12 de agosto de 2015

Bolachas de avelã e três chocolates (sem glúten, sem açúcar) para um casal peculiar!

Vem rastejar que te faz bem.
Implora porquês, que eu não vou responder!
Geme a chorar que te faz bem,
Sangra o teu mundo só para eu ver.

Afoga-te em tudo o que não queres ter,
Que é só o que te vou mostrar,
Vou fazer-te só o que não queres ser,
E vais gostar.

Quero-te assim. 
Só para mim.

Toranja




Eu e o Pedro estamos juntos há mais de sete anos. Seria de esperar que a dinâmica da nossa relação tivesse mudado imenso, mas na verdade olho para trás e acho que estamos essencialmente na mesma.

Quando começámos a namorar, havia uma particularidade especial no Pedro que me tirava do sério: ele irritava-me. Tão depressa me apetecia beijá-lo como arrancar-lhe a cabeça. Ele deixava-me louca. E aquela nuvem de química doida que existia entre nós fazia-me achá-lo adorável e insuportável ao mesmo tempo. Fazia-me amá-lo e odiá-lo.

E, sete anos depois, ainda somos assim.


Não somos o típico casal querido e fofinho. Temos os nossos momentos, claro, mas continuamos a ser acima de tudo um casal cheio de química. Um casal cheio de paixão. Um casal cheio de vontade de arrancar a cabeça um do outro.

E, sete anos depois, o Pedro ainda me irrita. E eu amo-o também por isso.


E imagino-nos velhinhos, a rezingar um com o outro. A calar bocas com beijos apaixonados. A suspirar de exasperação. A apertar as mãos no fim de uma discussão, como sempre fazemos, e repetir o nosso mantra de resolução de conflitos:

'Amigos? Amigos.'


Sete anos depois, ainda somos assim. Mas continuamos com as cabeças intactas e com os corações apaixonados. Continuamos a gozar um com o outro até à exaustão. Continuamos a fazer bolachas em conjunto.

Hoje trago-vos umas bolachas deliciosas de avelã e chocolate. Sem glúten, sem açúcar e paleo. Perfeitas, lindas e cheias de sabor. Ideais para encher a caixa das bolachas e devorar a dois :D



Bolachas de avelã e três chocolates (sem glúten, sem açúcar)

Ingredientes (para cerca de vinte bolachas):

* 120g de tâmaras;
* 50g de manteiga;
* 75g de manteiga de avelã caseira (receita aqui);
* Um ovo;
* 100g de polvilho doce (fécula de mandioca);
* Meia colher de chá de fermento;
* Meia colher de chá de bicarbonato de sódio;
* 100g de pepitas de três chocolates.

Confecção:

* Aquecer as tâmaras no microondas durante trinta segundos e picar na picadora até ficarem em pasta;

* Bater a pasta de tâmaras, a manteiga e a manteiga de avelã até ficar um creme;

* Juntar o ovo, o polvilho doce, o fermento e o bicarbonato e envolver bem;

* Acrescentar as pepitas de chocolate;

* Formar pequenas bolinhas com a mão e colocar num tabuleiro coberto com papel vegetal;

* Espalmar um pouco a bola para criar o formato de bolacha;

* Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante treze a quinze minutos;

* Retirar do forno e deixar arrefecer completamente sobre uma rede de cozinha.



Até amanhã! :D

8 comentários:

  1. Que apetitosas bolachas,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana!
    apenas para desejar muitos ciclos de 7 anos repletos de química apaixonada. E que belas bolachinhas para comemorar :)
    Beijinhos.
    Ana França

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, eu também espero que estes sete se transformem em muitos mais :)

      Eliminar
  3. Olá Joana,

    Já comprei os ingredientes para fazer estas bolachas, resta-me uma dúvida:
    os 50g de manteiga é manteiga com ou sem sal?

    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rita eu uso sempre manteiga sem sal para cozinhar :)

      Depois quero saber como correu a experiência! :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />