27 de julho de 2016

As modernices.

O último bebé que nasceu na minha família foi o meu irmão, que tem agora 19 anos. Assim sendo, é absolutamente natural que muita coisa tenha mudado.

Isto parece fazer alguma confusão à minha avó, que passa a vida a resmungar com estas 'modernices'. Ora é porque já não se dá aguinha do cu lavado, ora é porque não se usa faixa para apertar o cordão umbilical, ora é porque agora os bebés dormem de barriga para cima e não de lado, ora é porque não usamos a fralda de pano para tapar o sol no carrinho (até porque isso aquece imenso o carro), ora é porque andamos com o miúdo na mochila ou no pano, ora é porque não lhe damos chá, ora é porque não lavamos a roupa do miúdo à mão... Enfim, todo um sem número de reclamações :D

Sinceramente isto não nos incomoda de todo e achamos um piadão à situação. Passeando pelos fóruns já percebi que este tipo de bitaites deixa as recém-mamãs à beira de um ataque de nervos, mas na verdade a minha avó não faz por mal (longe disso!) e de vez em quando dá umas dicas excelentes.

No entanto, há uma modernice que ela não suporta: o facto do Mati beber o leite à temperatura ambiente.



Vamos contextualizar. Já aqui falei um montão de vezes da minha experiência traumática com a amamentação e como isso levou o Mati a um quase-internamento no quarto dia de vida. Ora no hospital deram-lhe logo leite adaptado, que ele bebeu à temperatura ambiente. Enquanto esperávamos pelas análises deram-lhe novamente leite à temperatura ambiente. Quando voltámos para casa com a ordem de dar 60ml de leite ao miúdo nas seis horas seguintes estávamos tão transtornados que lhe demos leite à temperatura ambiente (e sinceramente acho que nem a fervemos!). Quando regressámos ao hospital para repetir as análises deram-lhe novamente leite à temperatura ambiente.

E assim continuámos. Fervo água todas as manhãs, deixo arrefecer até estar à temperatura ambiente e preparo os biberões.

Ora isto faz uma comichão tremenda à minha avó, que passou a culpar TUDO o que acontece ao miúdo no leite.

Digo que ele dormiu pouco? 'Aposto que é do leite frio'. Digo que ele parece mais molengão? Ela diz que vai comprar uma garrafa térmica para eu ter a água aquecida, porque de certeza que é do leite frio. Digo que ele está particularmente rabugento nesse dia? A culpa é do leite frio. Digo que ele não faz cocó há dois dias? Se aquecesse o leite ele fazia de certeza.

Sinceramente continuo a achar um piadão a isto e tenho genuinamente pena da confusão que a questão cria na minha avó, para quem o pobrezinho-do-bisnetinho-coitadinho-do-menino bebe leite gelado (não adianta nada dizer que à temperatura ambiente é diferente de frio, principalmente no Verão). E por cá continuamos, casmurros, teimosões, quase a roçar o negligentes, a dar leite frio ao nosso filho.

Ele parece muito infeliz com isso (só que não) :D

13 comentários:

  1. Olá Joana!
    A mim, sinceramente, nunca me tinha passado pela cabeça dar leite à temperatura ambiente à minha bébé. Achava que o leite em pó só se dissolvia bem em água morna. Mas quando li que davas leite à temperatura ambiente ao Mati pensei "porque não? estamos no verão, o leite deve saber muito melhor assim" e, para ser ainda mais honesta, dá um bocadinho menos trabalho :P. Experimentei (já há uns dias valentes), constatei que o leite dissolvia-se bem em água à temperatura ambiente e desde então, leite "ambientado" para a frente. A Beatriz não parece importar-se e não vejo nenhum dos efeitos secundários enumerados pela tua avó eheh :). Mas compreendo bem a relutância dela, eu também estava convencida da imperatividade do leite quentinho.
    Beijinhos
    Vânia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade que dá menos trabalho, principalmente de noite ou quando é preciso sair de casa :) Eu acho muito prático, e se ele bebe das duas maneiras vou escolher a que me parece melhor! :P É claro que antes falei com a pediatra, que estranhou a ideia (só por não ser habitual) e depois deu o seu aval :) Provavelmente no Inverno vamos dar uma aquecidela no leitito, mas até lá vai assim mesmo :)

      Eliminar
  2. A minha sogra até a papa de fruta queria aquecer à Lara (e aposto que aquecia sem eu ver, quando tomava conta dela).


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a minha avó também já ficou com o Mati umas horas e quando voltámos disse logo que tinha aquecido o leite numa tigelinha com água quente e ele bebeu tudinho :P Não adiantou de nada dizer que ele bebe de qualquer das maneiras :P

      Mas lá está, isto é com a minha avó. Às vezes questiono-me se acharia tanta graça assim se fosse com a minha sogra :P

      Eliminar
    2. Pois, se calhar não. É mesmo assim. :)
      Ah... entretanto experimentei deixar a Maria mais quentinha de noite (e aproveitei para fazer menos barulho e não conversar tanto no quarto) e, realmente, ela faz muito menos aqueles "grunhidos". Eu praticamente não os oiço. Vou deixar passar mais algum tempo para confirmar a teoria mas, para já estamos, todos contentes e o pai já voltou para o quarto. :P

      Eliminar
  3. A minha filha também bebia o leite à temperatura ambiente e toda a gente achava isso horrível. Nunca me importei com o que me diziam porque na verdade foi uma bebé muito fácil (e foi uma bebé de inverno...). Por isso achei imensa piada a Joana ter dito que o Mati bebia leite à temperatura ambiente. Não é comum mas e então? A minha filha ainda hoje, com quase 5 anos, nem gosta de coisas muito quentes... São gostos, certo? Parabéns pelo blog!

    ResponderEliminar
  4. A minha filhota nebeu sempre à temperatura ambiente e bebis como de o leite fosse acabar! A minha sogra até iogurtes queria aquecer! Dizia que saiam do frigorífico muito frios! ��

    ResponderEliminar
  5. Sempre habituei as minhas filhas a biberao e agua a temperatura ambiente, assim estava sempre safa porque se faltava a agua que levava, ia comprar agua a qualquer cafe ou supermercado e nunca ficava agarrada! Hoje, quase 7 anos depois ainda nao se habituaram a comida muito quente, nomeadamente sopa que so comem se estiver quase fria! beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Eu dava leite quentinho ao meu, mas ele também foi um bebé de inverno :P é bom q sejas tão descontraída com as opiniões alheias... eu não sou ahah nunca fui. Familiares ou não, nunca admiti bitaites. O filho é meu e as decisões também :)

    ResponderEliminar
  7. Sua maldosa :P Leite à temperatura ambiente?! Chamem as assistentes sociais!
    Brincadeiras à parte acho fantástico que consigas levar isso na brincadeira. Eu não sei se conseguiria.

    ResponderEliminar
  8. Que mal tem, desde que o miudo foste :P ja eu, segundo consta, so bebia leite a ferver. A meio da manda tibhamde ir reaquecer o leite e tudo, senão não bebia eheh

    ResponderEliminar
  9. Por aqui de verão ou inverno o leite tinha de ser à temperatura ambiente, se estivesse um pouco mais quente, teria de esperar que arrefecesse :D

    ResponderEliminar
  10. Um amigo meu ficou em casa com a bebe,porque a esposa,advogada,não tinha direito a licença. Ficou ele e assumiu a alimentação da criança à noite,para a mãe descansar. Ele levava os biberões todos feitos,à temperatura ambiente e escondia debaixo da cama. A bebe mal abria a boca levava com o biberão. A criança tem 20 anos. Ainda hoje ninguém percebe como só lhe sabe bem o leite à temperatura ambiente. Quem quente nem frio. Até hoje, a mãe, está convencida que a criança bebia leite quente.
    A tropa manda desenrascar.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />