15 de outubro de 2015

Bolachas de macadamia e chocolate de leite (paleo, sem glúten, sem açúcar) e um pequeno balanço :)

Happy, spinning, clapping, laughing, dancing,
In the blackness of magic.
Get it, have it, bag it, throw yourself on the aeroplane
And fly like magic.

No sleep, no chance, no need,
Forget about it.
One life, live free, big dreams,
We're all about 'em.

You're finding it, take it, take it in, it’s all here.
You and me, no one else, nothing else but us right now.

And I ain't need nothing else, no one else but you and I.
And it ain’t me, it ain’t you, it's only us, it's us right now.
You're finding it, take it, take it in, it’s all here.
You and me, no one else, nothing else but us right now.

Crystal Fighters




Lembro-me do texto que vos escrevi sobre a entrada na especialidade como se o tivesse feito ontem. E não deixa de ser curioso como passaram apenas três meses desde que o publiquei, mas a nossa aprendizagem já avançou de uma forma extraordinária.


O Pedro já fez agora dezenas de cirurgias. Eu já tenho dezenas de doentes em consulta. Já nos sentimos ambos um bocadinho mais seguros e confiantes, embora ainda seja frequente pensarmos que somos uma porcaria e que não percebemos um bacalhau do que estamos a fazer.


O fim do ano aproxima-se a passos largos, e com ele a passagem para o segundo ano da especialidade. E fazendo um balanço do que já vivemos este ano, parece que tudo se passou incrivelmente depressa e desesperadamente devagar. Parece que já aprendemos muito e que não aprendemos quase nada. Parece que crescemos imenso e que continuamos ainda uns bebés.


Uma das coisas que a minha professora de canto sempre me incentivou a fazer foi gravar-me a cantar. E, quase dois anos depois de ter iniciado as minhas aulas de canto, é óptimo ouvir as gravações que fui fazendo ao longo do tempo e perceber o quanto cresci e aprendi.

Se ao menos pudesse fazer algo semelhante com a especialidade!


Apesar de não ter propriamente provas concretas do assunto, sei que também já cresci e aprendi muito como psiquiatra. Sinto-me menos angustiada e mais feliz. Sinto-me menos ansiosa e mais segura.

Sinto-me mais eu. A sempre habitual mistura de histeria com serenidade.
 

Por isso, aqui estou. Ainda com algumas dúvidas (não as teremos todos?), mas a fazer o meu caminho. A crescer. A amadurecer. A aprender.

A viver.


Bolachas de macadamia e chocolate de leite (paleo, sem glúten, sem açúcar)

Ingredientes (para cerca de vinte bolachas):

* 100g de tâmaras;
* 50g de manteiga;
* 75g de manteiga de macadamia caseira (receita aqui, mas substituindo os amendoins por macadamias);
* Um ovo;
* 100g de polvilho doce (fécula de mandioca);
* Meia colher de chá de fermento;
* Meia colher de chá de bicarbonato de sódio;
* 100g de pepitas de chocolate.

Confecção:

* Aquecer as tâmaras no microondas durante trinta segundos e picar na picadora até ficarem em pasta;

* Bater a pasta de tâmaras, a manteiga e a manteiga de macadamia até ficar um creme;

* Juntar o ovo, o polvilho doce, o fermento e o bicarbonato e envolver bem;

* Acrescentar as pepitas de chocolate;

* Formar pequenas bolinhas com a mão e colocar num tabuleiro coberto com papel vegetal;

* Espalmar um pouco a bola para criar o formato de bolacha;

* Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante treze a quinze minutos;

* Retirar do forno e deixar arrefecer completamente sobre uma rede de cozinha.






Até amanhã! :D

16 comentários:

  1. Joana, ficam.. docinhas?? A combinação dos ingredientes é fabulosa! Estou realmente tentada mas sou bastante gulosa e açúcar nem vê-lo!! Beijinho, Natacha
    www.sotaodaverdinha.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Ao longo da nossa vida surgirão sempre dúvidas! Mesmo as pessoas mais seguras também as terão. Embora às vezes fosse muito mais simples se não as tivéssemos! Como não poderia deixar de ser levo mais estas bolachinhas! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Joana,
    estas estão com um aspecto estupidamente bom!
    *-*

    adriana

    ResponderEliminar
  4. Adoro macadâmia, e tenho dois priminhos com intolerâncias alimentares, obrigada esta receita vai ser muito útil :)

    www.therasiathecook.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Adoro Macadâmia e que bem que faz! Consumida regularmente reduz os níveis de LDL (mau colesterol), entre outros benefícios. ;)

    ResponderEliminar
  6. Ai Joana, agora que eu tenho que escolher a especialidade acho que vou entrar numa autêntica espiral de ansiedade... Não sei mesmo o que escolher! Não sei! (panic mode on!)

    ResponderEliminar
  7. Sempre tão bom passar por aqui! :) É exactamente o mesmo que sinto, é um dilema. A minha área, a advocacia é um corrupio constante: saem leis todos os dias e há sempre aquele nervoso miudinho que escape alguma coisa! No final, se soubermos que demos o nosso melhor, se tivermos certezas nos nossos conhecimentos e se nos apaixonarmos cada vez mais, dia após dia, pela profissão que escolhemos então, não há dúvidas que estamos no caminho certo. Beijinhos* (bolachinhas lindas!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho amigos advogados que trabalham bem mais do que eu, é realmente uma área muito cansativa e desafiante! Mas para quem gosta, vale tudo a pena :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />