12 de janeiro de 2015

Queques de Raffaello gloriosos.

Do you remember me?
I was the one that held you through.
I held the spotlight when you did that crazy dance.
I danced with you, I felt like superstars do.
Me and you, we're just like superstars.

David Fonseca


Isto pode parecer-vos inacreditável, mas há receitas minhas que eu não chego a publicar.

É verdade, eu cozinho ainda mais do que parece pelo blog.


Há várias razões para isto. Há receitas que eu considero que não se enquadram tão bem no contexto do blog, outras que embora sejam receitas não são comestíveis (como desodorizante caseiro à base de óleo de coco), outras cujas fotos não me impressionam, outras que ficam boas mas que têm potencial para serem ainda melhores depois de uns ajustes e outras que são uns autênticos e desoladores fiascos.

E depois, há os queques de Raffaello.


Fiz esta receita pela primeira vez no ano passado, mas nunca a cheguei a publicar. A versão original era diferente, e embora já fosse óptima achei que ficaria transcendentalmente melhor se juntasse coco ralado na mistura. O tempo foi passando, outros queques foram aparecendo na minha vida e os pobres queques de Raffaello foram chutados para o esquecimento.


Até ao workshop de queques de Natal. Quando comecei a pensar em receitas natalícias, logo me ocorreu fazer uns queques de Ferrero Rocher - afinal, creio que não há uma única pessoa que não associe os Ferrero Rocher ao Natal. Adaptei a minha receita original de queques de Raffaello, e a verdade é que os queques de Ferrero Rocher ficaram tão estrondosamente maravilhosos que foram os preferidos de quase toda a gente do workshop.

Depois daquilo, fiquei decidida a regressar aos meus queques de Raffaello. E meti mãos à obra.


Por isso aqui estão eles, em toda a sua glória. Uns queques explosivos que vão inundar a vossa cozinha e a vossa alma do cheirinho e do sabor delicioso do coco. Uns queques decadentes com chocolate branco, avelã, coco, coco e ainda mais coco.

Eu diria que valeu bem a pena a espera, não acham? :D


Queques de Raffaello

Ingredientes (para oito queques):

* Meia chávena de leite de coco;
* Duas colheres de chá de vinagre;
* Três quartos de chávena de chá mais uma colher de sopa de farinha de trigo;
* Um quarto de chávena de chá de coco ralado;
* Meia colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Meia colher de chá de fermento;
* Uma pitada de sal;
* Um ovo;
* Dois terços de chávena de chá de açúcar amarelo;
* Três colheres de sopa de óleo de coco derretido;
* Uma colher de chá de extracto de baunilha;
* 150g de Raffaello esmagados.

Confecção:

* Juntar o leite de coco com o vinagre e deixar actuar durante aproximadamente dez minutos;

* Numa tigela grande misturar a farinha, o coco ralado, o bicarbonato de sódio, o fermento e o sal;

* Numa tigela média bater o ovo e juntar o açúcar amarelo, batendo bem até ficar um creme leve e espumoso;

* Acrescentar o óleo de coco derretido, o extracto de baunilha e o leite de coco, batendo até ficar tudo misturado;

* Juntar os ingredientes líquidos com os ingredientes secos e misturar apenas até a mistura ficar combinada;

* Acrescentar os Raffaelo e envolver;

* Colocar a massa em forminhas e levar ao forno pré-aquecido a 220º durante sete minutos;

* Sem abrir o forno, baixar a temperatura para os 180º e deixar cozinhar durante mais oito minutos.


Tenham uma óptima semana :D

12 comentários:

  1. Mas que expectaculares estes queques!

    ResponderEliminar
  2. Eu adoro os bombons raffaelo! :)
    E também me acontece o mesmo...nem tudo o que cozinha vai para o blogue.
    Estes queques devem ser o máximo.
    Um beijinho,
    Sarinha - No Conforto da Minha Cozinha

    ResponderEliminar
  3. Ficas muito chocada se eu te disser que nunca provei um Raffaello? :D
    Nunca calhou!

    ResponderEliminar
  4. Estes queques são daqueles que seriam só para mim! O meu marido é intolerante ao coco por isso raramente faço sobremesas com coco. Mas acho mesmo que vou experimentar porque apesar de eu adorar tudo o que leva coco fiquei seriamente enjoada de queques de coco pois eram os únicos que a minha mãe fazia. Acho que não havia fim de semana em que ela não fizesse uns queques de coco! Quase que posso dizer que eram a imagem de marca dela! Mas acho que passados tantos anos vou arriscar fazer estes para ver se me conquistam de novo pois a receita é diferente e parecem ser super deliciosos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São muito deliciosos mesmo. São um pecadinho, mas são bem bons :D

      Eliminar
  5. Cozinhas imenso :P e ainda por cima (quase) só coisas deliciosas E com um aspecto delicioso!
    Eu tenho umas 50 receitas à espera de publicação, o que é obviamente porque também cozinho imenso e não porque publico só quando o rei faz anos (não sei se esta expressão quer mesmo dizer o que eu quero, mas lembrei-me dela e até é gira). A sério, não sei como tu geres isto (mesmo com 1 receita a cada 2 dias. Mesmo com 1 receita por semana. Deve-te dar um trabalho enorme E ainda por cima não tens muito tempo :P).
    Mas imensas vezes faço coisas e depois penso "hmm, não está escandalosamente bom" ou "hmm, está bom, nem vale a pena tirar fotos que vou fazer outra vez" ou "hmm, está bom, vou fazer outra vez mas menos feio" ou "não me apetece medir ingredientes nem tirar fotos, paciência" ou "quero lá saber do blog, a minha pizza está a arrefecer". Imagina a minha paciência se tivesse de tirar fotos como tu :)
    Estou a pensar em fazer os de Ferrero Rocher. Nunca tenho isso, NUNCA, e este ano deram 3 caixas :P uma à minha avó, mas nós aqui somos comunistas.
    Então o workshop já valeu a pena só por estes muffins :D
    (Não só, mas também :P)
    OH-MEU-DEUS nãointeressaseasformassãocaras QUERO-AS. Que. Giro. Não sabia que tinha essa plataforma adorável, tipo naqueles espectáculos de desenhos animados em que tiram a roupa e têm outra por baixo mas mil vezes melhor. E a coisa a sair com aquela migalhada agradável de papel de madalena... E o muffin! Está tão direitinho e perfeito, com essa cor uniforme de creme e o topo arredondado com partes mais branquinhas :D Fica tão engraçado, tipo um cilindro altinho com depois uma espécie de meia esfera em cima :D parecem os muffins de nectarina!
    É engraçado, quando fiz a receita fiz exactamente a mesma coisa - pus coco ralado, leite de coco e óleo de coco em vez dos ingredientes originais correspondentes :)
    AHH a sério por que é que fazes isso de dissecar um muffin no fim? Assim partido, cruelmente ao meio... Eu gosto de comer o "dome" primeiro e depois o resto (parece que os estou a esventrar :P), mas fotografá-lo dilacerado é um bocado mau demais :P por outro lado, dá para ver que é muito fofo! Parecem deliciosos :) a textura está demais! São muito... Frescos :P eu não esmaguei muito, os pedaços ficaram maiores mas também ficou muito bom! A minha mãe adorou :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso reconheço que estas formas são amorosas. Estas e umas castanhas que comprei são mesmo a paixão cá de casa :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />