não crocante e o sabor, não sendo de todo intolerável, era vagamente desagradável. Tenho de experimentar a tua receita, já me tinha esquecido de que tinhas feito e agora que fui rever lembrei-me do quão boa parece ser :P
    A fatia de queijo ficou gira - confunde um bocado o meu cérebro ('pizza... ou tarte? Será pizza... Ou tarte?'), mas ficou gira :P já tinha pensado em fazer uma espécie de entrelaçado, só que no final o bom velho queijo ralado ganha sempre...
    Fiz entretanto várias vezes e gostei imenso de pôr molho de tomate com molho picante, pimentos, orégãos e feta, melhor combinação :D embora a tua versão de toppings tenha ficado com muito bom ar, não como presunto há imenso tempo e com queijo combina sempre bem!
    'Bases' de polvilho doce são mesmo versáteis, a mandioca merecia um Nobel só por dar uns crepes maravilhosos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso senti isso em relação a esta :P Mas já tenho algumas ideias para a próxima experiência, por isso acho que vai correr melhor :) E desta vez com queijo ralado :P

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />