12 de junho de 2015

Brownies de chocolate e avelã (paleo, sem farinha, sem açúcar) e um esquentador avariado! :)

'How often have I lain beneath rain on a strange roof, thinking of home.'

William Faulkner




Percebi que tinha oficialmente passado a pertencer a Lisboa no dia em que me vi obrigada a ser seguida em médicos cá. Antes disso ia conciliando as férias no Porto com as visitas à minha médica de família, ao meu dentista, à minha ginecologista e ao meu oftalmologista, e passei sete anos da minha vida em negação da realidade: se vivia cá, tinha que arranjar médicos cá.


Este ano decidi render-me às evidências. Mudei a minha morada na Loja do Cidadão, inscrevi-me no centro de saúde (onde não tenho médico de família!), comecei a ser seguida por um dentista que foi meu colega interno no ano comum, arranjei um ginecologista conceituado e passei a confiar no Pedro para a minha revisão ocular. E as coisas foram ficando encaminhadas.


Mas continuamos a não conseguir lutar contra esta sensação de que não conhecemos ninguém cá em Lisboa. Precisamos de uma empregada da limpeza? Não conhecemos ninguém. Estamos a pensar em pintar a casa? Não conhecemos ninguém. Rebentou um cano na cozinha? Não conhecemos ninguém.

Avariou-se o esquentador? Não conhecemos ninguém.


Tendo em conta que a alternativa era tomar banho de água fria, a necessidade aguçou-nos o engenho e decidimos tratar de conhecer alguém: uma pesquisa no google e quarenta minutos depois lá chegou a nossa casa um senhor todo despachado que nos arranjou o esquentador num instante. E eu fiquei tão contente pela perspectiva de poder tomar o meu banho quentinho que lhe ofereci uns brownies de chocolate e avelã, que o senhor aceitou com um sorriso antes de ir embora para salvar outro esquentador, como um super-herói das casas.


E nós percebemos que podemos não conhecer ninguém, mas estamos no caminho certo. Basta uma pesquisa rápida no google, alguma esperança, uma certa dose de confiança... E uns brownies saudáveis como forma de agradecimento depois :)


Brownies de chocolate e avelã (paleo, sem farinha, sem açúcar) (receita adaptada do blog 'Creme de la Crumb')

Ingredientes:

* Um quarto de chávena de manteiga sem sal (quatro colheres de sopa);
* Duas chávenas de pepitas de chocolate negro (cerca de 300g);
* Meia chávena de manteiga de avelã caseira (receita aqui);
* Quatro ovos;
* Um terço de chávena de mel (seis colheres de sopa);
* Meia chávena de cacau em pó magro;
* Uma pitada de sal;
* Uma colher de chá de essência de baunilha caseira (receita aqui).

Confecção:

* Derreter a manteiga, as pepitas de chocolate e a manteiga de avelã no microondas, mexendo de vinte em vinte segundos;

* Juntar nesta mistura os ovos, o mel, o cacau em pó, o sal e a essência de baunilha e misturar bem;

* Colocar num tabuleiro com cerca de 18x25cm coberto com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante trinta minutos;

* Deixar arrefecer completamente antes de cortar.




Até amanhã :D

12 comentários:

  1. Têm um ar divinallll.. e os ingredientes são tão simples... vou experimentar de certeza, com total confiança :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana,

    O facto de viver nas grandes cidades se para umas coisas é melhor (acho eu) para outras não será tanto assim... E acredito que estabelecer confiança principalmente com a parte médica, que eu também tenho os meus médicos de várias especialidades à anos os mesmos e alterar as rotinas todas nesse sentido não deve ser fácil!!!
    Mas oferecer brownies ao canalizador? Dessa nunca tinha ouvido falar, só tu :-) Mas que ele deve ter ficado todo regalado com a oferta lá isso deve... Quando avariar qualquer coisinha que eu saiba dar um jeito até eu gostava de ir aí arranjar, já vi que quem entra nessa casa é recebida com muito carinho :-) (até mesmo o canalizador desconhecido) :-)
    Esses brownies parecem ser bem compactos e pelo aspecto bem saborosos e com ingredientes acessíveis... Gosto!

    Beijinhos grandes*** Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mudar de ginecologista? Foi o que me custou mais. Adorava de paixão a minha ginecologista :(

      Confesso que o canalizador ficou meio confuso, mas eu tenho ar de menina do coro e lá o convenci :D

      Eliminar
  3. Se quiseres posso ir arranjar-te o esquentador da próxima vez, mas só vou se tiveres esses brownies!

    ResponderEliminar
  4. Nem imagino o que é ir morar para outra cidade...
    Esses brownies ficaram bem gulosos e mais saudáveis.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/06/crepes-gratinados-com-molho-de-pizza.html?m=0

    ResponderEliminar
  5. Os médicos são definitivamente o que define a morada :) estavas muito ligada aos teus :P mas realmente deve ser difícil mudar, depois de se estar habituado e com confiança nalguns!
    7 anos? Não partiste um espelho antes de te mudares? :P
    (Sim, porque toda a gente sabe que «azar» = «não vontade de mudar de médicos» :P)
    Mudar de morada na Loja do Cidadão, que drástico e definitivo :) é engraçado que não o tivesses feito antes :P mas eu ligaria mais a preguiça! Sou eu que sou preguiçosa ;)
    O Pedro ser teu oftalmologista é engraçado :)
    Nunca tinha pensado nisso, realmente deve ser complicado! Estou tão habituada a haver um monte de gente disponível para limpezas, arranjos ou outras coisas quaisquer que nem imaginei o quão estranho deve ser não ter uma teia de contactos quase familiares (ou uma avó/vizinha/tia que a tenha :P). Ainda por cima há pessoas que fazem tudo, o que facilita muito - nem é preciso seleccionar, basta chamar o Sr. António para tudo. O que é óptimo. Podias ter dito qualquer coisa, se ele sabe arranjar uma sanita meio podre também deve conseguir ir a lisboa em 30 minutos :D
    (Sim, 30 para bater o teu «arranjador» :P)
    A internet é uma enorme ajuda! Para pessoas sem grandes contactos com essas pessoas que fazem profissões semi-clandestinas dá imenso jeito.
    A sério, deste-lhe um brownie? Eu acho que tinha medo de que tivesse veneno :P não que tenhas cara de assassina, há gente estranha ;)
    ...de qualquer das maneiras não sei se resistia, com ou sem veneno, porque parecem mesmo deliciosos :D e TÃO direitinhos!
    («Super-herói das casas» é hilariante.)
    Os brownies são a chave para o sucesso! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou uma pessoa com um ar querido, o senhor nem desconfiou de mim :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />