24 de março de 2014

Muffins de mirtilo com crumble e um segundo emprego.

He would now have comprehended
That work consists of whatever a body is obliged to do,
And that play consists of whatever a body is not obliged to do.

Mark Twain
The Adventures of Tom Sawyer


Há quase três meses que comecei a trabalhar.

Eu sei que já devia estar habituada e adaptada, mas de repente comecei a notar que cada dia que passava me deixava mais cansada e farta. Sentia o tempo a escapar-se por entre os meus dedos, como se eu estivesse estática e tudo andasse depressa demais à minha volta. Sentia que tudo estava confuso, como se estivesse a olhar para o meu mundo através de uma janela embaciada.

Não tinha paciência, não tinha energia e, acima de tudo, não tinha aquela histeria alegria que me é tão familiar. Estava sempre cansada, aborrecida e ensonada.

E um dia tive uma epifania.


A verdade é que eu tenho dois empregos: sou médica durante o dia, e quando chego a casa sou blogger de culinária. E isso implica passar horas a cozinhar, a fotografar, a editar fotografias, a procurar inspiração para textos, a escrever, a confirmar que está tudo bem, a procurar novas receitas, a conhecer blogs novos, a aprender novas técnicas, a descobrir novos ingredientes, a responder a mails e a comentários e a actualizar a página de Facebook e o Pinterest. Tudo isto enquanto planeio um casamento, espero pelo lançamento do meu livro, organizo a casa, tento visitar a minha família com alguma frequência e dou carinho ao Pedro.

Não admira que me sentisse cansada.


Muito sinceramente eu sabia que este dia iria chegar. Senti-o chegar no início do sexto ano do curso, quando precisei de tempo para estudar para o exame da especialidade. Senti-o chegar quando acabaram as aulas e tive de me dedicar por completo ao estudo e ao livro. Senti-o chegar quando comecei a trabalhar. E pelo caminho deixei de comentar outros blogs, demoro mais tempo do que gostaria a responder a mails e comentários e não consigo cozinhar tanto quanto a minha alma me pede.

Eu senti-o chegar e ele chegou: o dia em que me questiono se vou conseguir continuar a manter este ritmo. O dia em que não tenho vontade de escrever uma única palavra. O dia em que percebo que o blog é uma parte importante da minha vida, mas não é a mais importante.

Chegou o dia em que tive de reorganizar as minhas prioridades.


Tirei umas férias. Deixei de me preocupar. Deixei de escrever no blog todos os dias - o que não foi notório para vocês porque vou agendando os posts com algum tempo de antecedência. Deixei de ver o blog como um trabalho. Despedi-me. E quando o trabalho foi, o hobbie ficou.

Porque já dizia Mark Twain numa das minhas frases preferidas de sempre: trabalho é tudo aquilo que somos obrigados a fazer, e prazer é tudo aquilo que não somos obrigados a fazer.


Muffins de mirtilo com crumble (receita adaptada do blog 'Cooking Classy')

Ingredientes (para dez muffins):

* 60ml de leite;
* 60ml de natas;
* Duas colheres de chá de vinagre;
* Uma chávena e três quartos de farinha de trigo (ou uma chávena mais doze colheres de sopa);
* Uma colher de chá de fermento;
* Meia colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Uma pitada de sal;
* Dois ovos grandes;
* Uma chávena de açúcar;
* Sete colheres de sopa de óleo vegetal;
* 125g de mirtilos frescos;

Para o crumble:

* Seis colheres de sopa de farinha;
* Uma colher de sopa e meia de açúcar branco;
* Uma colher de sopa e meia de açúcar mascavado;
* Três colheres de sopa de manteiga fria e cortada em pequenos cubos.

Confecção:

* Num pequeno copo juntar o leite com uma colher de chá de vinagre e reservar durante alguns minutos;

* Noutro copo juntar as natas com a colher de chá de vinagre restante e reservar durante alguns minutos;

* Numa tigela grande juntar a farinha de trigo, o fermento, o bicarbonato de sódio e o sal e misturar bem;

* Numa tigela média bater o ovo com o açúcar até se formar um creme espumoso e juntar o óleo, o leite e as natas, batendo bem;

* Juntar os ingredientes líquidos aos ingredientes secos, mexendo apenas até a mistura ficar ligada - sem mexer demasiado para os muffins não ficarem pesados;

* Envolver cuidadosamente os mirtilos na massa;

* Para o crumble juntar a farinha, o açúcar, o açúcar mascavado e a manteiga e misturar com os dedos ou com um garfo até ficar uma mistura semelhante a areia grossa;

* Colocar a massa em forminhas para muffins e cobrir com o crumble;

* Levar ao forno pré-aquecido a 220º durante oito minutos;

* Sem abrir o forno, baixar a temperatura para os 190º e deixar cozinhar durante mais 22 minutos (ou até os muffins ficarem douradinhos, o ideal é irem verificando);

* Deixar arrefecer ligeiramente dentro das formas e retirar.



Já tinha outra receita de muffins de mirtilo com crumble aqui, que até adaptei para levar vários frutos vermelhos. Muito sinceramente gostei mais destas duas, mas isso pode estar relacionado com o facto de só ter provado estes muffins um dia depois de os ter feito (porque fi-los para uma festa). Independentemente disso estavam muito saborosos :)

Tenham uma óptima Muffin Monday :D

9 comentários:

  1. Podes crer!
    Quando há um mês endoidei e comecei o blog de culinária, nunca imaginei que ia ter tanto trabalho.
    É um prazer, mas caramba não estou a ver que outro tipo de blog possa ocupar tanto tempo!
    Esses muffins estão lindos ;-)

    ResponderEliminar
  2. Fazes bem! Senti o mesmo quando ao fim de um ano me libertei da obrigação (imposta por mim mesma, mas ainda assim) de publicar uma receita por dia. Hobbie que é hobbie deve ser para nos dar prazer, e não para nos cansar!

    ResponderEliminar
  3. Por momentos pensei que ias deixar de escrever no blog... Sim realmente ocupa bastante tempo. Acho quase impossível postar todos os dias tendo um emprego de 8 (ou mais...) horas diárias. E se deixar de ser um hobbie, ou melhor, um prazer, as coisas não funcionam bem.
    Gosto da receita, aliás, gosto muito de muffins de mirtilo. Também faço uns com crumble e fica um contraste de texturas muito bom, sobretudo quando a dentada apanha um mirtilo. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. É verdade Joana, o blog e a cozinha não podem ser um trabalho, têm que ser um hobbie e apenas quando nos apetece.
    Gostei desta tua receita, bjs

    ResponderEliminar
  5. A questão é: vais deixar de postar por completo?
    Na minha opinião acho que não tens porquê abdicar deste espaço, deves sim e muito bem tentar conciliar e se isso significa postar menos vezes, pois então que seja. Eu não posto todos os dias - com 3 filhos e uma série de outras coisas jamais conseguiria - mas não conseguiria deixar de postar totalmente. Por isso nada como encontrares algo que funcione para ti :)
    Grande beijinho e boa sorte nesta gestão.

    ResponderEliminar
  6. Quando me disseste isso fiquei com algum medo que fosses deixar o blog, confesso... E agora estive a ler o post todo com o coração apertado! Não se faz :P
    Sempre achei estranho que conseguisses coordenar tudo! É que fazer 5 receitas diferentes por semana é muito. E tirar fotos bonitas e escrever os posts? 6 por semana? Imenso.
    Eu não sou organizada como tu, pelo que posto umas 2 vezes por semana e escrevo os posts no dia e mais ou menos quando tenho tempo e me apetece. E mesmo assim rouba-me algum tempo... Mas gosto :) (também estou numa fase de lua de mel :P)
    O problema também está na maneira como se vêem as coisas. Eu sei que isto não está lá muito relacionado, mas uma coisa que me chateia é que eu gosto de correr e me sinto bem enquanto o faço, mas só aos poucos começo a deixar de olhar para isso como uma coisa negativa (será que tem a ver com o trauma de correr 10 minutos a 8km/h e ficar vermelha e KO?). E fico com um sentimento desagradável, como se tivesse uma obrigação horrível para fazer. Acho que o meu pensamento está desajustado... Mas é difícil convencer do contrário! Por muito tempo que tenha passado. Mesmo que não tenhas experiências negativas com o início do blog... às vezes basta uma "distracção" para se passar a ter, gradualmente, um sentimento diferente em relação às coisas.
    Agora vou deixar de vaguear.
    Os comentários... Ler os posts e comentar é uma coisa de que gosto, mas demoram algum tempo, sim... E se tj retribuísses todas as visitas ficavas atolada em "trabalho". Acho que toda a gente prefere ler os teus posts maravilhosos a receber comentários ou respostas imediatas. Pelo menos eu sim :P
    Também não sei como tens paciência para editar fotos! Uma vez editei duas e cansei-me. (Eu sei, nota-se.)
    Pode não parecer, mas acho que dá realmente trabalho. Então imagino para ti!
    Agora que penso nisso (quem é que quero enganar, tive pesadelos com isso! Haha) já fizeste posts de quase despedida algumas vezes. Incluindo as "férias" que fizeram um suspanse horrível. É natural que tenhas dúvidas... Ninguém pode querer que sacrifiques a tua vida em prol do blog, por muito que se tenha desejos egoístas ao ler posts como estes (quem, eu?)... Adoro ler os teus posts e ficaria um bocadinho destroçada se passasses a postar menos, mas se é o melhor para ti lá no fundo até fico contente ;)
    Espero que fique como hobbie :) e que a gestão funcione!
    Desculpa se fui demasiado dramática... Pode ser estranho, mas gosto sinceramente de ler os teus posts! E gosto de me atrasar a lê-los para depois os ler todos :) Nem dá para explicar, mas gosto, pronto.
    Vale sequer a pena comentar os muffins? Essas intrusões de mirtilo parecem mesmo boas! :)

    ResponderEliminar
  7. É bem verdade que o blogue acaba por ser um segundo trabalho.. mas é de fato compensador, seja pelo gosto pela cozinha, seja pelos amigos a pedirem esta ou aquela receita, seja por "aquele" comentário que nos deixa mais alegres.. Seja por ver postes e muffins desta qualidade, que me fazem sempre vir ao teu cantinho com grande expectativa! ;)
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Joana,
    Eu sou sincera: sinto falta dos teus comentários e das nossas "conversas" ...nos comentários, mas sei bem em como o tempo parece fugir e temos de definir as prioridades consoante a fase em que estamos.
    As coisas feitas por obrigação nunca são tão verdadeiras. Não quer dizer que não tentemos fazer bem...mas fica a faltar aquele toque de prazer.
    Este ano vais outra vez à feira do mirtilo?...e ficas a ver mirtilos pelo olhos :)

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  9. Não é facil manter um blogue a tempo inteiro, tira-nos muito tempo, mas quando é feito com prazer, há tempo para tudo :) O que interessa não é a quantidade, mas sim a qualidade e isso tu tens muito :)

    Ah, e adorei os muffins ;)
    ______________________
    aculpaedasbolachas.com

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />