7 de setembro de 2015

Pão integral para um amigo de partida.

All my bags are packed, I'm ready to go,
I'm standing here outside your door,
I hate to wake you up to say goodbye.
But the dawn is breaking, it's early morning.
The taxi's waiting, he's blowing his horn,
Already I'm so lonesome I could die.

So kiss me and smile for me,
Tell me that you'll wait for me,
Hold me like you'll never let me go.
'Cause I'm leaving on a jet plane,
Don't know when I'll be back again,
Oh babe, I hate to go.

John Denver




Quem me lê há algum tempo já percebeu que a Joana e o Bernardo são os meus amigos mais queridos.

No ano passado tive de me despedir da Joana, que foi viver oficialmente para Leiria, onde entrou na especialidade de pediatria. É claro que entretanto estivemos juntas imensas vezes (arriscaria até a dizer quase todos os fins-de-semana), falámos ao telefone frequentemente e daqui a pouco mais de um mês até vamos de férias juntas, mas estar fisicamente tão longe dela foi complicado de gerir.

Daqui a uns meses é a vez do Bernardo ir viver para longe.


Há já algum tempo que o Bernardo queria ir para endocrinologia. E quando chegou a semana da escolha da especialidade aquela última vaga em Coimbra ficou ali sozinha durante horas, como se estivesse já destinada a ser dele. Quando ele a agarrou, todos ficámos histéricos. Caramba, até decidimos festejar em grande. Mas depois a histeria deu lugar a uma certa nostalgia triste: afinal, íamos todos ficar separados.


No fim o Bernardo conseguiu fazer um dos anos do internato em Lisboa (o estágio de medicina interna), mas daqui a três meses vai viver para longe e, mais uma vez, vamos ver partir uma das pessoas mais importantes da nossa vida.


Numa tentativa de acalmar os nossos corações e os receios do Bernardo, há algum tempo que todas as Quartas-feiras jantamos juntos: assim nós podemos partilhar a companhia do nosso amigo e ele pode testar os cozinhados dele connosco. E depois de pratos mais básicos como carbonara ou esparguete à bolonhesa e sobremesas deliciosas como o tiramisú, surgiu a vez de ensiná-lo a fazer pão integral.


Fizemos batotice e usámos um preparado já pronto, mas no fim a intenção é que conta e obtivemos um pão delicioso. Que devorámos ainda quentinho, pelo meio de gargalhadas e olhares cúmplices.


Pão integral

Ingredientes (para um pão):

* 500g de farinha preparada para pão integral;
* 330ml de água morna.

Confecção:

* Juntar a farinha com a água morna e amassar bem;

* Colocar num recipiente, cobrir com um pano limpo e seco e levar ao forno pré-aquecido a 50º e posteriormente desligado durante uma hora ou até a massa dobrar de volume;

* Retirar, colocar na forma pretendida (usei uma forma de bolo inglês) e levar novamente a levedar durante uma hora;

* Cozinhar no forno pré-aquecido a 220º durante trinta a quarenta minutos.




Tenham uma óptima semana :D

6 comentários:

  1. Olá Joana, pode dizer-me onde comprou o preparado para pão integral!?
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comprei no Continente. Comprei da marca Nacional, mas agora eles já têm de marca branca :)

      Eliminar
  2. Brightside: vais visitar Coimbra mais vezes e depois podemos combinar um cafezinho (não podemos é prometer não falar de medicina) ;) beijinhos, Hermione

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu agora já não consigo falar muito de medicina, já nem me sinto bem médica :P Mas fica combinado ;)

      Eliminar
  3. Batota ou nao, quentinho com manteiga é uma maravilha! É sempre complicado quando os amigos vao para londe de nós, mas fazer o quê, a vida é mesmo assim! E hoje em dia, felizmente, as distancias tornam-se bem mais curtinhas! Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />