1 de outubro de 2017

Rússia 2017 #1

Pois é, depois de todo este drama acabámos por decidir dois dias antes da viagem que íamos para o Dubai e as Maurícias. Algumas fotos estão no Instagram, as outras ainda vão demorar uns bons tempos a sair (porque ainda falta a foto-reportagem da Rússia e de Barcelona, ups!) :)

Entretanto voltámos e os últimos dias têm sido estranhos. Se, por um lado, é óbvio que as férias acabaram (já regressei ao trabalho, já fiz urgências, já andamos a desesperar com resumos e artigos e posters e comunicações para congressos e já tivemos a reunião de pais do início do ano lectivo), por outro acho que o meu corpo ainda não recebeu a mensagem, e ando com uma preguiça descomunal, a arrastar-me de um lado para o outro, a baldar-me a montes de responsabilidades, a dormir dez horas por dia e a passar o tempo a relaxar com os meus hobbies estupidificantes preferidos. Oh well ¯\_(ツ)_/¯

No entanto, sinceramente acho que foi muito positivo ter atrasado tanto a foto-reportagem da Rússia. Já regressámos há um mês, já conheci outros sítios entretanto (ou recordei, no caso de Barcelona), e agora tenho toda uma outra perspectiva dada pelo passar do tempo, o que talvez não acontecesse se vos tivesse mostrado as fotos a correr há algumas semanas.

Vai daí, e um mês depois, posso dizer-vos que a Rússia foi, a par com Santorini, a viagem que mais gostei este ano (não desfazendo as outras, claro, e embora ainda nos falte uma). Espero que gostem das fotos :)

Estação de comboios em Moscovo :)


Fomos no voo da TAP que sai de Lisboa às 23.00h e chega ao aeroporto de Domodedovo às 06.20h. Apanhámos o Aeroexpress (que sai de meia em meia hora), saímos no terminal de Paveletsky (demorou uns quarenta minutos) e apanhámos o metro para o nosso hotel, que foi o Brick Design Hotel.

Se algum dia estiverem a planear ir à Rússia, aconselho vivamente que levem um plano com tudo traduzido para cirílico. O nosso era assim:

Chegada a Moscovo Domodedovo Домодедов. Apanhar o Aeroexpress Аэроэкспресс (às .00 e às .30) para o Paveletsky Rail Terminal Павелецкая (45 minutos). Apanhar a linha 2 (linha verde escura) no sentido Rechnoy Vokzal Речной вокзал e sair em Teatralnaya Театральная (duas estações). Apanhar a linha 1 (linha vermelha) no sentido Bulvar Rokossovskogo Бульвар Рокоссовского e sair em Chistiye Prudy Чистые пруды (duas estações). Check-in no Brick Design Hotel (Myasnitskaja ul., 24/7, Bldg. 3/4 | Мясницкая ул. 24/7, стр. 3/4).


Outra coisa que para nós foi útil foi tentar decorar as palavras em cirílico lendo-as como se fossem em português, especialmente no metro. Assim Речной вокзал passava a 'peion', Театральная passava a 'teatpa', Бульвар Рокоссовского passava a 'binbap pococó' e por aí fora. O metro de Moscovo é super rápido (os metros chegavam à estação praticamente de trinta em trinta segundos!), mas está tuuuuudo escrito em cirílico por isso no início é um bocadinho complexo orientarem-se. No entanto, nós nunca nos perdemos e chegámos sempre aos sítios que pretendíamos, por isso creio que será uma questão de irem preparados :)

Quando chegámos serviram-nos um chá bem delicioso :D Estávamos mesmo a precisar porque estava frio e a chover :)
Saímos logo para explorar a cidade :D Na foto podem ver a

A entrada para a Passagem Tretyakov (o nosso guia está em francês por isso não sei se serão bem estas as traduções, mas acho que vocês percebem a ideia) :)

A primeira casa de impressão russa :)

O GUM, um centro comercial enorme e muito bonito :D

A Catedral Kazan, o Museu Histórico do Estado e uma das torres do Kremlin :)
Catedral Kazan :)

O Four Seasons e o Monumento a Marshal Zhukov à direita :)
A entrar no Kremlin :) Comprar os bilhetes foi uma animação porque a senhora da bilheteira não falava inglês (o que rapidamente percebemos ser aplicável a 99% das pessoas russas!) :) Comprámos o bilhete para a Praça das Catedrais e o Palácio do Arsenal e custou cerca de 20€ por pessoa.

Fomos em frente à procura da casa de banho que o mapa assinalava e veio logo um polícia gritar connosco em russo e empurrar-nos! Não percebíamos nada do que se passava (porquê assinalar um WC no mapa se não pudéssemos lá ir?), o tipo estava mesmo com um ar furioso e confesso que ainda ficámos momentaneamente apavorados. Mas pronto, lá nos orientámos depois (e há uma casa de banho poucos metros para a esquerda, já agora!) (que não aparecia no mapa, claro!).


A sala de concertos
O Palácio do Senado
O canhão do Tsar, o maior canhão do mundo
As catedrais :)
Catedral da Dormição


Catedral da Anunciação

Catedral do Arcanjo São Miguel
Campanário de Ivan, o Grande
Não dava para fotografar no interior de nenhum dos edifícios :(
A Catedral da Dormição novamente
Catedral da Anunciação


Atrás a Igreja dos Doze Apóstolos


Novamente a entrar na Praça Vermelha

A Praça Vermelha tinha um evento militar e estava completamente ocupada, o que foi uma grande pena :(
Coca-cola russa para o Pedro, descafeinado para mim :)
O GUM
Cá está o evento da Praça Vermelha :)
A Catedral de São Basílio! :D

Tenham um bom Domingo e não se esqueçam de ir votar :D

1 comentário:

  1. Olá Joana, que achaste do teu hotel? Estou aqui em duvida se hei-de marcar esse ou um na zona de Arbat(qualquer coisa), a Oeste mas muito perto do Kremlin. Obrigada!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />