25 de setembro de 2015

Gelado de macadamias caramelizadas para um dia horrível.

É melhor ser alegre que ser triste,
Alegria é a melhor coisa que existe,
É assim como a luz no coração.

Mas para fazer um samba com beleza,
É preciso um bocado de tristeza,
É preciso um bocado de tristeza,
Senão, não se faz um samba não.

Vinicius de Moraes




Tal como outras profissões, também ser médico é um trabalho que ocupa as 24h do dia. De manhã assisto a consultas, faço registos, faço contactos com as escolas, falo com os professores ou os psicólogos, telefono aos pais para saber como correu determinado ajuste terapêutico e recebo chamadas de pais em pânico com uma ou outra urgência. De tarde vejo os meus miúdos. Depois vou para casa e partilho com o Pedro o que fiz nesse dia, o que correu bem e o que não correu como eu desejaria. E fico a pensar nos meus doentes. Às vezes (e não é assim tão raro quanto isso), até sonho com eles.


Neste dia em particular, foi ainda pior. Cheguei ao trabalho às 8h, saí às 18.30h depois de uma data de consultas complicadas e vim trabalhar para casa. Era necessário rever a bibliografia do nosso livro de internos (que vai ser publicado em breve) e colocar todas as trezentas referências de acordo com as normas da APA. Quando acabei tudo, eram já dez da noite. Tinha passado catorze horas seguidas a trabalhar, e isto depois de no dia anterior ter estado doze horas de banco.

Juro-vos, senti-me uma infeliz. Decididamente, não foi para isto que me inscrevi.


Achei que merecia e precisava de me presentear com um gelado de tarte de limão da Artisani, por isso saí para o ar frio da noite e arrastei-me lentamente até à gelataria. E quando lá cheguei... Estava fechada. Fechava às dez. Eram dez e um quarto.


Pensei em atirar-me para o chão, amuar e só sair dali quando alguém me servisse uma bola de gelado (ou chamasse a polícia). Pensei em gritar, chorar e barafustar. Mas rastejei de volta para casa, vesti um pijama bem quentinho, aqueci um chá reconfortante e fiz o meu próprio gelado.


Sabem, há anos que o meu gelado preferido é o gelado de Macadamia Nut Brittle da Haagen-Dazs. A-D-O-R-O o raio do gelado, e já deu inclusivamente origem a momentos bem engraçados (como quando o Pedro foi comprar uma embalagem de propósito porque eu estava triste, trouxe gelado de Pralines & Cream por engano e tentou desculpar-se dizendo 'eu sabia lá, é gelado com nozes caramelizadas na mesma'!).


Vai daí, pareceu-me a solução perfeita. Estava infeliz, precisava de comer gelado à colher como as personagens das comédias românticas que são abandonadas pelos namorados e tinha macadamias na despensa e natas no frigorífico.

Só comi o gelado no dia seguinte, mas juro-vos que curou toda a minha tristeza. E a vida continuou. A vida continua sempre.


Gelado de macadamias caramelizadas

Ingredientes:

Para as macadamias caramelizadas:

* 150g de macadamias;
* Meia chávena de açúcar amarelo;
* Três colheres de sopa de xarope de seiva de ácer;
* Três colheres de sopa de água;
* Quatro colheres de sopa de manteiga sem sal;
* Uma pitada de sal;
* Um quarto de colher de chá de bicarbonato de sódio;

Para o gelado:

* 200ml de natas;
* 200g de leite condensado;
* Duas colheres de chá de essência de baunilha.

Confecção:

* Colocar as macadamias num tabuleiro coberto com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante seis minutos para tostarem;

* Deixar arrefecer e picar (eu deixei alguns bocados maiores);

* Colocar o açúcar, o xarope de seiva de ácer e a água ao lume e deixar ferver durante aproximadamente quatro minutos;

* Cobrir com papel de alumínio e deixar ferver durante cinco minutos;

* Acrescentar a manteiga e incorporar bem;

* Deixar cozinhar durante mais sete minutos;

* Acrescentar o sal, o bicarbonato de sódio e as macadamias picadas e envolver bem;

* Espalhar a mistura sobre uma superfície coberta com papel vegetal untado e alisar com uma espátula;

* Deixar arrefecer e endurecer;

* Partir em pequenos pedaços e reservar;

* Para o gelado, bater as natas até ficarem em chantilly e incorporar o leite condensado e a essência de baunilha;

* Misturar os pedaços de macadamias caramelizados e levar ao congelados até solidificar. 








Tenham um óptimo fim-de-semana :D

8 comentários:

  1. É incrível o poder que uma bola de gelado, um chocolate, uma sobremesa ou seja o que for, tem sobre nós! É quase como um remédio, comemos e passamos logo a sentirmos-nos melhor! É óbvio que é tudo psicológico mas não faz mal pois o que importa é que resulta! Ontem também tive um dia longo e difícil, e para "melhorar" no final do dia percebi que a minha filha tinha partido mais um dente na escola (caramba, é para isto que pagamos para estarem na creche?) e curiosamente também me apeteceu um gelado! A vontade era tanta que podia ser qualquer um! Mas, a muito custo, contive-me, não fui comprar e também não fui fazer! Tenho de manter a dieta sem falhar pois o dia de pecar é só ao Domingo! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No fundo é uma forma como outra qualquer de lidar com a ansiedade e a tristeza. Não é uma forma muito saudável, mas enfim :)

      Por acaso o meu dia do docinho é à Sexta-feira :D

      Eliminar
  2. Se comermos umas 3 taças desse gelado, qualquer dia horrível passa a ser um dia bom! Faz-me lembrar uns haagen dazs que adoro!!

    Beijinho

    www.sotaodaverdinha.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Olá Joana, infelizmente todos nós temos dias maus... Independentemente das profissões, as pessoas tendem a achar que os médicos teem as melhores profissões do mundo e que se ganha muito bem e eu não acho nada que seja assim! Por vezes até tenho 'pena' quando vou ao médico de família e vejo eles assoberbados em doentes e consultas para dar, há dias que é de doidos!!!
    Esse gelado tem uma carinha laroca de fazer querer (não sei se a junção destes 2 verbos é a correcta) comer tudo do princípio ao fim :) Tem um aspecto maravilhoso!!!
    Beijinhos grandes e bom fim-de-semana***
    P.S) Posso não comentar diariamente, mas este teu cantinho é paragem obrigatória a cada novo post que colocas ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos temos dias maus, não é inerente só aos médicos obviamente ;)

      Obrigada :)

      Beijinhos :)

      Eliminar
  4. que aspecto maravilhoso!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />