17 de junho de 2014

Iogurtes líquidos de cereja e um eventual projecto novo.

Flexing vocabulary runs right through me,
The alphabet runs right from A to Z.
Conversations, hesitations in my mind,
You got my conscience asking questions that I can't find.

I'm not crazy, I'm sure I ain't done nothing wrong.
I'm just waiting 'cause I heard that this feeling won't last that long.

All Saints


Desde que publiquei o meu 'Queques que enchem a alma' há duas perguntas que me fazem constantemente.

1: Agora que já plantaste uma árvore e escreveste um livro sabes o que vem a seguir, não sabes?

2: E quando é que escreves o segundo?


Confesso que, ao contrário da primeira pergunta (que já só me arranca suspiros de exasperação), a segunda deixa-me relativamente intrigada. Por um lado, eu nunca escondi que o meu grande sonho era escrever um livro de queques. Por outro, tenho vontade de continuar o que comecei e escrever outro livro.

É claro que tudo isto levanta outras questões: como vou conciliar a minha carreira profissional com a entrega que exige escrever (novamente) um livro? Como vou conjugar ser médica, fazer uma pós-graduação, ter uma vida familiar preenchida, ter um blog de culinária e escrever um livro? E mesmo que conseguisse equilibrar tudo, escreveria sobre o quê?


Confesso-vos que a resposta a esta última pergunta me ocorreu mal o meu olhar se cruzou com a minha iogurteira pela primeira vez, e há meses que ando absolutamente e irremediavelmente apaixonada por fazer iogurtes.


Poucas coisas na vida sabem tão bem como lanchar um iogurte e um queque feitos integralmente por mim. Por isso aqui têm a vossa resposta: no dia em que descobrir que consigo conciliar tudo, vou escrever um livro com receitas de iogurtes.

Talvez nesse dia deixe de publicar as receitas no blog e comece a desenvolvê-las em segredo. Enquanto esse dia não chega, aqui está mais uma receitinha :D


Iogurtes líquidos de cereja

Ingredientes (para seis iogurtes):

* 300g de cerejas descaroçadas;
* 100g de açúcar;
* Sumo de um limão;
* Um litro de leite fresco meio-gordo;
* Três colheres de sopa de leite em pó magro;
* Três colheres de sopa de açúcar;
* Um iogurte natural.

Confecção:

* Levar as cerejas ao lume com o açúcar e o sumo de limão;

* Aquecer em lume brando, mexendo de vez em quando até a mistura engrossar;

* Triturar com a varinha mágica e deixar arrefecer;

* Noutro tacho colocar o leite fresco, o leite em pó e o açúcar e mexer com uma vara de arames;

* Levar ao lume até ferver e deixar arrefecer;

* Quando estiver morno juntar o iogurte, misturando com a vara de arames;

* Distribuir a fruta pelos copinhos e cobrir com o leite;

* Levar à iogurteira durante cerca de nove horas;

* Transferir para o frigorífico durante pelo menos quatro horas.



Tenham uma óptima Yogurt Tuesday! :D

4 comentários:

  1. Em 1º lugar muito parabéns pelo livro.
    Em 2º acho uma excelente ideia. Eu por exemplo faço os iogurtes em casa há muito tempo e receitas novas são sempre bem vindas.

    ResponderEliminar
  2. Até é boa ideia :) agora que começaste podes continuar, é sempre bom :D
    Quando começares a desrespeitar a yogurt tuesday já sei... É por uma boa causa :) Gosto da ideia dos livros temáticos, receitas aleatórias é demasiado chato ;) Ao menos assim sei que todas as receitas me interessam...
    Gostava de ver por aqui receitas de iogurtes vegetais, estas variações são muito giras mas outras também seriam :)
    Realmente tens muitas ideias, já fizeste imensas coisas com os iogurtes :P Estes aqui também vão para a lista! Já disse que coisas com cereja soam tremendamente bem? Quando eu era pequena havia uma coisinha de tirar caroços às cerejas, agora não sei onde está... Provavelmente para esses 300g de cerejas precisava de 1kg delas, a raspar os lados e a deixar um pseudo-caroço cúbico :( Não dava muito jeito. Ainda por cima não comi cerejas este ano e são um bocado caras, não sei se tinha coragem para fazer iogurtes com elas (umas para muffins floresta negra há sempre ;))... Mas ohh essa parte vermelhinha em baixo! Os iogurtes de framboesa eram mesmo mesmo bons, e só consigo imaginar o sabor a cereja... Qualquer dia vou ter de comprar! Mas é um bocado estranho que sejam líquidos, costumo deixar o fundo para o fim :P

    ResponderEliminar
  3. Olá! Já há algum tempo que vejo o teu blog e acho espetacular! A ideia do livro de iogurtes é fantastica!Mas sabes que os iogurtes nem precisam de iogurteira???Basta coloca-los num frasco esterilizado ( com a água a ferver) e embrulhar numa manta quentinha...eu deixo de um dia para o outro (10 h) e ficam ótimos. Beijinhos e muito sucesso

    ResponderEliminar
  4. Olá! Já há algum tempo que vejo o teu blog e acho espetacular! A ideia do livro de iogurtes é fantastica!Mas sabes que os iogurtes nem precisam de iogurteira???Basta coloca-los num frasco esterilizado ( com a água a ferver) e embrulhar numa manta quentinha...eu deixo de um dia para o outro (10 h) e ficam ótimos. Beijinhos e muito sucesso

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />