12 de maio de 2014

Muffins de limão e cerveja (sem açúcar) e duas gafes :D

All I know is everything is not as it's sold
But the more I grow, the less I know.
And I have lived so many lives, though I'm not old.
And the more I see, the less I grow.
The fewer the seeds, the more I sow.

Then I see you standing there,
Wanting more from me,
And all I can do is try.

Nelly Furtado


Quem me é relativamente próximo sabe que eu tenho por vezes a tendência incontrolável de ser inconveniente - embora seja uma miúda bem educada sou sempre aquela que não pensa antes de falar e que comete uma quantidade abismal de gafes monumentais.

O Pedro chama a isto diarreia verbal. Eu chamo a isto parte do meu charme.


Na primeira reunião que tive na editora cometi duas das mais épicas gafes de sempre. A primeira foi dizer que não queria receber uma margem de lucro grande porque não estava de todo a fazer isto pelo dinheiro. Vou para sempre guardar com muito carinho na memória a cara vagamente homicida do Pedro, seguida por um resignado encolher de ombros.

(Entretanto descobri um óptimo uso para dar ao dinheiro, por isso comprem muitos dos meus livrinhos porque é tudo por uma causa fantástica que será tema de outro post!) :D


A segunda gafe foi ter dito que nunca nunca nunca nunca nunca iria à televisão, nem que me pagassem ou nem que todo o sucesso do meu livro dependesse disso.

Eu podia perder-me aqui em explicações, mas na verdade já falei desse acontecimento traumático da minha vida noutra receita. Na altura jurei que nunca nunca nunca nunca nunca mais iria à televisão, e disse orgulhosamente na reunião que planeava cumprir essa promessa.

O Pedro ficou desesperado.


Já passou algum tempo desde a reunião, e ao longo dos meses tenho tentado mentalizar-me que eventualmente lá terei mesmo de ir à televisão. E decidi que uma vez que vou ter de fazer algo tão infinitamente desagradável para mim, pelo menos vou parecer super boazona a fazê-lo.

Entram em cena os muffins sem açúcar.


Esta receita é adaptada dos muffins de sidra de maçã, uma receita muito apreciada cá em casa. Usei limão e cerveja de limão para um resultado com mais cheirinho a Verão, e a verdade é que o resultado foi igualmente bom :D

Apesar de levarem mel estes muffins não ficam particularmente doces, por isso se pretenderem coisas docinhas podem procurar alternativas entre as minhas outras receitas. Hoje estes muffins são só aptos para quem tem um medo incontrolável de ir à televisão :D


Muffins de limão e cerveja (sem açúcar)

Ingredientes (para quatro muffins grandes):

* Uma chávena de farinha de trigo;
* Uma colher de chá e meia de fermento;
* Uma colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Meia colher de chá de canela;
* Uma pitada de sal;
* 80ml de mel;
* 120ml de cerveja com sabor a limão;
* Raspa de meio limão;
* Uma colher de sopa de óleo vegetal.

Confecção:

* Numa tigela grande misturar a farinha, o fermento, o bicarbonato de sódio, a canela e o sal;

* Noutra tigela misturar o mel, a cerveja, a raspa de limão e o óleo vegetal;

* Juntar os ingredientes líquidos aos ingredientes secos e mexer apenas até a mistura ficar grosseiramente homogénea;

* Dividir a massa por forminhas próprias para muffins untadas ou cobertas com formas de papel;

* Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC durante 7 minutos;

* Sem retirar os muffins do forno, reduzir a temperatura para 190ºC;

* Deixar no forno durante mais 15 minutos;

* Retirar os muffins do forno e deixar arrefecer nas formas durante alguns minutos;

* Transferir para uma grade e deixar arrefecer completamente;

* Opcionalmente podem cobrir com glacé de limão (uma chávena de açúcar em pó misturada com duas colheres de sopa de sumo de limão) :)


Tenham uma óptima Muffin Monday :D

6 comentários:

  1. Esses muffins devem ser bem deliciosos! :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana...

    Estes muffins parecem-me muito bem, o facto de não serem muito doces para mim não é um contra mas sim uma vantagem :-)

    Logo que tenha um bocadinho de espaço na minha longa lista de experiências de receitas que quero fazer atiro-me a eles :-)

    Beijinhos grandes***
    joana

    ResponderEliminar
  3. Diarreia verbal é uma expressão mesmo gira :)
    Estou habituada a um uso da palavra "gafe" bastante diferente :P mas estas também são engraçadas... Desculpa, charmosas :P
    Eu até nem me importava de, ao comprar o teu livro, estar a financiar uma viagem com direito a foto-reportagem ;) não estares a fazer pelo dinheiro é bonito, mas podes aproveitá-lo como um extra... Mesmo assiiim, guardo com curiosidade as novidades :)
    Pareces aqueles autores excêntricos com pedidos estranhos... A maioria das pessoas até gostaria de "ir à televisão".
    (Ah, e voltaste a deixar-me com vontade de ver a tua ida à televisão... Não é por mal, mas fiquei curiosa :P)
    Não é nada de especial, basta manteres a calma (falar é mesmo fácil, não é?). Eu gostava muito de te ver na TV, e ao menos tens senhores simpáticos (ou não) que têm câmaras fixes e, com um bocadinho de sorte, não omitem a tua cabeça do programa! É como o vídeo da academia de queijo, ficou mesmo bem! Portanto não sei qual é o receio (definitivamente, falar é fácil.) Pensa em como vais poder alertar imensa gente para o perigo de mexer demais a massa dos muffins!
    Haha parece-me um bom plano! Especialmente quando estes muffins fazem parte dele :) gostei da adaptação de ingredientes, especialmente do uso de cerveja com sabor a limão!
    O pouco açúcar não costuma ser um problema, visto que toda a gente se sente no dever de salientar o quão bons os muffins são e ainda por cima não engordam nadinha porque são pouco doces. A sério, a minha avó acha que dizer que as coisas estão "insossas" (até as sobremesas!) é um elogio (enquanto eu arrasto melancolicamente a receita e as fotos para a reciclagem :P). Normalmente não me importo que as coisas sejam pouco doces e gosto, mas confesso que fico com um bocado de medo quando TU dizes isso, porque normalmente esses avisos de " quem não gosta de (...) deve usar outra receita" não funcionam muito bem comigo, e fico com menos vontade de fazer... O mesmo acontece com o teu pão de ló de chocolate, que tem um aspeto FANTÁSTICO... Acho que disseste que tinhas medo que os convidados achassem pouco doce. E como tu já não costumas fazer as coisas muuito doces fico com receio :P Sinceramente já sei que vou fazer os dois, porque o comentário ao pão de ló não mudou nada (é impotente perante aquele aspeto, só não fiz porque me esqueço sempre... Agora que me lembrei já vou pôr na lista :P) e a última foto deste post fez-me esquecer o que dizia antes (deixou-me KO, ainda parece melhor que nas outras)! De qualquer das maneiras é bom ter a apreciação, assim já sei e não os faço para pessoas esquisitas :)
    Acho que vou tentar fazer terapia de aversão com a televisão para ficar apta a experimentar estes muffins!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha ida à televisão foi tão traumática que obriguei toda a gente a apagar as provas :P Decerto que se me visse agora não ia achar aquilo assim tão totó, mas na altura achei mesmo um drama total ;)

      Isto do pouco açúcar é muito relativo. Há quem ache que os meus muffins normais são pouco doces, há quem ache que são óptimos... Depende muito do gosto de cada um. Nestes em particular nota-se mais porque a cerveja tem um sabor mais 'amargo'. O Pedro gostou imenso, eu só gostei moderadamente e sinceramente se não fosse pela reacção tão positiva dele acho que nem tinha mostrado aqui os muffins. Mas pronto, gostos são gostos :D

      Se bem me lembro na altura a questão do pão-de-ló foi que ficou com um sabor bem forte a cacau (e não a chocolate) e há quem torça o nariz. Cambada de esquisitinhos! ;)

      Eliminar
  4. Aparecer na tv = MEDO!!! :D Também é algo que acho que só faria se a minha vida dependesse disso (ihih)... :)
    Mas força, estamos ctg! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />