11 de fevereiro de 2015

Espetadas de frango com bacon para uma nova etapa profissional :)

Don't you try to pretend,
It's my feeling, we'll win in the end.
I won't harm you or touch your defenses,
Vanity and security.

Don't you forget about me,
I'll be alone, dancing, you know it baby.
Going to take you apart,
I'll put us back together at heart, baby.

Don't you forget about me...

Simple Minds


Depois da esquizofrenia de projectos que foi o ano de 2014, confesso que tinha ideias bem humildes em relação a 2015. Queria começar o ano com calma, ambientar-me a esta diferente fase profissional, habituar-me aos novos horários e ao nível de exigência mais elevado e aproveitar os (poucos) momentos livres para relaxar e estudar. Planeava fazer uma viagem grandinha lá para os lados de Setembro e iniciar posteriormente a minha pós-graduação.

E eis que a vida me trocou as voltas.


Logo no início de Janeiro surgiu a oportunidade de me inscrever numa pós-graduação, e confesso que nem sequer hesitei. É verdade que vai sobrecarregar ainda mais o meu (já em sofrimento) horário de trabalho, que me vou certamente arrepender desta minha decisão durante o ano (ainda que seja momentaneamente) e que fiquei com a carteira bem mais levezinha, mas sei que no fim vai valer muito a pena.


Surgiu ainda a oportunidade para o Pedro fazer um curso fora de Portugal durante um mês e meio, e ele também não hesitou. É verdade que vamos ter saudades (muitas), que vai ser extremamente difícil ficarmos separados e que é ligeiramente assustador embarcar numa aventura desta magnitude sozinho, mas ele sabe que no fim vai valer muito a pena.

Por último, a viagem grandinha foi antecipada e vai acontecer já em Abril - mas depois conto-vos tudo. Enfim, começo a desconfiar que 2015 vai ser um ano tão desafiante como 2014.


Pois é, os próximos meses vão ser uma grande aventura. Podem não ser uma aventura tão glamourosa como um lançamento de um livro e um casamento num Château, mas não deixam de ser um desafio muito interessante :D

Por outro lado, acredito que o tempo para cozinhar fique relativamente diminuído. Mas não há qualquer problema: quando isso acontecer, fazem-se estas espetadas e em meia hora temos uma refeição deliciosa e reconfortante :D


Espetadas de frango com bacon

Ingredientes (para quatro espetadas):

* 500g de peito de frango cortado em pedaços;
* Um pimento vermelho cortado em quadrados;
* Dez fatias bem finas de bacon, cortadas ao meio.

Confecção:

* Saltear os cubinhos de frango com o pimento;

* Envolver cada cubinho de frango com uma fatia de bacon e colocar em pauzinhos de espetadas, intercalando com o pimento;

* Levar ao forno pré-aquecido a 200º durante vinte a trinta minutos.

* Desfrutar!


Até amanhã! :D

6 comentários:

  1. Engraçado! Gosto tanto de espetadas de frango e raramente faço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um prato bem fácil de fazer e ainda mais fácil de comer :D

      Beijinhos e boa semana :D

      Eliminar
  2. Tao boas!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. A vontade é boa, mas a carne é fraca ;) ou forte, que isso no balanço final não vai ser nada mau. Já ouvi alguém que corria muito depressa a dizer que, em vez de fazer como a maioria das pessoas e correr devagar no início para conservar a energia para a parte final (maior ou menor), gostava de desatar a correr tipo lebre logo no início para não se dar luxo a preguiças. Não sei porquê lembraste-me disso :P fazes isso no início e acabas por não se dar hipótese de desistir... A gestão do esforço acaba por até ser mais eficaz, digo eu. Porque se estiveres a pensar em guardar tudo para a reta final acabas por não conseguir "dar tudo" mesmo. Mas pronto, vou parar com isto que está a ficar confuso.. Já não sei qual é o limite entre a metáfora e o prolongamento exagerado da metáfora que já não se aplica. Está ali algures depois da primeira frase. :P
    És mesmo maluca :P acho que toda a gente acaba por se arrepender em escolhas desse género (eu já me odiei por causa de algumas mais "time consuming" de muito menos magnitude em que me meti), mas no fim deve valer a pena :D
    Ahh vais conseguir sobreviver? Estou a brincar. Mas deve ser difícil :/ tu aguentas! (Sucessão de frases alternadamente contraditórias :P)
    ...É o que dá ser um casal dinâmico ;)
    Já?! Que bom :D se partires no dia 7 tens a benção da minha avó (que faz anos nesse dia. E o odeia um bocado. Mas eu peço-lhe. Acho que depois dos pães de Deus que fiz graças a ti* ela cede facilmente). Estou curiosa para saber do destino! (Não destino de videntes e isso.)
    As aventuras não têm de ser sempre iguais, não era tão giro :)
    Pareces ser bastante capaz de contornar esse problema, é o menos :D
    Que estranho salteares o frango antes de fazer as espetadas. Depois deve ser estranho montá-las :P quase como pegar em nabo grelhado e esfregá-lo nas mãos.
    É estranho dizer "desfruta". Isso está obrigatoriamente associado a trocadilhos com espetadas de fruta. Violaste o código das espetadas de fruta. Por outro lado, fizeste um enorme elogio à comunidade das espetadas de carne - essas espetadas parecem mesmo deliciosas :D e tão simples!

    *Fiz pães de Deus com a tua receita. TÃO bons. A sério, tãão bons. Foram bastante adorados ;) até estou feliz por usar só meio pacote, para a semana há sequela. Ainda por cima tirei-os do forno com pressa depois do tempo sugerido (para pôr lá o jantar), deixei estar durante meia hora fora do forno, quando parti estavam crus, tive um ataque de nervos, quase os deitei fora, devolvi-os ao forno grotescamente E FICARAM BONS. Eu nunca faço isso porque acho que fica horrível e mau e nojento e seco e duro, não pensei que fossem ficar decentes :P depois de me apanharem os bocadinhos destroçados de alma do chão e os colarem são capazes de ter ascendido a sobremesa favorita, porque a cura para desilusão foi a melhor coisa de sempre - normalmente é só deprimente e fica mesmo mal. E depois há o pormenor de a cobertura de coco crua ser extremamente boa. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não parto no dia 7, mas quase: vou a 9. Ainda tenho a benção da tua avó na mesma? :D

      Ainda bem que gostaste dos pães de Deus :D São mesmo bons :D Eu também gosto imenso :D Já tenho saudades de comer um por acaso :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />