15 de dezembro de 2014

Queques de amendoim e chocolate (sem farinha, sem açúcar) para uma corrida difícil.

I took a walk around the world to ease my troubled mind.
I left my body lying somewhere in the sands of time.
I watched the world float to the dark side of the moon.
I feel there is nothing I can do.

If I go crazy, then will you still call me Superman?
If I'm alive and well, will you be there holding my hand?
I'll keep you by my side with my superhuman might,
Kryptonite.

3 Doors Down


Dizem que quem corre por gosto não cansa. Eu não concordo.

Para correr por obrigação basta colocar um pé à frente do outro e seguir em frente. E admito que possa parecer mais desafiante ou difícil à primeira vista, mas na verdade é bem mais simples: não há incertezas, não há metas a ultrapassar, não há inseguranças nem há expectativas.

Para correr por gosto é necessário treinar. Porque não é qualquer coisa que nos satisfaz. Porque há desejos, há objectivos e há sonhos.


Para correr por gosto precisamos de saber ultrapassar as dificuldades - e não se enganem, estas vão sendo cada vez maiores. Se para correr por obrigação não arriscamos muito, para correr por gosto damos tudo de nós, numa espécie de invocação de toda a nossa alma. E corremos o risco de partir um pé, ou ainda pior - partir a alma.


Este não é um post sobre corridas, até porque o tempo frio e chuvoso fez hibernar o meu recém-descoberto lado corredor e lançou-me de volta para o tapete do yoga. Este é um post sobre a maneira como encaramos a vida.

Viver por gosto cansa mais. Faz-nos querer ser bons naquilo que fazemos, todos os dias. Porque não é qualquer coisa que nos satisfaz. Porque há desejos, há objectivos e há sonhos.


Para viver por gosto precisamos de saber ultrapassar as dificuldades - e não se enganem, estas vão sendo cada vez maiores. Se para viver por obrigação não arriscamos muito, para viver por gosto damos tudo de nós, numa espécie de invocação de toda a nossa alma. E corremos o risco de a partir.

Às vezes a minha alma parte-se. E penso naquela frase que uma vez uma tutora particularmente amargurada com a vida me disse:

'Joana, aqui não há heróis.'


Às vezes fico cansada de dar tudo de mim em todo o lado. Fico cansada de correr por gosto, fico cansada de viver por gosto. Fico frustrada, fico chateada, fico aborrecida, fico triste. Fico farta de tudo.

E depois colo os bocadinhos da minha alma e volto a correr. Primeiro aos pouquinhos, com queques fáceis e simples, e depois de volta à histeria emocional habitual de quem não conhece outra forma de viver que não seja dar tudo de si.


Aqui não há heróis, certamente. Mas há uma miúda esforçada e teimosa. E há queques saudáveis e fáceis sem farinha, sem açúcar e sem culpas.


Queques de amendoim e chocolate (receita adaptada do blog 'Avery Cooks')

Ingredientes (para seis queques):

* Uma banana;
* Um ovo;
* Meia chávena de chá (ou oito colheres de sopa) de manteiga de amendoim (usei com pedacinhos de amendoim);
* Um terço de chávena de chá (ou seis colheres de sopa) de cacau em pó magro;
* Três colheres de sopa de mel;
* Uma colher de sopa de essência de baunilha natural;
* Um quarto de colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Uma pitada de sal;
* 100g de pepitas de chocolate negro da Vahiné.

Confecção:

* Juntar todos os ingredientes com a excepção das pepitas e triturar bem com a varinha mágica;

* Acrescentar metade das pepitas de chocolate e colocar em forminhas para queques;

* Cobrir com as pepitas de chocolate restantes e levar ao forno pré-aquecido a 220º durante cinco minutos;

* Descer a temperatura para os 180º e deixar cozinhar durante mais quinze a vinte minutos;

* Deixar arrefecer sobre uma grade.


Eu já disse na página de Facebook do blog que os doces paleo andam a ser uma surpresa estrondosa, e estes queques são mais um exemplo delicioso dessa afirmação. Ficam com uma consistência húmida, são doces q.b., a combinação de sabores fica maravilhosa e são saudáveis e naturais :D É só vantagens :D


Tenham uma óptima Muffin Monday :)

22 comentários:

  1. Aqui para a burra... o que raio é paleo??

    Adoro o aspecto desses queques!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S* fiz uma semana sobre isso há uns tempos atrás :D Podes ver aqui:

      http://omeubemestar.blogspot.com/2014/10/paleo-para-totos-por-francisco-silva.html

      Beijinhos :D

      Eliminar
  2. Maravilha :) obrigada pela sugestão. Beijinhos!

    avaquinharoxaeeu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! :D São muito bons, experimenta :D

      Beijinhos e boa semana :D

      Eliminar
  3. Nem parece que não levaram farinha, ninguém diria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também fiquei desconfiada quando vi a receita, mas juro que ninguém diria que não levam farinha :D

      Beijinhos! :D

      Eliminar
  4. Ninguém diria que não levam açúcar nem farinha. Têm um aspeto divinal e super guloso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E são deliciosos, juro :D

      Beijinhos e tem uma óptima semana :D

      Eliminar
  5. "Viver por gosto cansa mais. Faz-nos querer ser bons naquilo que fazemos, todos os dias. Porque não é qualquer coisa que nos satisfaz. Porque há desejos, há objectivos e há sonhos."

    Está tudo dito! :)
    Esses queques são qualquer coisa! Vou levar a receita comigo.
    Beijinhos e boa semana*
    http://petiscana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enfim, há dias em que temos que nos recordar porque é que vivemos por gosto ;)

      Espero que gostes dos queques Ana Filipa :D

      Beijinhos! :D

      Eliminar
  6. Adorei o facto de não ter açúcar nem farinha. Boa receita! Vou experimentar!

    Convido-a a visitar o meu blog, hoje com um post sobre Portugal:
    viagemdoceviagem.blogspot.com | Facebook :)

    ResponderEliminar
  7. Olá Joana.
    Estes queques têm mesmo bom aspecto e são perfeitos para quem não pode comer glúten. Só uma pergunta: é possível substituir a banana por outra coisa? Nota-se muito o sabor a banana? É que não sou grande fã da fruta dos macaquinhos!
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! :)

      Olha essa foi precisamente uma das razões porque experimentei estes queques: nos comentários do post original a autora dizia que o sabor a banana não se notava muito. Não é que não goste de banana, mas não sou assiiiim tão fã do sabor da banana nos queques - manias :) Já fiz estes queques duas vezes: desta vez com uma banana mais verde e outra com uma banana super madura. Com a banana madura nota-se um bocado, mas com a banana mais verde nem por isso ;)

      Entretanto também fiz uns com manteiga de avelã caseira e ficam óptimos também, sabem a Nutella :D

      Beijinhos :D

      Eliminar
  8. Adoro os queques! Também sou dessas que vive / corre por gosto. É verdade que é muito mais cansativo, mas também é verdade que é muito mais gratificante!

    ResponderEliminar
  9. Uma das minhas combinações preferidas!! Ficaram com excelente aspecto :)
    -
    Diogo Marques
    Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
    -

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. Não é só o aspecto, o sabor também é delicioso :D

      Beijinhos :D

      Eliminar
  11. *Scroll*
    *Scroll*
    *Scroll*
    SIIM acho que eram esses :)
    E ainda por cima pepitas de chocolate... Estou a adorar a reeceita ;)
    Para testar a fiabilidade do provérbio basta transpor para um campo literal. Quem corre por gosto cansa-se. Literalmente. E, já agora, também se cansa mais do que quem vai contrariado a correr vagarosamente (relativo, tartaruga para uns é rápido para outros), se calhar. Ou não. O "cansar" não tem de ser literal. Se te cansasses mesmo paravas. Não é mais no sentido de "fartar", mas fartar mesmo ao ponto de desistir? Não quer dizer que não te "canses"... Por algum motivo continuas a fazê-lo. Também não sei se é assim tão mais fácil correr sem gosto - arrastares-te não é tão divertido como pode parecer. Tu não trabalhaste numa coisa que não gostavas nada num Verão quando eras mais nova? Acho que disseste que foi horrível. Não sei se é assim tão mais fácil se não tiveres expectativas, porque os objectivos e as metas são o que fazem andar... Depois pode haver desilusão e é horrível, mas também pode haver uma explosão de felicidade. E também é por essas que se corre :) vale a pena ter algumas desilusões para conseguir saborear as vitórias... Agora, fazer uma coisa "por obrigação", mesmo que não exija tanto... É chato. A sério, eu às vezes penso "andar deve ser tão agradável, conseguia andar para sempre, não é nada cansativo". Depois vou andar e vou durante o caminho todo a pensar "boringg". Até me apetece começar a correr :P Desde que comecei a correr que fiquei um bocado impaciente com o andar, mesmo no dia-a-dia, é uma perda de tempo :P
    Que pena, estou com saudades do teu lado corredor :) agora quem faz ligação entre divisões em tua casa?
    Depende da definição de herói. Até pode coincidir com a outra. Acrescenta só uma capa vermelha.
    Eu podia jurar que eram pepitas de manteiga de amendoim... Mas já percebi, são os pedaços que ficam no meio :)
    Sinceramente não gosto muito das medidas em colheres de sopa, é um bocado impreciso...
    A manteiga de amendoim é paleo? Tinha ideia que não :P os amendoins + ser muito processada.
    Têm uma textura tãão agradável! Estão lindos :) e gosto especialmente da parte de cima! Tens razão, parece que têm farinha :P estão espetaculares!
    Acho que amanhã vou fazer os brownies, se me tivesse lembrado disto antes tinha comprado manteiga de amendoim para fazer!
    Há um aí que parece que foi feito com boca de pasteleiro, tipo "swirl" (não sei como, porque isso provavelmente não fazia grande diferença). O da segunda foto, à esquerda de todo... :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto de andar! Acho relaxante ;) Mas não dá aquela sensação de estar a voar como correr ;)

      A manteiga de amendoim não é lá muito paleo, de facto. O amendoim não é paleo porque é uma leguminosa e não um fruto seco, mas como o Pedro continuou a comer amendoins esqueci-me disso (peço desculpa, mas já há uns de avelã na calha para compensar este erro crasso) :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />