7 de outubro de 2017

Rússia 2017 #4

Hoje acabam as fotos de Moscovo e começam as de São Petersburgo :) Estivemos em Moscovo dois dias completos e em São Petersburgo três dias completos, e sinceramente achei que foi uma boa divisão. Em Moscovo dois dias deram perfeitamente para fazer o que queríamos (embora o objectivo fosse fazer um programa mais tranquilo, sem grandes visitas a museus). Em São Petersburgo três dias deram para fazer o essencial. Se tivéssemos quatro ou cinco também arranjávamos o que fazer claro, mas como não queríamos passar muitos dias fora foi o que se arranjou. Talvez não volte a Moscovo (até porque dificilmente convenço o Pedro, que não gostou mesmo das pessoas da cidade), mas São Petersburgo é sem dúvida um destino a repetir daqui a uns anos :D

Espero que gostem das fotos de hoje :D

Ainda a Catedral Kazan. Tirei umas cem fotos à Catedral, o Pedro fartou-se de gozar comigo. Não sei, acho-a tão gira :D




O Mausoléu de Lenine visto do GUM
Havia uma exposição no GUM chamada 'bancos do mundo' :)

Fomos só lá tomar um café, mas acabámos por dar um passeio porque era de facto um sítio muito bonito (e além disso lá fora estava a chover!)
O Mosteiro da Epifania (em obras)
A fazer a visita pelo metro :D
Uma das coisas que nos surpreendeu mais na Rússia foi o metro. Para começar, as estações são absolutamente lindas. Depois, o metro é super profundo (tem algumas das estações mais profundas do mundo!), com escadas rolantes intermináveis e cheias de gente. Apesar disso, é muito organizado e rápido, e chegavam metros todos os minutos! O máximo de tempo de espera que tivemos foram dois minutos, o que é verdadeiramente impressionante :D


E estava tudo muito bem tratado e limpinho... Ficámos fãs :D
A Casa de Arseny Morozov, construída depois do autor se ter inspirado nos palácios de Sintra :D
Mais uma vez a passear pela zona da Biblioteca do Lenine (obrigada pela correcção!) :) Ainda tentámos entrar, mas estava lá um senhor polícia que não deixou. Não sabemos se não dá ou se aquela não era a entrada (ele disse-nos qualquer coisa, mas lá está, foi em russo).

Uma loja chinesa adorável que havia na rua do nosso hotel :)
Mais chá, desta vez de frutos vermelhos :D
Desta vez fomos a um restaurante ucraniano, o Odessa :) Eu comi legumes grelhados (claro) e couves recheadas com arroz :D
E um novo chá enquanto esperávamos que fossem horas de ir para o comboio (chá foi a primeira palavra que aprendi em russo, é чай e lê-se 'chai') :D
Como eu tinha dito, o metro está todo em cirílico, por isso é importante saberem o nome das estações antes :D

Já no comboio que nos ia levar a São Petersburgo :D
Há essencialmente duas formas de irem de Moscovo para São Petersburgo: de avião ou de comboio. Depois de pesquisarmos pareceu-nos que o comboio seria a alternativa mais rápida e prática (até porque os aeroportos são longe), e daí a decidirmos matar saudades do Inter-Rail e ir durante a noite foi um passinho. Há comboios de dia que demoram menos de três horas, os da noite demoram umas sete. Não se dormiu tão bem como no Inter-Rail, mas também não se dormiu mal :D
Estação de metro em São Petersburgo
LETRAS QUE NÓS CONSEGUIMOS PERCEBER! ÍAMOS CHORANDO :D

Decididamente estes tipos sabem fazer estações de metro :)
Como ainda era muito cedo (ainda nem eram sete da manhã) e o nosso hotel ficava a quinze minutos do Hermitage, fomos lá dar um passeio e aproveitar para conhecer o edifício sem as hordas de turistas à volta :D
O Palácio de Inverno :D







Parte do edifício do Almirantado
A Catedral de São Isaac, que era ao lado do nosso hotel :)
Estátua de Pedro, o Grande




Já na Nevsky Prospekt, a principal rua da cidade :) Na foto podem ver o Palácio Stroganov :)
Tenham um bom fim-de-semana :D

3 comentários:

  1. Belíssimas imagens. Vamos lá ver se no próximo ano conseguimos ir de férias para um local estrangeiro.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. O que mais me surpreendeu, foram as estações de metro.

    ResponderEliminar
  3. Também adorei as estações de metro e também fiquei abismada com o tamanho das escadas rolantes: não imaginei que as estações fossem tão profundas. Gostei muito do Hermitage: gostava de revisitá-lo! Achei a Catedral de São Isaac muito bonita por dentro. Estou a adorar a tua fotorreportagem!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />