20 de maio de 2020

Seis meses de Gabriela.

Os últimos dias foram muito, muito felizes. O Matias fez quatro anos, a Gabriela fez seis meses, fizemos a festinha do Toy Story (fotos em breve) e começámos a sair de casa novamente para matar saudades dos nossos programas preferidos. A licença do Pedro terminou e ele regressou ao trabalho, por isso agora eu estou de licença alargada até Setembro e o Matias continua em casa (em princípio regressa à creche com calma no dia 1 de Junho). Já estamos perfeitamente adaptados à nossa nova normalidade e muito felizes por podermos dar os nossos passeios (ainda por cima com distanciamento social, o Pedro nunca esteve tão satisfeito com a vida) :D

No meio de tudo isto, a nossa Gabizocas fez seis meses. Não há muito para acrescentar, na verdade. A Gabriela continua a dormir sem interrupções das 19.30h às 8h ou 9h, e nós continuamos deslumbrados com isto. Também é uma miúda que adora comer, e não há nada que não goste (ao contrário do irmão, que era um esquisitinho com a fruta nesta fase). Também já gosta mais de beber água, embora ainda não seja a maior fã.

É saudável, tem uma pele impecável (adeus traumas com a pele atópica do irmão!), já tem um dentinho e já se senta bem, embora prefira ficar de barriga para baixo a dar às perninhas. Gosta de ficar sossegada no nosso colo ou na espreguiçadeira, a olhar para nós com ar de adoração. Delira com um telefone de brincar que era do irmão e consegue passar imenso tempo a brincar com aquilo.

É este.
Nesta altura o Matias já gatinhava, mas a Gabriela é mais adepta de ficar sossegadinha a olhar para as tontices do irmão. Mal o vê desata a rir-se porque sabe que vem aí pagode. Adora tomar banho com ele e mandar-lhe água com os pés.

Continua com a mesma rotina: dorme uma sesta de manhã e duas de tarde, no geral mais para o curtinho (por volta de 1h cada sesta), e até agora fazia quatro refeições por dia (pequeno-almoço, almoço, lanche e leitinho antes da cama). Nos últimos dias temos tentado dar-lhe mais um lanche, embora seja necessário gerir por causa da questão do peso :) Continua a comer sopas, papas caseiras e fruta.

Depois de passar mais de dois meses sem sair de casa de todo, a Gabriela voltou a sair como se nada se tivesse passado e já nem sequer acha esquisito estarmos de máscara. Tal como o Matias, também não consegue adormecer sem ser na caminha dela (vicissitudes de ter filhos habituados a adormecer sozinhos na sua cama), por isso é necessário gerir horários de saídas. Por outro lado, não parece ficar particularmente irritada quando salta sestas.

E pronto, é a nossa bolachinha. O Matias agora chama-a 'a minha corujinha', o que eu acho amoroso. É lindo ver a relação dos dois a construir-se, o Matias tão irmão mais velho como achávamos que seria, a Gabriela uma autêntica deslumbrada com o irmão.

E tudo está bem.

Ontem no Jardim Zoológico a estrear o carrinho de passeio

Mal vê o irmão começa logo a rir-se
O Matias empurrava o carrinho e largava e depois corria atrás dele e a Gabriela... Ria-se :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />